Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Como surgiu o Programa de Fidelização para ganhar e acumular milhas

Como surgiu o Programa de Fidelização para ganhar e acumular milhas

Categoria: Viagens
Como surgiu o Programa de Fidelização para ganhar e acumular milhas

O setor de turismo sofreu grandes impactos com a globalização mundial. Primeiramente, houve o progresso para que mais e mais pessoas pudessem ter a chance de viajar com preços mais acessíveis e econômicos.

A princípio, apenas quem tinha acesso às viagens era a elite, o clero (classe dominante). O povo não podia exercer as viagens como lazer e aos poucos, com a ajuda da Revolução Industrial, isso foi mudando e hoje é a forma mais normal do mundo.

Outro fator importante é que se iniciou a aquisição do uso de voucher entre o cliente e os prestadores de serviços. Criado pelo Pai do Turismo, Thomas Cook, esse voucher permitiu que as pessoas não apenas usassem dinheiro, e sim que resgatassem o produto ou serviço comprado com esse voucher, uma forma de ser um comprovante de pagamento.

Depois, a American Airlines inventou o programa de milhagem em 1981 e as demais companhias aéreas foram pelo mesmo modelo com algumas adaptações. O que era apenas para fidelizar os clientes para viajar a negócios tornou-se hoje uma das mais rentáveis formas de viajar, sem gastar tanto dinheiro assim!

Assim, temos os programas de fidelização de cada companhia aérea e as mais comuns e famosas são:
- Tam Linhas Aéreas: Multiplus Fidelidade;
- Gol Linhas Aéreas: Smiles;
- Azul Linhas Aéreas: Tudo Azul;
- Avianca Linhas Aéreas: Amigo.

Cada programa de fidelização tem as suas próprias regras de uso e com vantagens específicas e exclusivas! Há centenas de formas de realizar suas compras em produtos e serviços, viagens nas companhias aéreas, e demais outras maneiras, fazendo assim ganhar e acumular milhas e mais milhas para posteriormente viajar sem pagar um alto preço de passagem aérea. Em alguns casos, o valor das milhas é contabilizado integralmente, sem ter que utilizar nenhum tostão no bolso!

Como ganhar e acumular milhas?

Você precisa escolher e fazer o cadastro em algum programa de fidelização. O ideal é escolher apenas um programa para ganhar, acumular e viajar! Se escolher a Tam, faça uso do programa Multiplus; Se a Gol, utilize o Smile, e assim por diante!

- Comprando passagens aéreas você ganha milhas;
- Comprando produtos nas lojas parceiras on line (cada companhia aérea possui lojas específicas);
- Aderindo aos serviços de assinaturas de revistas, jornais, etc;
- Aquisição do cartão Clube Smile da Gol Linhas Aéreas pelo qual você paga uma mensalidade e as milhas são creditadas todo mês;
- Outros mais.

Assim, você pode ler o regulamento de cada programa de fidelização para aderir a algum que seja mais benéfica para você! Não deixe de utilizá-las, pois possuem excelentes vantagens na hora em que se quer viajar para qualquer lugar do mundo!


Adriana Santos

Título: Como surgiu o Programa de Fidelização para ganhar e acumular milhas

Autor: Adriana Santos (todos os textos)

Visitas: 0

30 

Comentários - Como surgiu o Programa de Fidelização para ganhar e acumular milhas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios