Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Bornéu uma ilha gigante em tamanho e biodiversidade

Bornéu uma ilha gigante em tamanho e biodiversidade

Categoria: Viagens
Visitas: 8
Comentários: 2
Bornéu uma ilha gigante em tamanho e biodiversidade

O Bornéu, a quarta maior ilha do mundo, com 755 mil quilómetros quadrados, situa-se no arquipélago malaio e recebeu no século xvi a visita de um português, tendo sido sede de uma feitoria lusitana durante quase cem anos. Actualmente, a ilha encontra-se dividida entre a Indonésia (que ocupa cerca de três quartos), a Malásia e o pequeno reino do Brunei. A população é composta por daiaques, malaios islamitas, chineses e uns poucos europeus.

O Bornéu funcionou como empório de relações comerciais que incluíam portugueses, espanhóis e holandeses e até ao século xix foi um reino islâmico. Já na primeira metade do século xx constituiu o palco de confrontos entre japoneses e ingleses. A ilha é banhada pelos mares da China, de Java e das Célebes.

A variedade e a riqueza da flora e da fauna são mensuráveis, com especial destaque para famílias invulgares de flores, como a raflésia (que pode atingir um metro de diâmetro e dez quilos de peso), e de animais, como o orangotango, o leopardo, o rinoceronte e um sem-número de géneros de insectos. A floresta primitiva do Bornéu constitui um género de paraíso selvagem para grande quantidade de espécies endémicas e raras. As plantas carnívoras presentes no Bornéu pertencem maioritariamente à classe Nepenthes, com aproximadamente 60 espécies originárias da ilha, como Nepenthes Rajah, Nepenthes Villosa e Nepenthes Truncata. As condições de vida são quase extremas, passando por calor, humidade próxima da saturação e uma luminosidade quase nula.

A imensa fartura em termos de biodiversidade é contrabalançada com a pouca fertilidade dos solos (com excepção para as áreas vulcânicas, onde se produz arroz, milho, mandioca, pepino e abóbora) e a pobreza de recursos naturais (ouro, diamante, antimónio, mercúrio, carvão, gesso e ferro), apenas explorados em pequena escala. Na ilha existem ainda jazidas de petróleo, tal como na plataforma continental, e culturas experimentais de cacau, cânhamo e café. A colónia chinesa cultiva, igualmente, algumas diversidades de pimenta.

Os primeiros registos sobre o Bornéu chegaram à Europa no século xvi. No decorrer da Segunda Guerra Mundial, os japoneses invadiram o Bornéu e expulsaram de lá as forças holandesas e inglesas. Em 1949, a Indonésia anexou as possessões holandesas a território seu e em 1963 os ingleses entregaram Sarawak e Sabah à Malásia.

Pode ser um bocadito longe, mas o Bornéu é uma ilha que bem merece a revisita de um ou outro europeu, com fins unicamente turísticos e culturais…


Maria Bijóias

Título: Bornéu uma ilha gigante em tamanho e biodiversidade

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 8

728 

Imagem por: AlphaTangoBravo / Adam Baker

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    14-06-2014 às 05:16:50

    Além de todos esses benefícios, essa ilha gigante chamada de Bornéu traz um experiência única. São lindas paisagens, ha presença de animais, muita flora, fauna e possui aldeias das mais variadas.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • oscaroscar

    12-01-2012 às 23:04:29

    A bio deversidade da floreta foi subtituida por uma espécie a ( palma )a monocultura é fáciol,rentavel e rápida para população local ´e uma fonte de emprego é uma indústria agricula .

    ¬ Responder

Comentários - Bornéu uma ilha gigante em tamanho e biodiversidade

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os benefícios do piso laminado

Ler próximo texto...

Tema: Materiais Construção
Os benefícios do piso laminado\"Rua
Ao se realizar uma obra, ou na renovação de ambientes, há sempre muitas opções de técnicas e tecnologias de construção civil, arquitetura e decoração a serem escolhidas da forma mais adequada ao resultado que se espera. O piso adequado ao ambiente que se está construindo ou reformando é uma questão bastante relevante para o sucesso do empreendimento e para o bem-estar dos usuários.

Os tipos de pavimentos ou assoalhos ou revestimentos são diversificados e para cada tipo de ambiente, construção e gosto pessoal há um mais adequado. Pelos inúmeros benefícios que tem apresentado, o piso laminado tem sido bastante escolhido como revestimento nos ambientes modernos. Ele é composto por quatro camadas, feitas de fibras de madeira de alta densidade, lâminas de celulose, lâminas decorativas e filme cristalino de celulose, colados diretamente ao chão. Essa composição garante estabilidade, beleza, resistência, facilitando a limpeza. Somente com estes argumentos já se pode notar as vantagens desse tipo de piso, contudo ainda existem outras.

Os pisos laminados custam menos que os pisos de madeira, seu substrato é ecologicamente correto, já que as madeiras utilizadas na composição desse piso provêm de florestas certificadas e possui fácil instalação, sem a necessidade de pregá-lo ao chão. Além disso, os pisos laminados não precisam de envernizamento como os pisos de madeira que causam mau cheiro e sujeira. Os pisos laminados são mais resistentes que os pisos de madeira devido a sua alta pressão. A superfície dos pisos laminados de alto tráfego contém papel decorativo que garante diversas possibilidades de estampas e combinações.

Existem, portanto, dois tipos distintos de pisos laminados. Os pisos laminados de madeira têm em sua composição madeira natural e são revestidos com verniz. São indicados para ambientes residenciais e menos movimentados. Os pisos laminados de alto tráfego são compostos por madeiras de alta densidade cobertas por papel decorativo. São mais resistentes e, em virtude disso, indicados para ambientes de grande circulação. Podem estar em ambientes residenciais, porém para ambientes comerciais é o ideal.

Os pisos laminados são resistentes à luz do sol, a riscos e a manchas. São práticos devido à diversificada opção de padrões e funcionais devido à facilidade de limpá-lo. Acomodam-se perfeitamente em qualquer ambiente, proporcionando fácil decoração. Entretanto, medidas para mantê-lo em bom estado por mais tempo (apesar da sua alta durabilidade) devem ser tomadas. Colocar proteção na entrada das portas evita a instalação de sujeira e pedras. Forrar móveis e peças decorativas, que entrem em contato com o piso, é recomendado, a fim de não marcá-lo. Esses forros podem ser feitos com tecidos felpudos ou recortes em feltro. Forrar os móveis ao movimentá-los é apropriado para não riscar o piso. Salto alto fino com base metálica também marca esse tipo de piso. Evitar molhar em demasia o piso é necessário, pois caso contrário pode haver o inchamento do piso. Deve-se mantê-lo sempre seco.

Esse tipo de piso também tem a vantagem de não carregar cupins, contudo é preciso verificar as condições de presença desses insetos. Ambientes com cupins requerem a desintetização prévia.

Pesquisar mais textos:

Rosana Fernandes

Título:Os benefícios do piso laminado

Autor:Rosana Fernandes(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    12-05-2014 às 12:45:43

    O piso laminado é muito bom, sua durabilidade é de quase 40 anos e são mais fáceis de manter.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • silvana 22-02-2014 às 18:17:44

    o piso laminada tem durabilidade de quantos anosposso passar pano umido no piso loaminado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios