Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Telemóveis > Como escolher o melhor smartphone sem erros

Como escolher o melhor smartphone sem erros

Categoria: Telemóveis
Comentários: 4
Como escolher o melhor smartphone sem erros

Para o ajudar a escolher um smartphone, ficam de seguida alguns aspetos importantes a ter em conta.

Sistema Operacional

O sistema operacional é importante na hora de escolher um smartphone. Normalmente a recomendação é escolher uma plataforma familiar, para não perder tempo na aprendizagem, mas mudar de sistema operacional não é uma tarefa assim tão difícil.

Entre as opções de sistema operacional, o Android e o iOS costumam ser bastante populares. Pode comparar os dois no Online 24 e se por acaso a escolha recair em Android, espreite o nosso artigo melhores smartphones android.

como escolher um smartphone

Tamanho

Muita gente deseja o smartphone com o maior ecrã possível, mas se o seu utilizador não navegar muito na internet e assistir a pouco conteúdo em HD, não é necessário gastar tanto dinheiro a comprar um ecrã de grande resolução, o que lhe garante até uma maior duração da bateria.

Já o tamanho da bateria é de valorizar, porque geralmente quanto maior, melhor é a sua performance.

Capacidade

A capacidade de armazenamento interno e a possibilidade de expansão com cartão de memória são relevantes, com a quantidade de dados que o utilizador agrega no seu smartphone e a imensidão de aplicações existentes e disponíveis para este. A opção por uma maior memória interna é um investimento a considerar.

Utilização

Pensar na utilização que vai dar ao smartphone antes de o comprar é também essencial. Se tencionar utilizar o aparelho principalmente para digitar textos, escolher um smartphone com teclado é uma boa ideia, já que este é bastante mais prático para este fim.

Se tenciona que o smartphone seja um substituto de uma máquina fotográfica, deve pesquisar bem na internet as avaliações sobre o desempenho dessa câmara, já que comparar telefones pelo número de megapixel é insuficiente (é necessário comparar a qualidade da lente).

Se pretende um smartphone para jogar intensamente ou que sirva como um autêntico GPS, deve procurar modelos específicos e ponderar um investimento extra.

Pelo contrário, se imagina que vai ter uma utilização básica do smartphone, não necessita de comprar um aparelho com um grande processador, com vários núcleos. O ideal seria uma memória RAM de 2GB, mas um mínimo de 512 MB já permite uma boa utilização


Miguel Pereira

Título: Como escolher o melhor smartphone sem erros

Autor: Miguel Pereira (todos os textos)

Visitas: 0

603 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    29-10-2014 às 10:11:54

    O melhor smartphone é aquele que supre a necessidade de uma pessoa. Cada uma tem um gosto particular e diferente. Por exemplo, umas querem uma câmera boa, outros querem aplicativos modernos; uns querem redes sociais, outros querem apenas baixar livros e vídeos. Então, nem sempre a escolha é pelo mais atual e moderno, e sim que cumpra os desejos da pessoa.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoGui

    25-04-2014 às 11:46:30

    No final de tudo, qual o melhor smartphone de agora?

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    30-04-2014 às 21:18:07

    Atualmente, conforme a Revista Exame, os celulares melhores são Galaxy S5, da Samsung; Xperia Z2, da Sony; e Nexus 5, da LG. Todos com sistema Android.

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    17-04-2014 às 21:53:09

    Nossa, ajudou muito. A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Comentários - Como escolher o melhor smartphone sem erros

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Superstições Náuticas

Ler próximo texto...

Tema: Barcos
Superstições Náuticas\"Rua
Todos temos as nossas manias e superstições. Não que se trate de comportamentos compulsivos, mas a realidade é que mesmo para quem diz que não liga nenhuma a estas coisas, as superstições acompanham-nos.

Passar por baixo de uma escada, deixar a tesoura, uma porta de um armário ou uma gaveta aberta ou até deixar os sapatos em posição oposta ao correcto, são das superstições mais comuns. As Sextas-feiras 13 também criam alguma confusão a muita gente, mas muitos são os que já festejam e brincam com a data.

Somos assim mesmo, supersticiosos, uns mais do que outros, mas é uma essência que carregamos, mesmo que de forma inconsciente.

Existem no entanto profissões que carregam mitos mais assustadores do que outros, e por exemplos muitos actores não entram em palco sem mandar um “miminho” uns aos outros.

Caso de superstição de marinheiro é dos mais sérios e se julga que se trata só de casos vistos em filmes de piratas, desengane-se. Os marinheiros dos dias de hoje carregam superstições tão carregadas de emoção quanto os de outros tempos.

Umas mais caricatas do que outras, as superstições contam histórias e truques. Por exemplo, contra tempestades, muitos marinheiros colam uma moeda no mastro dos navios.

Tal como fazem os actores, desejar boa sorte a um marinheiro antes de embarcar, também não é boa ideia. Os miminhos dados antes de entrar em palco também servem para o efeito.

Dar um novo nome a um barco é uma péssima ideia para um marinheiro. Dizem que muitos há que não navegam em barcos rebaptizados.

Lembra-se que os piratas de outros tempos utilizavam brincos? Pois isto faz parte de uma superstição. Dizem que os brincos evitam que se afoguem.

Entrar com um pé direito na embarcação é sinal de bons ventos. Tal como acontece com muitos de nós, os marinheiros também não gostam de entrar de pé esquerdo.

Já desde remotos tempos se dia que assobiar traz tempestades. Ora aqui está um mote dos marinheiros, pelo que se assobiar numa embarcação, arrisca-se a ter chatices com o marinheiro.

Verdades ou mentiras, as superstições existem e se manter os seus próprios mitos acalma um marinheiro, então que assim seja. Venham as superstições náuticas que cá estamos para as ouvir.

Já agora uma curiosidade ainda maior. Dizem que se tocar a gola de um marinheiro passará a ter sorte. Será verdade ou foi um marinheiro que inventou?

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:Superstições Náuticas

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 06:39:27

    Não acredito em superstições de forma alguma.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios