Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > O que é dislexia?

O que é dislexia?

Categoria: Saúde
O que é dislexia?

A dislexia é uma dificuldade de aprendizagem mais comum do que se imagina. Muitas pessoas apresentam tal disfunção. Muitos confundem dislexia com um mau comportamento, indisciplina ou falta de inteligência. Na verdade o que ocorre é que no período escolar, diante das dificuldades que apresenta, a criança disléxica acaba por mascarar sua dificuldade por meio de conduta não adequada. É uma forma que encontra de lidar com a frustração de não corresponder ao esperado e exigido pelos pais, professores e colegas.

Os sintomas mais evidentes dessa dificuldade estão presentes na leitura, na escrita e na soletração, principalmente naqueles que nunca se trataram. Pesquisas apontam que cerca de 15% das crianças em idade escolar apresentam tal dificuldade. Esse dado é um indicativo de que pais e educadores devem estar mais atentos ao comportamento de cada criança a fim de não confundir uma dificuldade de aprendizagem com falta de capacidade ou até mesmo preguiça. É importante destacar que quando diagnosticada e tratada precocemente, a dislexia não se tornará em empecilho para uma vida de sucesso. Dislexia não é sinônimo de falta de inteligência, pelo contrário, pesquisas também mostram que crianças disléxicas têm a mesma capacidade que as demais e muitas delas ainda apresentam inteligência superior.

São muitos os casos de pessoas disléxicas bem-sucedidas ao longo da história. Elas conviveram bem com sua dificuldade e a canalizaram para outras formas de realização pessoal, principalmente trabalhando com as áreas de seu interesse. São alguns exemplos o inventor Thomas Edison, o ator hollywoodiano Tom Cruise, a escritora Agatha Cristie, o criador de vários personagens históricos Walt Disney, entre outros.

A dislexia é herdada, logo, alguém na família deve ser também disléxico. A grande dificuldade é relacionar os sons às letras que representam. Ela apresenta-se em falhas nas conexões cerebrais. A criança disléxica só consegue reconhecer os fonemas e não as palavras. É por isso que ela não reconhece a mesma palavra várias vezes. Ao lê-la tem a sensação de se tratar de uma nova palavra. Em virtude disso a leitura se torna difícil para ela. Da mesma forma acontece com a escrita. A mesma palavra é escrita seguidamente de formas diferentes. Contudo se tratada na primeira infância, a cura é completa. Daí a importância de se estar atento ao comportamento da criança para detectar alguma dificuldade que ela apresente.

Como diagnosticar perfeitamente? Alguns sintomas são característicos em cada faixa etária. Porém um diagnóstico correto deve ser feito por um especialista, um psicopedagogo, profissional especializado em dificuldades de aprendizagem. Na educação infantil a criança disléxica fala como bebê, em muitos casos, tem dificuldade em soletrar as letras de seu nome, apresenta dificuldade em reconhecer dias da semana, letras e sons e não consegue repetir rimas. Nas séries iniciais, a criança tem dificuldade em memorizar palavras, apresenta dificuldade na relação entre letra e som, não memoriza o que está sendo ensinado, comete erros ortográficos, reclama não gostar de ler, sente medo de ler em voz alta, é mais lento na realização de testes e provas e não consegue separar as sílabas das palavras adequadamente. Nas séries finais a resistência em ler para o grupo aumenta, ocorrem muitos erros ortográficos, quando lê, o faz muito devagar, demora nas provas, troca letras na leitura, pula a leitura de palavras ou sílabas extensas e complicadas, tem muita dificuldade em resolver problemas matemáticos e a aprender língua estrangeira.

Observando alguns desses sintomas o indicado é procurar um especialista. Em caso positivo, é aconselhado procurar alternativas de superação dessa dificuldade na escola e iniciar tratamento. Aos pais cabe manter a tranquilidade e aumentar a auto-estima da criança.


Rosana Fernandes

Título: O que é dislexia?

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 0

796 

Imagem por: Tiberiu Ana

Comentários - O que é dislexia?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Imagem por: Tiberiu Ana

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios