Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Jóias Relógios > Como escolho Alianças?

Como escolho Alianças?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Jóias Relógios
Visitas: 10
Comentários: 3
Como escolho Alianças?

Usar aliança foi a forma encontrada para materializar os sentimentos do amor, da cumplicidade e dos afetos entre duas pessoas.

O seu formato redondo, sem cantos, representa a eternidade, sinal de que o amor não tem fim.

A escolha das alianças corresponde a uma das etapas mais importantes na preparação de um casamento, uma vez que simbolizam o compromisso, o amor e a união de um casal. É o anel mais especial de todos. A busca das alianças perfeitas deverá portanto, ser feita a dois.

Atualmente, o mercado disponibiliza uma enorme variedade de modelos, de materiais e de espessuras: de ouro amarelo ou branco, de platina, com brilhantes ou pedras preciosas, finas ou grossas, opacas ou brilhantes, mais clássicas ou mais modernas, estampadas ou lisas, com texturas ou gravações, as possibilidades de escolha são quase infinitas. Há alianças para todos os gostos, estilos e carteiras. Convém por isso que seja uma escolha feita com algum tempo relativamente à data do casamento.

As alianças vão ser um acessório usado todos os dias, e para o resto da vida, de valor inestimável e que muitos consideram como mais um membro do corpo. Como tal, mais do que seguir modas, deverá ter-se em conta o estilo de vida e os gostos pessoais no momento da escolha, para que não se cansem facilmente delas.

Acima de tudo, e muito importante, as alianças deverão ser confortáveis, pois não deverão impedir de fazer as tarefas do dia a dia. Deverão também ser resistentes e duráveis.

Um dos pontos importantes é se desejam que as alianças combinem com o anel de noivado da noiva.
Outro critério é se pretendem seguir uma tradição familiar ou representar alguma herança cultural, ou se apenas desejam alianças que representem o vosso compromisso.

Há noivos que gostam de levar em conta o formato das mãos no momento da escolha: alianças mais finas combinam melhor com mãos pequenas e esguias ao passo que alianças mais grossas ficam melhor em mãos maiores e mais largas.

As alianças não têm de ser necessariamente iguais. Há casais que gostam de marcar pela diferença. A aliança da noiva, por exemplo, poderá ter um brilhante e a do noivo não.

Outro ponto a levar em conta é se desejam gravar algo nas alianças a data do casamento, os vossos nomes, ou uma frase que signifique algo para ambos.

Parece realmente uma tarefa complicada. Todavia, quando os vossos olhos se cruzarem com as “vossas” alianças, os vossos corações de imediato as vão identificar.


Catarina Bandeira

Título: Como escolho Alianças?

Autor: Catarina Bandeira (todos os textos)

Visitas: 10

816 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    20-09-2014 às 13:43:38

    Um dos momentos mais incríveis na vida do casal é a escolha de uma bela e bonita aliança. Por isso, não se deve decidir nas pressas, é preciso tempo para procurar e quando encontrar, comprem logo! Uma representação de uma união eterna.

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    09-05-2014 às 15:40:24

    Uma aliança que não tem fim. Assim, o amor deve ser entre o casal que assume um compromisso no altar. Tão bom seria se apenas o uso de uma aliança confirmasse a eternidade do amor, mas ela é um simbolismo. O compromisso vem do coração.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoGuida N.

    16-03-2009 às 08:15:01

    Sim, claro alianças! Sim muitas alianças!

    Estou separada e prefiro um homem que tenha a nobreza de respeitar completamente o compromisso, do que a melhor aliança do mundo.

    Os homens e os compromissos não se dão bem.

    È pena.
    Homens!

    ¬ Responder

Comentários - Como escolho Alianças?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios