Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > Jogos Olímpicos e física

Jogos Olímpicos e física

Categoria: Desporto
Comentários: 1
Jogos Olímpicos e física

Não há quem desconheça o termo jogos olimpicos e de onde nasceu o seu nome. Os primeiros jogos realizaram-se na cidade da Olimpia, na Grécia, daí a origem do seu nome.

Este ano, estes jogos realizam-se na cidade de Londres, na inglaterra, no final do presente mês de julho.Este é pois considerado um grande evento, que atrai milhares de visitantes de todo o mundo. Mas, o que muita gente não sabe é que a física é uma ciência que se encontra no âmago dos desportos favoritos de muita gente.

De acto, todos os desportos podem ser reduzidos a esta ciêcia e são uma transferência de energia. Quando se pratica um qualquer jogo, há com efeito uma interação de forças naturais, e que atuam nele, desde a força da gravidade, de resistência e de frição, como foi explicada por Isaac Newton.

Os jogos mais frequentes dos olímpicos são o salto à vara, a natação, a ginástica e o lançamento do martelo, que são dirigidos pelas mesmas regras.

Segundo as leis de Newton, para cada força de ação, há uma reação igual e oposta, que se verifica por exemplo na natação. Quando o nadador move as pernas ou braços, é aplicada uma força, para baixo e para trás, gerando uma força reativa da água, que logo empurra o corpo para a frente, ou para cima.

O mesmo se pode dizer, quando o corpo fltua, a água exerce uma força, igual á força de gravidade.

Deste modo, em todas as modalidades de desporto, se aplicam as leis de gravidade.

O salto mortal, é também típico dos jogos olímpicos, ou seja, uma das modalidades de ginástica olímpica.

Os atletas transpôem as forças dos jogos, em virtude de uma combinação de instinto e memória muscular.

Além de modalidades desportivas, os jogos são também uma transferência de energia, combinadas com as leis da gravidade, tendo regras fundamentais.
Todos estes desportos eram conhecidos há milhares de anos, perdurando ainda hoje como um espetáculo de rara beleza.

A distância não é impedimento para quem gosta de assistir a tão grande evento mundial. Para isso, há agências de viagens, que fazem programas de viagens, incluindo já os jogos Olímpicos.


Pedro gil Ferreira

Título: Jogos Olímpicos e física

Autor: Pedro gil Ferreira (todos os textos)

Visitas: 0

676 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    30-06-2014 às 22:02:35

    É tão bom ver os jogos olímpicos, adoroooo! Que interessante saber que veio de Olímpia e por isso, gerou este nome até hoje muito famoso! Realmente, nada que se faz é por acaso!

    ¬ Responder

Comentários - Jogos Olímpicos e física

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios