Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > Yoga acrobático, já ouviu falar

Yoga acrobático, já ouviu falar

Categoria: Desporto
Comentários: 1
Yoga acrobático, já ouviu falar

Você já ouviu falar em acrobacia? Acho que quase ninguém, mas aqui neste texto direi o que aprendi lendo e pesquisando, procurará fazer com que você entenda o quanto este exercício é importante e o quanto você deve procurar fazer, pois ele é excelente para o seu corpo e mente.

Saiba, portanto que estes exercícios são ótimos também para as pessoas idosas e para quem tem medo de pular, saltar correr, e para quem tem dificuldade física, pois dizem os idosos que os músculos enferugarão ou mesmo porque a idade já não permite mais.

Saiba que a nossa mente é como um registro e ela registram o que você coloca na mente, e é por isso você não sabe saltar, correr e etc., mas digamos que você não sabe, ou não quer. É por isso que você deve dar o primeiro passo e tentar, para vencer essas dificuldades e medo. Ou seja, quando somos mais idosos temos medo de escorregar e cair, dificuldades de subir escada e com a acrobacia isso com certeza desaparecerão de sua vida, e esses obstáculos emocionais e traumas.

Nas aulas de acrobacia sempre são muito alegres com músicas e descontração e lá você não só aprende os movimentos como também é trabalhado a sua Reflexologia. Ou seja, trabalha movimentos associados à infância, ou seja, energia ancestral, como algo que ocorreu em sua infância (quando você era criança) um trauma de uma queda, isso ocorreu comigo própria, pois quando eu tinha 8 anos levei uma queda de bicicleta e nunca mais quis andar, e até hoje passo isso para meus filhos, não suporto velos andar de bicicleta. Trauma adquirido na infância. Isso é muito bom para ser feito nas aulas de acrobacia, você superar esse obstáculo emocional.

Muito de nós mesmo precisamos deste tratamento que a acrobacia faz, é um trabalho pessoal onde desenvolve o pessoal interior. As suas aulas não só tira os traumas como também se tornaram mais relaxantes, e há também técnicas de rejuvenescimento, é também tratado partem de seu corpo como orelhas, pés e mãos, enfim parte da yoga trabalha corpo e mente, os chineses são especialista até em curar com massagens nas mãos, pés e etc.

Finalmente podemos dizer este tipo de yoga é importante pro corpo e mente. Em suas aulas, você faz exercícios de alongamento para atingir suas energias, trazer a harmonia do corpo e da mente, visando acelerar o processo de cura. Veja o que as aulas de yoga acrobática podem faz por você e tenha mais segurança naquilo que você deseja fazer. Como você ver ela não só é para você aprender a ficar de cabeça para baixo, mas para saber trabalhar um todo de seu corpo.



Waldiney Melo

Título: Yoga acrobático, já ouviu falar

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 0

687 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    10-10-2014 às 15:37:13

    Já conhecia o termo acrobacia, só desconhecia sua existência na yoga. Acredito que a acrobacia por si já faz um bem enorme à pessoa, sem atrelar a yoga. Ela liberta dos nossos medos e mexe o corpo completamente!

    ¬ Responder

Comentários - Yoga acrobático, já ouviu falar

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios