Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Materiais Construção > Intertravado ou Piso Ecologicamente Correto

Intertravado ou Piso Ecologicamente Correto

Visitas: 14
Comentários: 2
Intertravado ou Piso Ecologicamente Correto

Uma coisa são os pavimentos tradicionais construídos para a obtenção de uma estrutura tanto quanto possivelmente impermeável outra coisa são os pavimentos concebidos, projetados e construídos como permeáveis e é justamente de um tipo destes pavimentos que vou lhes falar agora.
Aqui se abre um enorme campo para os pavimentos intertravados, já que existem diversos modos de se atingir maior ou menor grau de permeabilidades da superfície de rodagem.

As vantagens dos pavers são:
Melhor relação custo - beneficio
Versatilidade;
Drenagem da água;
Resistência a qualquer temperatura;
Antiderrapante e durável;
Alta resistência e suporta trafego pesado;
Utilização imediata;
Fácil colocação e manutenção.

Os pavers não exigem grandes equipamentos e nem mão-de-obra especializada para sua colocação, por ser facilmente colocado, requer menor tempo de mão-de-obra. Fatores estes que reduzem o custo da obra.

São encontrados em diversas formas, cores, tamanhos e trabalhos em relevo. Podendo optar, por exemplo, em peças com patas de cães pré-gravadas. Também é possível fazer mosaicos coloridos e de diversos formatos ou ainda usar grama natural como rejuntamento das peças.

A drenagem da água é a mais natural e simples possível, pois permite o escoamento das águas pluviais direto para os aqüíferos naturais. A sua permeabilidade pode variar de acordo com a necessidade do local onde será utilizado, isso é possível trabalhando o próprio bloco ou seu rejuntamento.

Os pisos intertravados podem ser utilizados em áreas residenciais, praças, vias públicas, pátios industriais e muitos outros locais.

É altamente resistente. Por permitir um trafego bem mais pesados do que os pisos de concreto armado, estão sendo muito utilizados em zonas portuárias e aeroportos. Além da alta resistência outros três fatores fazem com que o intertravado ganhe à preferência em aeroportos e portos, a drenagem da água, a rápida instalação do piso e a utilização imediata à colocação. Exatamente isso, não há tempo de espera para trafegar sobre os intertravado, basta coloca-los e liberar o trafego independentemente de sua intensidade ou peso.

Claro que não poderia deixar de falar o quanto este piso valoriza o projeto arquitetônico da obra e prima pela beleza estética. A diversidade de cores e formas agrada desde os estilos mais clássicos aos mais arrojados.

Muito usado em áreas com piscinas, além de classe e requinte, este piso também fornece segurança a partir do fato que são antiderrapantes e não permanecem úmidos por muito tempo devido a sua fácil drenagem, além de sua resistência a qualquer temperatura.


Fabiane Martello

Título: Intertravado ou Piso Ecologicamente Correto

Autor: Fabiane Martello (todos os textos)

Visitas: 14

806 

Imagem por: Matti Mattila

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    12-05-2014 às 14:13:41

    Adorei as vantagens dos pavers e a informação de pisos intertravados. Esclareceu bastante, obrigada!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • edson fernandes

    12-01-2013 às 14:30:44

    Gostaria de saber se o custo é maior devido à necessidade de usar muita areia?

    ¬ Responder

Comentários - Intertravado ou Piso Ecologicamente Correto

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Pulp Fiction: 20 anos depois

Ler próximo texto...

Tema: Arte
Pulp Fiction: 20 anos depois\"Rua
Faz hoje 20 anos que estreou um dos mais importantes ícones cinematográficos americanos.

Pulp Fiction é um marco do cinema, que atirou para a ribalta Quentin Tarantino e as suas ideias controversas (ainda poucos tinham visto o brilhante “Cães Danados”).

Repleto de referências ao cinema dos anos 70 e com uma escolha de casting excepcional, Pulp Fiction conquistou o público com um discurso incisivo (os monólogos bíblicos de Samuel L. Jackson são um exemplo disso), uma violência propositadamente mordaz e uma não linearidade na sucessão dos acontecimentos, tudo isto, associado a um ritmo alucinante.

As três narrativas principais entrelaçadas de dois assassinos, um pugilista e um casal, valeram-lhe a nomeação para sete Óscares da Academia, acabando por vencer na categoria de Melhor Argumento Original, ganhando também o Globo de Ouro para Melhor Argumento e a Palma D'Ouro do Festival de Cannes para Melhor Filme.

O elenco era composto por nomes como John Travolta, Samuel L. Jackson, Bruce Willis, Uma Thurman e (porque há um português em cada canto do mundo) Maria de Medeiros.

Para muitos a sua banda sonora continua a constar na lista das melhores de sempre, e na memória cinéfila, ficam eternamente, os passos de dança de Uma Thurman e Travolta.

As personagens pareciam ser feitas à medida de cada actor.
Para John Travolta, até então conhecido pelos musicais “Grease” e “Febre de Sábado à Noite”, dar vida a Vincent Vega foi como um renascer na sua carreira.

Uma Thurman começou por recusar o papel de Mia Wallace, mas Tarantino soube ser persuasivo e leu-lhe o guião ao telefone até ela o aceitar.

Começava ali uma parceria profissional (como é habitual de Tarantino) que voltaria ao topo do sucesso com “Kill Bill”, quase 10 anos depois.

Com um humor negro afiadíssimo, Tarantino provou em 1994 que veio para revolucionar o cinema independente americano e nasceu aí uma inspirada carreira de sucesso, que ainda hoje é politicamente incorrecta, contradizendo-se da restante indústria.

Pulp Fiction é uma obra genial. Uma obra crua e simultaneamente refrescante, que sobreviveu ao tempo e se tornou um clássico.
Pulp Fiction foi uma lição de cinema!

Curiosidade Cinéfila:
pulp fiction ou revista pulp são nomes dados a revistas feitas com papel de baixa qualidade a partir do início de 1900. Essas revistas geralmente eram dedicadas às histórias de fantasia e ficção científica e o termo “pulp fiction” foi usado para descrever histórias de qualidade menor ou absurdas.

Pesquisar mais textos:

Carla Correia

Título:Pulp Fiction: 20 anos depois

Autor:Carla Correia(todos os textos)

Imagem por: Matti Mattila

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios