Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Segurança > As fechaduras são uma questão de segurança

As fechaduras são uma questão de segurança

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Segurança
Visitas: 2
Comentários: 1
As fechaduras são uma questão de segurança

Hoje em dia não se vê uma porta que não tenha fechadura. Umas mais simples, outras mais complexas, com o intuito de travar ou, pelo menos, atrasar a ação de intrusos, o certo é que se recorre a elas como meio de (maior) segurança. Todavia, nem sempre foi assim. Antigamente, as portas eram protegidas apenas por trancas que, na verdade, facilitavam o arrombamento. Atualmente, para além das fechaduras, já se inventaram portas blindadas e vidros inquebráveis! Desenvolveram-se modernos sistemas de vigilância, descortinaram-se técnicas avançadas, como detetores de movimento, sensores infravermelhos e circuitos fechados de vídeo.

Especialistas do ramo têm agora condições de serenar ânimos mais inflamados pelo medo e de proporcionar, com o seu trabalho, mais calma e melhor segurança. O famoso «Quem é?» que dantes ensinavam a crianças a dizer antes de abrir a porta, no sentido de confirmar a familiaridade da voz que respondesse, foi substituído pelo óculo, que permite visualizar a pretensa visita.

Uma prevenção adequada de determinados imprevistos pode ter início na análise dos pontos mais desprotegidos da casa. Um bom teste para avaliar possíveis entradas para os ladrões (menos óbvias do que a porta e as janelas, naturalmente) consiste em avaliar por onde entraria algum dos elementos do agregado familiar numa situação de perda das chaves, ainda que tal ação fosse suscetível de provocar estragos.

Não obstante o medo e a crescente atividade dos “amigos do alheio”, as fechaduras da grande maioria das portas de entrada são simples, ou seja, coadjuvam o “trabalho” destes “profissionais”. As clássicas fechaduras de canhão apresentam-se mais seguras, não sendo, contudo, inteiramente invioláveis. Ainda assim, dar uma dupla volta na chave ajuda. Sim, porque o progresso das estratégias de segurança anda a par com o de outras concebidas para conseguir entradas menos violentas e mais discretas. Nesta perspetiva, até um cartão do tipo Multibanco serve para invadir um edifício que não tenha sido fechado à chave.

Ultimamente, as fechaduras de segurança (com diversas linguetas e trancas) são as mais habituais. Para reforçar a segurança da porta principal sem ter de mudar a fechadura original, basta instalar fechaduras de segurança (ou um ferrolho), colocadas de forma a ficarem com a maior distância possível entre elas. As trancas, embora pouco estéticas, são dotadas de grande eficácia, mormente se as respetivas linguetas entrarem diretamente na parede (a porta e o umbral ficam duplamente protegidos).

Finalmente, convém que as ferragens (destinadas a proteger a fechadura e o canhão) sejam de metal maciço e exibam os rebordos cortados em bisel, aparafusados a partir do interior e sem qualquer ponto de apoio para alicates ou similares. Assegure a sua segurança!


Maria Bijóias

Título: As fechaduras são uma questão de segurança

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 2

806 

Imagem por: Ben Zvan

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    29-05-2014 às 05:57:56

    Cada fechadura tem o seu poder de segurança, mas acredito que as de ferro são as melhores.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - As fechaduras são uma questão de segurança

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Secretária em vidro

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Mobiliário
Secretária em vidro\"Rua
A maior parte das casas tem um escritório para fazer os trabalhos relativos Á profissão ou outros. È uma divisão extremamente necessária para as pessoas se recolherem a trabalhar. Por isso o escritório deve ser um local com conforto e agradável. O ambiente torna-se extremamente importante para o recolhimento necessário e a concentração que certos trabalhos exigem. Se não se tiver no local de trabalho tem de construir-se em casa.

Em todas as profissões é útil ter uma secretária para colocar um computador portátil. Livros e outros acessórios. É uma peça de mobiliário que não se dispensa de forma nenhuma. Desde sempre que foi indispensável na escola, no escritório, na empresa. A sua funcionalidade é como a do computador que praticamente não se dispensa. Para onde se vá leva-se o computador portátil a servir de complemento.

No que diz respeito à secretária ela exige um bom material e design bonito. E de facto há secretárias muito belas desde o seu modelo ao material e design. Por exemplo uma secretária em vidro fica muito bem num escritório amplo de uma vivenda ou numa empresa particular bem decorada. Pode colocar-se também num pequeno escritório de um apartamento ou numa sala especial e decorada a gosto. Há quem prefira ter uma secretária num espaço pequeno especificamente para trabalho. Deste modo concentra-se mais nele e não pensa no que tem para fazer em casa. Ou seja, dá mais prioridade ao que eventualmente tenha que fazer numa secretária. Para além de ajudar a decorar e embelezar o espaço onde se coloca dá um certo ar de charme e gramou num ambiente. Se este for decorado com objectos bonitos de decoração e uma estante para livros dá um ar mais intelectual ao ambiente. Deste modo mais propício para o recolhimento.

Não é por acaso que muita gente prefere o seu escritório para passar as horas que dispõe no seu quotidiano ou fins – de - semana. É um local propício a pensar mais nos projectos, no trabalho e nos encargos da vida. Deste modo cada divisão da casa tem uma funcionalidade diferente e um ar distinto dos restantes.

Não quer dizer que uma secretária em vidro não fique adaptada noutro local que não seja para o trabalho de estudantes ou outros, ela pode ainda adaptar-se para embelezar ou harmonizar espaços que estejam por preencher numa casa maior ou outro local. Sem dúvida que a secretária em vidro não vai deixar mal nenhum espaço onde se coloque.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Secretária em vidro

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Imagem por: Ben Zvan

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    20-04-2014 às 15:52:38

    Fantástico texto! A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios