Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Leiria – a cidade do pitoresco e da modernidade

Leiria – a cidade do pitoresco e da modernidade

Categoria: Viagens
Comentários: 1
Leiria – a cidade do pitoresco e da modernidade

Leiria é desde logo, pela sua localização geográfica privilegiada, uma cidade por onde passa uma diversa panóplia de visitantes. De facto, a sua proximidade das praias da Nazaré, do Santuário de Fátima e dos mosteiros da Batalha e de Alcobaça trazem a Leiria diferentes tipos de excursionistas: veraneantes, peregrinos, amantes da História, da cultura e da arte… Não obstante, a cidade do Lis, cujas calmas águas convidam a relaxar, bastar-se-ia no que toca a pontos de interesse, sem necessidade da coadjuvação dos vizinhos.

Aliando traços de uma inadiável modernidade a um carácter pitoresco que os seus monumentos exalam, Leiria é dotada de uma personalidade e de uma ambiência únicas. Paralelamente, são desenvolvidas com regularidade iniciativas pela e para a cidade, dotadas de cariz pedagógico, lúdico e social, onde reinam a imaginação, a alegria, o convívio, a amizade, a transmissão de valores, a criatividade, a interacção familiar e toda uma série de aprendizagens úteis.

O castelo de Leiria é talvez a edificação mais conhecida desta metrópole, sendo a sua magnificência incontornável. Na verdade, serviu de cenário a vários acontecimentos de relevo, tendo sido conquistado aos mouros por D. Afonso Henriques, em 1135. Depois de algumas lutas e da perda de posse, em 1190 D. Sancho I reedificou este castelo.

Em 1325, D. Dinis mandou construir a torre de menagem, que se conservou e que presentemente alberga um núcleo museológico, onde é possível contemplar objectos arqueológicos procedentes da escavação no recinto da torre e réplicas de armamento medieval.
Entre 1898 e 1944, o castelo foi restaurado por Ernesto Korrodi. A entrada na fortificação conduz o visitante a um pátio amplo e florido. À esquerda, há uma escada que leva ao centro do castelo. Para lá da torre de menagem, encontram-se os restos da igreja de Santa Maria da Pena, que preserva ainda uma capela-mor digna de apreciação. No espaço outrora destinado ao Paço Real está agora uma galeria de arcadas ogivais e pode ter-se uma esplêndida perspectiva sobre Leiria.

Descendo pelas ruas, a Praça Rodrigues Lobo, que acolhe a estátua do poeta leiriense com o mesmo nome, é emblemática. Outro poeta da terra, Afonso Lopes Vieira, detém, de igual modo, uma estátua no sítio onde nasceu e viveu. No espaço do antigo Rossio de D. Luís, a imponente Fonte Luminosa exibe uma escultura de Lagoa Henriques. Do património religioso destacam-se a igreja românica de S. Pedro (classificada como monumento nacional desde 1911) e a Sé (erigida entre 1559 e 1574, que ostenta três naves com influências do gótico e um altar-mor exibindo um retábulo do século xvi).

Ainda no Largo da Sé, é de admirar a bela fachada de azulejos da antiga farmácia Paiva. O eixo vital da zona antiga de Leiria vai da Sé ao Terreiro, caminhando pela Rua Direita. Para terminar, nada melhor do que gozar do merecido descanso no Marachão, às margens do rio Lis, de onde se pode apreciar uma bonita vista para o castelo.


Maria Bijóias

Título: Leiria – a cidade do pitoresco e da modernidade

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

633 

Imagem por: amaianos

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    14-06-2014 às 06:16:07

    Já gostei de Leiria por conta de seu castelo, que genial! Mas, seus atrativos devem ser maravilhosos mesmo.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Leiria – a cidade do pitoresco e da modernidade

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os benefícios do piso laminado

Ler próximo texto...

Tema: Materiais Construção
Os benefícios do piso laminado\"Rua
Ao se realizar uma obra, ou na renovação de ambientes, há sempre muitas opções de técnicas e tecnologias de construção civil, arquitetura e decoração a serem escolhidas da forma mais adequada ao resultado que se espera. O piso adequado ao ambiente que se está construindo ou reformando é uma questão bastante relevante para o sucesso do empreendimento e para o bem-estar dos usuários.

Os tipos de pavimentos ou assoalhos ou revestimentos são diversificados e para cada tipo de ambiente, construção e gosto pessoal há um mais adequado. Pelos inúmeros benefícios que tem apresentado, o piso laminado tem sido bastante escolhido como revestimento nos ambientes modernos. Ele é composto por quatro camadas, feitas de fibras de madeira de alta densidade, lâminas de celulose, lâminas decorativas e filme cristalino de celulose, colados diretamente ao chão. Essa composição garante estabilidade, beleza, resistência, facilitando a limpeza. Somente com estes argumentos já se pode notar as vantagens desse tipo de piso, contudo ainda existem outras.

Os pisos laminados custam menos que os pisos de madeira, seu substrato é ecologicamente correto, já que as madeiras utilizadas na composição desse piso provêm de florestas certificadas e possui fácil instalação, sem a necessidade de pregá-lo ao chão. Além disso, os pisos laminados não precisam de envernizamento como os pisos de madeira que causam mau cheiro e sujeira. Os pisos laminados são mais resistentes que os pisos de madeira devido a sua alta pressão. A superfície dos pisos laminados de alto tráfego contém papel decorativo que garante diversas possibilidades de estampas e combinações.

Existem, portanto, dois tipos distintos de pisos laminados. Os pisos laminados de madeira têm em sua composição madeira natural e são revestidos com verniz. São indicados para ambientes residenciais e menos movimentados. Os pisos laminados de alto tráfego são compostos por madeiras de alta densidade cobertas por papel decorativo. São mais resistentes e, em virtude disso, indicados para ambientes de grande circulação. Podem estar em ambientes residenciais, porém para ambientes comerciais é o ideal.

Os pisos laminados são resistentes à luz do sol, a riscos e a manchas. São práticos devido à diversificada opção de padrões e funcionais devido à facilidade de limpá-lo. Acomodam-se perfeitamente em qualquer ambiente, proporcionando fácil decoração. Entretanto, medidas para mantê-lo em bom estado por mais tempo (apesar da sua alta durabilidade) devem ser tomadas. Colocar proteção na entrada das portas evita a instalação de sujeira e pedras. Forrar móveis e peças decorativas, que entrem em contato com o piso, é recomendado, a fim de não marcá-lo. Esses forros podem ser feitos com tecidos felpudos ou recortes em feltro. Forrar os móveis ao movimentá-los é apropriado para não riscar o piso. Salto alto fino com base metálica também marca esse tipo de piso. Evitar molhar em demasia o piso é necessário, pois caso contrário pode haver o inchamento do piso. Deve-se mantê-lo sempre seco.

Esse tipo de piso também tem a vantagem de não carregar cupins, contudo é preciso verificar as condições de presença desses insetos. Ambientes com cupins requerem a desintetização prévia.

Pesquisar mais textos:

Rosana Fernandes

Título:Os benefícios do piso laminado

Autor:Rosana Fernandes(todos os textos)

Imagem por: amaianos

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    12-05-2014 às 12:45:43

    O piso laminado é muito bom, sua durabilidade é de quase 40 anos e são mais fáceis de manter.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • silvana 22-02-2014 às 18:17:44

    o piso laminada tem durabilidade de quantos anosposso passar pano umido no piso loaminado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios