Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > O arquipélago de Cabo Verde

O arquipélago de Cabo Verde

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Viagens
Visitas: 4
Comentários: 1
O arquipélago de Cabo Verde

Cabo Verde é um arquipélago vulcânico composto por 10 ilhas e 8ilhotas no Oceano Atlântico a 450 km de o ponto mais ocidental do continente Africano, que foi descoberto por navegadores portugueses em 1460.



O povo cabo-verdiano é o resultado da miscigenação entre colonizadores portugueses e escravos africanos, o que resultou em uma mistura de entretenimento, cultura e criatividade, o que vai motivar-nos para desfrutar de umas férias diferentes.



INFORMAÇÕES ÚTEIS


Nome oficial: República de Cabo Verde
Área: 4,030 km ²
População: 401.343 habitantes.
Capital: Praia (61.797 hab.)
Nacionalidades e grupos étnicos: 71% crioulo, 28% Africano e 1% europeu
Idioma: Português e Crioulo (misturado Português crioulo e palavras da África Ocidental)
Religião: Católica (combinado com crenças indígenas) e protestante
Vistos: Todos os visitantes precisam de visto
Hora local: GMT-1
Electricidade: 220 V, 50 Hz

O QUE VER EM CABO VERDE?



Sal

É uma peça de ouro do deserto no meio do oceano, uma pérola de sol, areia e sal. Fuga Sal, significa ter um período de férias com 365 dias de sol, ideal para escapar da poluição, vento surf ou mergulho em um tranquilo refúgio tropical, uma ilha sem stress.
Seus melhores praias são, na pequena cidade de Santa Maria, no extremo sul da ilha, e apenas 18 km do aeroporto.



São definidos por terem areia muito macia e água tão clara que você pode ver sua sombra no fundo da água. De manhã cedo e descarregada lembro de ver peixe fresco e frutos do mar, o que você pode desfrutar em seus restaurantes. Você também pode desfrutar de jet ski, esqui aquático e pesca, entre outras atividades.



Santiago

Escravos da Costa da Guiné foram os primeiros habitantes de Santiago. Hoje, a ilha é considerada a mais Africano do arquipélago e é o lar de metade da população de todas as ilhas.

Sua capital é a Praia com o seu mercado, onde tudo o que cresce na ilha e no mar. Cheia de contrastes, ninguém escapa Sucupira boas compras, uma visita a São Jorge, onde há um jardim botânico e espetacular para Tarrafal, que é uma pequena vila de pescadores cercada por longas praias com coqueiros. Não se esqueça de visitar a Cidade Velha, a antiga capital de Cabo Verde, que tem sido o maior mercado de escravos no mundo.



São Vicente

A coisa mais importante é a sua capital São Vicente "Mindelo", que foi desenvolvido no século XIX, como uma escala de pontos muito importante entre os continentes.
É marcado por seu porto natural, que é aberto a todas as culturas e costumes que se cruzam com um sotaque britânico, destacando suas tavernas.

É um paraíso para os amantes da vida noturna que vêm para dançar aos seus clubes, marcados pela dança crioula.
Não deixe de visitar o século XVIII Castelo e Torre de Belém (imitação pequena da uma em Lisboa).



Boavista

É a ilha mais próxima ao continente Africano e mais tropical, localizado a 20 minutos de avião de sal e quatro horas de barco. O clima ea paisagem são influenciadas pelos ventos quentes e secos do Saara.
Suas dunas de areia e oásis de palmeiras formam um cenário típico de deserto ao longo de seus 60 quilômetros de cristalinas águas azul-turquesa da ilha torna um paraíso ideal para esquecer o stress.
Não deixe de visitar o deserto de Viana, João Barrosa praia em que as tartarugas se reproduzem e Corralinho praia.


 
Fogo

A ilha do Fogo deve a sua existência ao Pico do vulcão do Fogo, com seus imponentes 2.829 metros acima do nível do mar.

Localizado a 60 km de Santiago. Para tomar um banho pode ir para Vale de Cavleiros ou Bay Salinas. De manhã cedo é o tempo para subir ao ponto mais alto do vulcão, ele vai precisar alugar um carro para ir até Chã das Caldeiras situados a 1.700 m de altitude, a respiração longa, bons sapatos e água mineral. Em Chã das Caldeiras facilmente encontrar guias para sua escalada até o topo (cerca de 4 horas de caminhada).



Santo Antão

De Mindelo, você pode ver uma moita que parece parte da ilha de São Vicente. Cenicamente é uma das mais belas. Principalmente atrai os amantes da natureza por causa de sua exuberante vegetação que brota das montanhas, com cerca de 2.000 m de altitude. É tal que cada estrada é intransitável, se uma obra de arte, mas ... onde há uma vontade, há um caminho ... para aventureiros que querem auto penetrar os mistérios da Ilha






Empresa seo

Título: O arquipélago de Cabo Verde

Autor: Empresa seo (todos os textos)

Visitas: 4

608 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    12-06-2014 às 22:36:01

    Adoraria conhecer o arquipélago de Cabo Verde. Quanta riqueza!!!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - O arquipélago de Cabo Verde

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dicas para decorar salas pequenas.

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Decoração
Dicas para decorar salas pequenas.\"Rua
A realidade das grandes cidades é que a maioria das pessoas mora em espaços pequenos. É fato também que todos desejam ter um ambiente acolhedor e aconchegante para receber amigos. Em contrapartida, na medida em que os espaços encolhem, a quantidade de aparelhos eletrônicos que utilizamos aumenta cada vez mais. Há ainda quem use a sala como home-office.

Nesta busca de inspiração para organizar e incrementar sua sala, encontramos uma série de sites especializados e blogs com muitas, muitas ideias. O conceito de D.I.Y. (do it yourself) que significa "faça você mesmo” nunca esteve tão na moda. É uma alternativa para reduzir gastos com mão de obra e nada melhor do que criar um espaço com um toque todo seu. Inspirações e ideias não faltam. Hoje, de certa forma todos nos sentimos meio decoradores.

Mas planejar a decoração de uma sala pequena exige alguns cuidados para que o ambiente não fique entulhado de móveis, disfuncional ou até mesmo desagradável.

Confira algumas dicas para decorar sua sala com estilo e valorizando seu espaço:
Os espelhos, além da autocontemplação, causam efeitos interessantes. Aplicados, por exemplo, em uma parede inteira pode duplicar a amplitude do ambiente. Pode ser usado também em móveis, tetos, em diversos formatos e valorizar a luminosidade da decoração.

As cores tem poder de causar sensações. Em ambientes com pouco espaço, elas podem colaborar para que a sensação de amplitude possa tanto aumentar quanto diminuir. Para pintar as paredes de sua sala aposte em cores claras. O teto com uma cor mais clara que a das paredes, por exemplo, pode simular uma elevação do teto, já em uma cor mais escura, promoverá uma sensação de rebaixamento do teto.

A escolha e posição dos móveis são um aspecto muito importante. Opte por poucos móveis, nunca de tamanhos exagerados e posicione-os de forma que valorize o espaço. Móveis que misturam poucos materiais, baixos e com linhas retas proporcionam leveza ao ambiente.

Uma solução muito interessante para espaços pequenos é a utilização de prateleiras. Caixas para produtos horto frutícolas reformadas podem se tornar lindas prateleiras. Mas cuidado com a profundidade, para não atrapalhar na disposição de outros móveis e objetos.

Móveis multifuncionais ou móveis inteligentes são excelentes alternativas para uma sala pequena. Um bom exemplo são pufes, que podem ser usados como mesas de centro ou ficarem alojados debaixo de aparadores e quando recebemos visitas podem se transformar em assentos extras. Mesas dobráveis também são uma ótima opção.

Escolher o mesmo piso ou revestimento pode dar a impressão de área maior, de continuidade. Mudanças drásticas de um ambiente para outro pode causar a sensação de divisão e consequentemente fazer parecer menor.

Algumas outras dicas: um sofá retrátil ou reclinável garante muito mais conforto e ocupa o espaço de um sofá simples. Suporte ou painéis móveis para TV possibilitam que ela seja movida na direção desejável. Caso o ambiente tenha escadas, escolher um modelo de escadas vazadas evita divisões e pode se tornar uma peça de destaque na sala. E para as cortinas, escolha tecidos leves, lisas e sem estampas.

De qualquer forma, ouse, não tenha medo de arriscar, crie, não copie, só assim será seu!

Luciana Santos.

Outros textos do autor:
Dicas para decorar salas pequenas.

Pesquisar mais textos:

Luciana Maria dos Santos

Título:Dicas para decorar salas pequenas.

Autor:Luciana Maria Santos(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Carlos Rubens Neto 16-06-2016 às 16:20:24

    Excelente matéria! Parabéns Luciana ;)

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios