Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Decoração > Alguns Conselhos Sobre Decoração

Alguns Conselhos Sobre Decoração

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Decoração
Alguns Conselhos Sobre Decoração

O sofá é o nosso maior aliado se procuramos um refúgio para descansar. Este tem um papel primordial no ambiente em que se insere, influenciando os elementos que estão à sua volta, como os cortinados, os móveis, os objetos de decoração, entre outros. Hoje em dia o mercado tem um leque de ofertas para todo o tipo de gostos, com todo o conforto e funcionalidades que você precisa. Para locais amplos deve recorrer dos sofás com formato “L”, pois, normalmente, alcançam grandes medidas. Ninguém compra um sofá a pensar trocá-lo logo no ano seguinte, por isso deve optar por um sofá clean, com cores neutras, sem grandes adornos que passam de moda muito facilmente. O preto e o cinzento trazem elegância ao seu lar, enquanto as cores terrosas trazem mais conforto, talvez por nos remontarem ao elemento terra. Para escolher um sofá, não há nada melhor que entrar numa loja e vivenciar a experiência de experimentar sofás. Deve levar as medidas das escadas e portas da sua casa (elevadores se viver num apartamento) e o tamanho da sua sala.

Tem alguns estilos de sofá ao seu dispor, como o clean, o confortável, o clássico, o arrojado e versátil. Um sofá clean é um sofá equilibrado, adequado para espaços pequenos. As almofadas devem dar o toque especial a este. O sofá confortável tem como fim ser agradável e aprazível. São robustos e podem servir de cama a um hóspede inesperado. O sofá clássico busca o tradicional e é ideal para salas de leitura ou descanso. O sofá arrojado tem um design italiano e tem um conjunto de funcionalidades para o servir, como encostos reclináveis. Por último, o sofá versátil atrai o tipo de pessoa que gosta de afundar-se no sofá enquanto vê televisão.

Para complementar o seu espaço, pode aderir às famosas hortas em casa. Ter uma horta dentro de casa já não é impossível e as crianças vão adorar. Deve escolher para fazer parte dela as ervas que melhor satisfazem o seu palato (manjericão, salsa, alecrim). Pode ainda cultivar algumas hortaliças, como tomates e alface. A horta deve estar perto de uma janela que receba o sol a maior parte do dia.

Daniela Vicente

Título: Alguns Conselhos Sobre Decoração

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 0

613 

Comentários - Alguns Conselhos Sobre Decoração

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios