Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Segurança > Como usar um extintor

Como usar um extintor

Categoria: Segurança
Visitas: 24
Comentários: 4
Como usar um extintor

Quando entramos num escritório, numa fabrica, numa oficina ou em qualquer outro local é possível ver-mos extintores pendurados na paredes, o certo é que a maioria das pessoas não sabe como os usar. A correcta manipulação de um extintor pode ajudar a salvar a vida de pessoas, apagar ou controlar o incêndio até os bombeiros chegarem ao local.
É sempre útil termos termos um extintor por perto e saber como é que este funciona.

Os extintores devem ser colocados em zonas com bastante visibilidade, de pouco calor e de difícil acesso para as crianças. A manutenção destes também não deve ser descurada, a carga deve ser renovada regularmente conforme as instruções do fabricante.

Existem vários classes de incêndios no que respeita a natureza do fogo, e para cada um deles existe um extintor próprio. Nos incêndios de classe A ( madeira, papel, tecido borracha) deve ser utilizado um extintor à base de água ou espuma; nos incêndios de classe B (líquidos inflamáveis) deve ser utilizando um extintor com carga de pó químico ou gás carbónico; nos incêndios de classe C (equipamentos eléctricos) deve usar um extintor com carga de pó químico ou gás carbónico.)


Desta forma caso tenha alguma vez venha a ter a necessidade de usar um extintor, deve em primeiro lugar identificar a origem do fogo para poder escolher o extintor que deve utilizar.

Modo de utilização

O primeiro passo a realizar é retirar a cavilha de segurança e accionar o extintor. Não se aproxime de imediato do foco do incêndio, deve fazê-lo progressivamente e cautelosamente.

Varra toda a superfície que está a arder dirigindo o jacto para a base das chamas e nunca para o topo.

Disperse o jacto lentamente por toda a superfície.

Se o incêndio tiver sido causado por um combustível liquido, não deve fazer muita pressão ou pulverizar com muita força na superfície pois o mesmo pode alastrar.

Deve estar colocado e projectar o jacto sempre no sentido do vento de forma a reduzir a probabilidade de sofrer queimadoras e de inalar fumo.

Por último deve confirmar sempre se o incêndio não voltará a reacender.


Rua Direita

Título: Como usar um extintor

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 24

807 

Imagem por: twicepix

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • SophiaSophia

    28-05-2014 às 06:06:54

    Apesar de muita gente não dar importância, mas um dia precisaremos usá-lo! Quão bom é sabermos como manusear o extintor. Grata pelas informações úteis e benéficas.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • EDSON JORGE LIMAEDSON JORGE LIMA

    31-03-2011 às 17:54:17

    gostaria que me enviassem umas imagens como utilizar um extintor porque começei a ter higiene e segurança no trabalho

    ¬ Responder
  • Francisco Silva

    30-07-2012 às 14:42:44

    Bom dia sou técnico em segurança do trabalho, tenho uma consultoria, precisando estamos a disposição, lembrando que não basta saber sobre o assunto, é necessário uma série de documentos que a legislação obriga, principalmente as seguradoras em caso de incêndio, fique atento pois poderá não contar com o valor do seguro em caso de incêndio.
    [email protected]

    ¬ Responder
  • DÉBORA MARIA DA SILVADÉBORA MARIA DA SILVA

    19-01-2011 às 18:03:10

    boa tarde gostaria que me enviasse umns videos de treinamento com extintores será que seria possivel, estou começando agora a trabalhar como técnica de segurança, aguardo retorno.
    OBRIGADA....

    ¬ Responder

Comentários - Como usar um extintor

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como economizar energia em condomínios, empresas e edificações comerciais

Ler próximo texto...

Tema: Energias Renováveis
Como economizar energia em condomínios, empresas e edificações comerciais\"Rua
Economizar energia elétrica é importante para nós e para o planeta, já que esse recurso é produzido, em sua grande maioria, através de processos caros e extremamente prejudiciais ao meio ambiente.

O consumo racional e eficiente de energia elétrica depende de mudanças de hábito por parte dos consumidores (residenciais, comerciais e industriais), principalmente no que diz respeito a ações cotidianas.

Nesse texto selecionamos algumas dicas e informações de grande utilidade pra ajudá-los a programar o uso racional da energia elétrica em condomínios, empresas e em edificações comerciais.

Tome nota:

•Faça manutenção planejada e constante nas instalações elétricas, e não sobrecarregue os circuitos além do que foi especificado em projeto, ou pelo eletricista. A falta de manutenção e a sobrecarga dos circuitos podem causar curtos, aquecer a fiação e permitir que quantidade significativa de energia elétrica se perca pela rede, e ainda danifique a própria fiação.

•Troque todas as lâmpadas incandescentes por fluorescentes (tubulares ou compactas), e, se possível, invista na iluminação de LED. As lâmpadas de LED consomem cerca de 80% menos de energia elétrica, quando comparadas às incandescentes e duram oito vezes mais.

•Se o ambiente é muito grande, muito largo, ou muito extenso, divida a iluminação em vários circuitos. Essa medida permite o desligamento parcial de lâmpadas em desuso ou desnecessárias.

•Em áreas de pouca circulação e de permanência transitória como corredores, sanitários, garagens, áreas de serviço e copas, é recomendável a instalação de sensores de presença, mecanismos que acionam a iluminação somente quando houver circulação de pessoas.

•Em áreas cuja iluminação natural consegue ser aproveitada, podem ser também instalados sensores de fotocélulas, dispositivos que detectam automaticamente a necessidade de acionamento da iluminação artificial quando a iluminação natural é insuficiente (á noite e em dias nublados, por exemplo).

•Mantenha as luminárias sempre limpas para que a potência das lâmpadas seja 100% aproveitada.

•Pinte as paredes internas e os tetos dos ambientes com cores claras, pois essas refletem e espalham a luz para todo o ambiente.

•Troque equipamentos elétricos velhos, motores defasados, aparelhos de ar condicionados antigos, luminárias muito gastas, por modelos mais novos, que já são projetados para consumirem menos energia elétrica, e contam com selos de garantia que os qualificam com relação à eficiência.

•Faça manutenção e limpeza constantes nos aparelhos de ar condicionado. Filtros sujos exigem maior esforço dos aparelhos (maior gasto energético) no processo de refrigeração e ainda causam grande risco à saúde.

•Não deixe caixas condensadoras e resfriadoras do sistema de ar condicionados instaladas em locais onde recebam incidência solar constante. Quando recebem sol durante muito tempo esses equipamentos chegam a consumir o dobro da energia prevista, já que a utilizam primeiramente para promover o seu próprio resfriamento e só depois a refrigeração dos ambientes.

Aproveitem nossas dicas e se precisarem de mais informações, entrem em contato com um profissional capacitado.

Pesquisar mais textos:

Danília Oliveira Gonçalves

Título:Como economizar energia em condomínios, empresas e edificações comerciais

Autor:Danília Oliveira Gonçalves(todos os textos)

Imagem por: twicepix

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios