Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Escapadinhas – a desculpa ideal!

Escapadinhas – a desculpa ideal!

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Viagens
Visitas: 2
Comentários: 1
Escapadinhas – a desculpa ideal!

Os fins de semana são a altura por excelência para desanuviar das semanas de trabalho, que podem por vezes ser fatigantes. Existem certas alturas do ano em que, juntamente com um feriado ou até com um dia de férias, se conseguem tirar uns dias para descansar. Este descanso é visto por muitos como a altura ideal para fazer aqueles trabalhos de bricolage em casa, para pôr os filmes em dia ou ainda para ir passar dois ou três dias a qualquer lado, de modo a esquecer a rotina diária.

Estas mini-férias, ou escapadinhas, podem ser o motivo ideal para recarregar as baterias há muito vazias. Três dias são o tempo suficiente para ir fazer aquele passeio pelo país que há muito se pensa fazer ou ainda para ir conhecer uma qualquer cidade noutro país.

Numa altura em que existe uma oferta cada vez maior e em que os preços são também mais baixos, as agências de viagens fazem programas para todas as bolsas, idades e destinos. Se umas férias dentro do país ficam baratas, fora do país também podem não ficar muito mais caras. As agências de viagens low cost são um excelente veículo para nos levarem a conhecer outras cidades no estrangeiro. Se forem marcadas com a devida antecedência, podem tornar-se mais baratas até do que o gasóleo que se gasta numa viagem de carro.
Também já começam a existir os hotéis low cost, um conceito de dormida que se está a espalhar por muitos países e que oferece apenas os serviços essenciais.

No inverno, é frequente os europeus deslocarem-se a estâncias na neve para iniciarem ou aperfeiçoarem a sua prática a deslizar pelas montanhas. A primavera e o outono são as alturas ideias para se conhecermos as cidades de sempre.
O verão é, por excelência, a altura ideal para as férias grandes. Se não as puder gozar nessa altura, consegue sempre dar o jeito de tirar a sexta-feira e ir passar três dias a bronzear-se.

Para aqueles que não se querem afastar muito do lar, ou por não querer perder muito tempo em viagens, o próprio país ou a região onde vivem pode ser o sítio ideal para desaparecer por uns dias. Para muitos de nós, interessa primeiro conhecer o que temos para depois partirmos a ver o que existe noutros lados. Quantos de nós vivemos em cidades ou regiões que nem sequer conhecemos bem?

Por vezes, estas escapadinhas ao longo do ano conseguem revitalizar muito mais e ficar mais em conta do que os períodos de férias muito longos...


Luís Seco Passadouro

Título: Escapadinhas – a desculpa ideal!

Autor: Luís Seco Passadouro (todos os textos)

Visitas: 2

626 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    15-06-2014 às 01:43:25

    As escapadinhas são sempre bem agradáveis! É bom fazer uma viagem de apenas 3 dias e assim, divertir-se! Assim, como uma viagem de 10 ou 30 dias, mas o que vale a pena são os momentos bem aproveitados no lugar.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Escapadinhas – a desculpa ideal!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios