Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Como cuidar dos pés

Como cuidar dos pés

Categoria: Beleza
Como cuidar dos pés

Nos meses de Verão, os pés encontram-se expostos ao olhar de todos, por isso eles têm que estar na sua melhor forma. Para os manter macios e hidratados, tem que incorporar na sua rotina diária alguns cuidados extras para seus pés. Acredite, esses cuidados até têm que ser mais regulares do que julga.

Não só é necessário mantê-los hidratados; há que fazer muito mais que isso, como aplicar cremes específicos para evitar problemas pedológicos.

Se quer mostrar estes pés no verão, tem que cuidar da pele e unhas, que podem apresentar alguns problemas. Aqui estão algumas recomendações práticas para manter os seus pés em melhores condições.

Os problemas mais comuns

- A pele seca: a camada superficial da epiderme do pé perde água, e assim a pele torna-se seca e desidratada. A pele dos pés é cinco vezes mais espessa do que as outras partes do corpo, por isso precisa de um creme específico rico em uréia e outros agentes hidratantes, como a glicerina ou manteiga de karité. Se necessário, pode aplicar um creme hidratante máximo e usar meias de algodão para dormir. Também pode usar meias esfoliantes especiais.

- Calcanhares rachados: resultado de secura extrema da pele. Quando as rachaduras aparecem, é preciso muita paciência e perseverança, pois a regeneração celular da pele é lenta e cara.

- Dureza: são uma protecção natural da pele à pressão e atrito que ocorre ao caminhar. Geralmente surge nas solas dos pés, nos calcanhares e dedos dos pés, e é irritante e desagradável. Para o combater, hidrate a pele com um creme especial.

- Bolhas: novas sandálias podem atacar os pés habituados a serem protegidos com meias, botas e sapatos. Tem que cuidar das bolhas se os pés infectarem. Lave-os com água salgada, aplique um tipo de desinfestante ou iodo, e um Tapalas, daqueles vendidos em farmácias.

- Unhas: unhas dos pés são particularmente duras. São compostas por mais de 25 camadas de células compactadas por queratina. Pode sempre cortar em linha recta, de modo que não encarnem e infectem. Existem produtos específicos para unhas com estrias, duras e grossas, ou descoloridas (ao tomar uma cor amarelada).

Agora, certifique-se de que mantém a rotina e não se desleixe; o menor dos deslizes pode ser apenas o primeiro passo para o ressurgimento de problemas nos pés, os quais podem voltar até com bastante facilidade se assim o permitir.


Jerónimo Diogo Magalhães

Título: Como cuidar dos pés

Autor: Jerónimo Diogo Magalhães (todos os textos)

Visitas: 0

186 

Comentários - Como cuidar dos pés

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios