Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Poesias de Hoje

Poesias de Hoje

Categoria: Literatura
Visitas: 2
Poesias de Hoje

Força da Misericórdia

Por misericórdia peço
Pela sua alma que tão carente
Se encontra,
Que tão triste nasce
E logo,
Na tristeza desencarna
Junto a seus sonhos
Que por dentro acende uma chama
Deixando encurralada a alma
Que nas sombras do medo
Remetente de uma tristeza
Encontra a tamanha misericórdia
Que por medo se agarrou como
Se fosse uma boia para que não se
Afogasse junto a areia movediça
Que te puxava pelos pés
[...]
E junto ao vento que te puxava
Para o alto e avante.

O CÉU

O céu é a única alternativa
De caminho de estrada,
De caminho para quem sonha
E para quem ama à Deus,
A quem tem ele como seu caminho
Para a luz de uma fraterna divindade
Alcançar
[...]
Por meio de atos que não o
Incriminam,
Mas que não o leva para a imensidão
Da tamanha pureza divina
Que somente à Deus cabe saber
Para assim nos encaminhar
Até o seu tão singelo encontro.

Até a Morte

Até a morte é essa a minha crença
De um dia poder te ver por mais que
Eu acredite na existência tão somente
De sua tão puríssima alma,
De um dia poder te dizer que um dia
Você me salvou e não tão só por
Isso é meu guia por tão
Somente salvar vidas,
Salvar alma,
Purificando corações
Com o seu amor tão verdadeiro e
Puro quanto o amor entre os pais
Com os seus filhos que tanto apronta
Sem se ligar nas consequência que um
Dia seus atos o faria,
Comprometendo o amor
Que um dia sentiu por alguém
E que agora não deixar de amar,
Mas por seu singelo e
Amável prazer de amar
[...]
O guardou em seu coração.

O Céu
A imensidão que contemplo
É a mesma em que reside a razão
De todo mundo existir,
De todo mundo poder amar,
Poder respirar
Para viver um dia após
O outro embora a dificuldade
Fosse mais persistente quanto a nossa
Coragem e a
Fé ainda sim,
Persistia como uma rocha de
Ferro que não se quebra,
Mas se racha, embora
[...]
Um diamante fosse.

Valor
O valor de um verdadeiro amor
É de fato contemplado pela paixão
Que por dentro me incendeia o coração
Despachando a ilusão fazendo
Amanhecer junto ao céu
O arco-íris que tanto abrilhanta
A minha alma,
O meu coração e
O meu jeito de ser.

À Você
À sua alma dedico
O fogo que por dentro me incendeia,
Para aquecer seu coração
Que tanto ao meu se completa por inteiro
Expulsando a ilusão
Que tanto me torturava na escuridão
Que com o silêncio fazia de minha coragem
A escrava de meu próprio medo
De um dia perder o sol que tanto ilumina
O meu coração que nas noites de verão
Não podia ver as estrelas enfeitando o céu banhado pelo
Manto da neblina fazendo da ilusão
A minha única visão,
Sem que a escuridão assim
[...]
Me trancafiasse na solidão
Com a perdição e
Sem Adão.


Kaique Barros

Título: Poesias de Hoje

Autor: Kaique Barros (todos os textos)

Visitas: 2

0 

Comentários - Poesias de Hoje

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios