Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Conhecendo o mundo de forma econômica

Conhecendo o mundo de forma econômica

Categoria: Viagens
Conhecendo o mundo de forma econômica

Você deve estar pensando que para viajar e conhecer todos os cantos do planeta é necessário dispor de muito dinheiro, não é mesmo?

Bom, é aí que você (e a maioria das pessoas) se enganam. Na verdade, para viajar bem e gastando pouco não é necessário ter muito dinheiro no bolso, o que realmente se deve ter é PLANEJAMENTO e ORGANIZAÇÃO. Neste post irei estar mostrando 3 importantes passos de como realizar a viagem (ou viagens) dos seus sonhos de forma prática e acessível.

1º Passo: ESQUEÇA AS AGÊNCIAS DE VIAGEM

Agência de viagem ficou no passado. Poucas pessoas sabem, mas hoje em dia, tirar um determinado tempo para pesquisar passagens, hospedagens, pontos turísticos de interesse e tudo mais que você queira saber sobre o destino escolhido é bem mais viável tanto financeiramente, quanto culturalmente, pois com a pesquisa, além de você obter uma grande economia financeira, você saboreia aquela sensação deliciosa de se imaginar no seu destino antes mesmo de embarcar, comendo os pratos típicos do local, conhecendo a cultura local, estando à par de tudo o que acontece no destino para o qual você irá viajar. Quer uma forma mais divertida de poder organizar e conhecer o local para onde você está indo? Eu não conheço outra!

2º Passo: SUBSTITUA HOTÉIS POR HOSTELS

Pensa comigo, você se hospeda em um super hotel com duas piscinas, sauna, academia e outros itens que estes estabelecimentos oferecem. Essas regalias são boas, porém ao explorar a cidade que você está visitando, você não terá tempo para usufruir nem da metade dos itens que estes hotéis oferecem e isso passará a ser um gasto extremamente desnecessário. Resumindo, ou você usufrui de tudo que os hotéis tem para oferecer e abre mão de vários passeios que poderiam ser realizados no seu destino, adquirindo conhecimento cultural e conhecendo pessoas de várias partes do mundo, ou você explora a cidade em todos os ângulos e formas e abre mão das "regalias" proporcionadas por estes hotéis.

O que é melhor? Bom, na minha opinião, se for viajar para ficar em um hotel, é melhor ficar em casa.

Mas como encontrar hospedagem boa e barata?

Uma solução bastante atrativa são os hostels, pois além de economizar bastante em hospedagem, você interage com pessoas do mundo inteiro pois a maioria se hospeda em quartos compartilhados. "Ah, mas eu não gosto de quarto compartilhado, prefiro ter mais privacidade". Sem problema, pois nos hostels há quartos privativos à preços mais acessíveis do que em hotéis.

Um site que eu uso bastante para reservar hospedagem é o booking, pois como eu sou uma pessoa extremamente indecisa no quesito viagem (quero ir para 30 destinos ao mesmo tempo), sempre faço as minhas reservas por lá, já que o site me proporciona a liberdade de cancelar e alterar reservas gratuitamente e além disso, eu posso optar por pagar a minha hospedagem apenas no local de destino. Então quando finalmente decido para onde irei, eu começo a trabalhar com essas ferramentas do booking.

3º Passo: FIQUE DE OLHO NAS PROMOÇÕES DE PASSAGENS AÉREAS

Essa dica pode parecer meio clichê, porém ela é de extrema importância para quem deseja viajar com economia.

Geralmente encontramos várias promoções de passagens pela madrugada, porém hoje em dia podem ser encontradas várias promoções durante todo o dia, enquanto você está no trabalho, ou em casa procrastinando.
Para ficar à par dessas promoções, devemos usar ferramentas digitais de extrema importância.

Graças a era digital, conseguimos realizar várias funções do dia a dia através de nossos aparelhos telefônicos. Uma ferramenta bastante utilizada para verificação de promoções de passagens são os aplicativos de viagem. Estes apps enviam uma mensagem em tempo real para o seu aparelho telefônico sempre que alguma companhia aérea lança determinada promoção. Dois aplicativos que eu indico (e indico também a pesquisa em seus respectivos sites), são: "Melhores Destinos" e "Passagens Imperdíveis".

Com estes aplicativos, você terá acesso a todas as promoções de passagens aéreas existentes no planeta.

Bom, estes foram os passos que eu queria compartilhar. Agora basta segui-los com afinco e dedicação para que você possa fazer viagens incríveis pelo mundo afora

E não se esqueça: Toda viagem de sucesso requer PLANEJAMENTO e ORGANIZAÇÃO.


Luis Fernando Sellani Verçosa

Título: Conhecendo o mundo de forma econômica

Autor: Luis Fernando Verçosa (todos os textos)

Visitas: 0

0 

Comentários - Conhecendo o mundo de forma econômica

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Ler próximo texto...

Tema: Literatura
Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal\"Rua
Gertrude Stein foi uma escritora de peças de teatro, de peças de opera, de ficção, de biografia e de poesia, nascida nos Estados Unidos da América, e escreveu a Autobiografia de Alice B. Toklas, vestindo a pele, e ouvindo pela viva voz da sua companheira de 25 anos de vida, os relatos da historia de ambas, numa escrita acessível, apresentando situações caricatas ou indiscretas de grandes vultos da arte e da escrita da sua época. Alice B. Toklas foi também escritora, apesar de ter vivido sempre um pouco na sombra de Stein. Apesar de ambas terem crescido na Califórnia, apenas se conheceram em Paris, em 1907.


Naquela altura, Gertrude vivia há quatro anos com o seu irmão, o artista Leo Stein, no numero 27 da rue de Fleurus, num apartamento que se tinha transformado num salão de arte, recebendo exposições de arte moderna, e divulgando artistas que viriam a tornar-se muito famosos. Nestes anos iniciais em Paris, Stein estava a escrever o seu mais importante trabalho de início de carreira, Three Lives (1905).


Quando Gertrude e Alice se conheceram, a sua conexão foi imediata, e rapidamente Alice foi viver com Gertrude, tornando-se sua parceira de escrita e de vida. A casa, como se referiu atrás, tornou-se um local de reunião para escritores e artistas da vanguarda da época. Stein ajudou a lançar as carreiras de Matisse, e Picasso, entre outros, e passou a ser uma espécie de teórica de arte, aquela que descrevia os trabalhos destes artistas. No entanto, a maior parte das críticas que Stein recebia, acusavam-na de utilizar uma escrita demasiado densa e difícil, pelo que apenas em 1933, com a publicação da Autobiografia de Alice B. Toklas, é que o trabalho de Gertrude Stein se tornou de facto reconhecido e elogiado.


Alice foi o apoio de Gertrude, foi a dona de casa, a cozinheira, grande cozinheira aliás, vindo mais tarde a publicar algumas das suas receitas, e aquela que redigia e corrigia o que Gertrude lhe ditava. Assim, Toklas fundou uma pequena editora, a Plain Editions, onde publicava o trabalho de Gertrude. Aliás, é reconhecido nesta Autobiografia, que o papel de Gertrude, no casal, era o de marido, escrevendo e discutindo arte com os homens, enquanto Alice se ocupava da casa e da cozinha, e de conversar sobre chapéus e roupas com as mulheres dos artistas que visitavam a casa. Depois da morte de Gertrude, Alice continuou a promover o trabalho da sua companheira, bem como alguns trabalhos seus, de culinária, e um de memórias da vida que ambas partilharam.


Assim, este livro que inspirou o filme “Meia noite em Paris”, de Woody Allen, é um livro a não perder, já nas livrarias em Portugal, pela editora Ponto de Fuga.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios