Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > A Pirâmide Feudal

A Pirâmide Feudal

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 197
A Pirâmide Feudal

A partir do século XII começou a reconstruir-se a pirâmide feudal: senhor, no pináculo, e vassalo, na base.

A pessoa para se tornar vassalo do senhor, participava numa cerimónia, a homenagem, onde o vassalo colocava as mãos entre as mãos do senhor, e dizia o seu desejo em servir o senhor e ser vassalo deste. Depois seguia-se o juramento de fidelidade, onde o vassalo jurava fidelidade ao seu senhor. No final do juramento, o senhor e o vassalo trocavam um beijo. O senhor entregava um objeto simbólico do feudo, a investidura.

Quando se tornavam senhor e vassalo, ambos tinham obrigações recíprocas, um com o outro: a fidelidade, que consistia em não praticar o mal, nem o vassalo contra o senhor, nem ao contrário, e praticar o bem de forma ativa. O vassalo só podia levantar-se contra o seu senhor se este fizesse alguma coisa contra ele; o senhor devia assegurar o sustento do vassalo através do feudo que lhe entregou. Contudo, nalguns casos, o feudo não era uma terra para cultivo, mas um cavalo, por exemplo. O senhor também deveria proteger o seu vassalo. Este, por sua vez, devia submissão e respeito convicto ao seu senhor, prestar auxílio e conselho, caso lhe seja pedido. O vassalo deve amparar o senhor em caso de guerra ou invasões, fazer vigílias e proteger o castelo.

Em caso de dificuldades, o vassalo podia multiplicar as suas funções vassálicas para receberem várias funções. Porém, em caso de guerra havia um senhor principal a quem o vassalo devia proteção.

Quando o feudo passava para os filhos, este fragmentava-se. Então houve a necessidade de colocar o feudo nas mãos do primeiro filho varão. Se este fosse menor de 14 anos, o feudo teria que ser mantido por outra pessoas até este atingir a maioridade. No caso de haver só raparigas, o feudo passava para a filha mis velha, mas esta teria que casar com alguém que assegurasse o feudo. Também era possível vender e comprar feudos se o senhor aceitasse o novo vassalo. Em caso de compra, venda ou herança, o senhor cobrava uma taxa.

Para concluir, havia dois tipos de senhorio: fundiário, baseado na relação do camponês com a terra, e e banal, resultado da autoridade que os senhores receberam.


Daniela Vicente

Título: A Pirâmide Feudal

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 197

764 

Comentários - A Pirâmide Feudal

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios