Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Jóias Relógios > O toque mágico dos rubis

O toque mágico dos rubis

Categoria: Jóias Relógios
Comentários: 2
O toque mágico dos rubis

O rubi é a pedra mais dura, depois do diamante. Sua lapidação só foi possível graças às tecnologias desenvolvidas para o entalhamento, de modo que encontrar rubis lapidados na antiguidade é algo raríssimo.

Esta pedra se forma do corundum, de onde sai também a safira. Embora irmãs gêmeas, a safira veste-se de todas as cores, com exceção do vermelho, que deve ter sido roubado pelo rubi, cor única que lhe define a pureza. Além da cor, o tamanho, o corte e a claridade dão a dimensão do seu valor. Os mais perfeitos entalhes são produzidos na Alemanha. O brilho tem a intensidade das brasas vivas, característica que certamente fez o rubi parecer mágico para seus descobridores, que lhe atribuíram poderes sobrenaturais, pois as pedras parecem abrigar um fogo eterno.

Sri Lanka foi a primeira região de que se tem registro de extrações do rubi. Em Mogok, vale situado em Burma, foram mineradas as mais preciosas gemas desta classe. São os mais valiosos por sua beleza fenomenal, com estrutura que reflete todas as luzes, e de uma fluorescência única, em exposição ao sol.

Os rubis mais preciosos são denominados Anyun e provêm de Burma. Já os da Tailândia são mais escuros, e alguns têm um tom avermelhado intenso capaz de equiparar-se aos Anyon. No Sri Lanka são claros e transparentes. Em se tratando de cor, os do Kenya e Tanzânia são capazes de rivalizar com os de Burma, embora possuam inclusões que lhes diminuem o valor.

Pedras preciosas foram usadas ao longo das eras como amuletos, e o rubi é o mais sagrado de todos eles. Seu poder se manifestava especialmente nas batalhas, fazendo dos guerreiros homens invulneráveis. Por este motivo, o amuleto era repassado para as gerações seguintes, a fim de preservar a proteção sobre os descendentes.

Apregoa-se que o rubi faz de seu portador depositário de amor e alegria divinos, que se estendem por todos os setores da vida, dando equilíbrio físico e espiritual, extirpando as limitações e aumentando a sensação de coragem.

Entre os mitos de seus poderes, está sua capacidade de livrar de infortúnios, restaurar o lado emotivo e garantir a harmonia no convívio com outras pessoas. Sua influência estende-se na saúde do corpo. Tem o poder curativo para venenos, febres e inflamações. Regenerando tecidos e facilitando a circulação sangüínea, favorece a vitalidade e a longevidade.

Você gostaria de possuir um rubi?


Hediene

Título: O toque mágico dos rubis

Autor: Hediene Hediene (todos os textos)

Visitas: 0

660 

Imagem por: MrsGooding

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    20-09-2014 às 13:49:51

    Que linda pedra preciosa é o rubi! Digna de nossa admiração e como gostaria de ter comigo essa linda joia. O rubi é destacado por sua cor forte e deslumbrante: o vermelho. Muito especial ganhar esse toque mágico de alguém que amamos! Fantástico!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    09-05-2014 às 16:08:03

    Que pedra preciosa a de rubi. É tão bom conhecer a variedade de pedras, pois cada uma traz consigo a sua beleza bem como a sua peculiaridade. O rubi realmente tem um toque mágico!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - O toque mágico dos rubis

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Imagem por: MrsGooding

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios