Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Evangélicas > Além Da Obediência

Além Da Obediência

Categoria: Evangélicas
Visitas: 4
Comentários: 1
Além Da Obediência

"Além disso, o SENHOR, teu Deus, mandará entre eles vespões, até que pereçam os que ficarem e se esconderem diante de ti." (Deuteronômio 7.20)

Deus nunca amaldiçoará ninguém, pelo contrário está sempre pronto para ajudar e abençoar os que O amam e guardam a sua Palavra e a sua Justiça. O problema é a desobediência da criatura para com o Criador. Quando há obediência a Deus a bênção é alcançada, mas quando há desobediência imediatamente o diabo passa a agir na vida dos rebeldes trazendo o que chamamos de maldição. Isto é, a obediência gera a bênção e a desobediência gera a maldição.

Deus não tem culpa de haver tanta violência e destruição no mundo, na verdade tudo isto acontece pela rebeldia do homem para com Deus em crer que não precisam do agir de Deus ou de crer que Ele não pode mais fazer nada. Deus não amaldiçoa, mas também é justo para cumprir sua Palavra! Se você planta o que é mal vai colher maldição e não poderá reclamar com Deus, apenas poderá se humilhar e se arrepender desta prática.

Aliás, Deus não é mau. Como pode trazer a maldição? As pessoas dizem que Deus criou o diabo para destruir a humanidade e assim pensam que ele é maligno. Mas, isso é apenas mais uma mentira astuta de Satanás que quer impedir o entendimento do ser humano. Deus não tem culpa de o diabo agir livremente na terra, a culpa foi do homem que pecou contra Deus desobedecendo sua Palavra e ordem trazendo assim a liberdade do império das trevas. O diabo não tem poder algum, pois é um espírito derrotado e nós? Fomos criados a Semelhança do Deus Altíssimo!

Entende agora o porquê que o diabo faz de tudo para destruir a raça humana? Ele queria isso! Mas, como não pode ter este poder e que seu destino é o Inferno, ele faz de tudo para levar o máximo de almas possíveis junto com ele.

Deus outorgou a Sua Palavra e quem obedecesse seria abençoado e quem desobedecesse estaria impedindo a entrada de Deus em sua vida. Nesta passagem acima vemos que o SENHOR mandaria vespões naqueles que ficarem, isto é, aqueles que não obedecerem, aqueles que vivem longe da Palavra de Deus, aqueles que buscam viver uma vida baseada em seus próprios conceitos.

Deus decretou este mandamento e quem obedecer será livre da praga dos vespões. Aqui nesta passagem os vespões simbolizam a maldição, isto é, que quem desobedecer a vontade de Deus estaria vulnerável ao ataque de vespões que são demônios enviados por Satanás para fazer perecer os que são infiéis e rebeldes como eles.

Pensa que acabou? Não! Há também aqueles que preferem se esconder de Deus ou tentar se esconder, porque de Deus nada podemos ocultar. Essas pessoas vivem pecando e errando sem ao menos se arrependerem e quando se arrependem é só uma emoção passando todo aquele alvoroço voltam a prática do mal.

Deus também enviará vespões para estas pessoas. Acreditando ou não os falsos pereceram, os rebeldes sofreram, os infiéis nada alcançaram, Deus é Justo e benigno, Ele ama a todos, mas também é Fiel para cumprir a sua Palavra doendo a quem doer. As palavras podem ser consideras antigas por ser o antigo testamento, mas tudo o que está escrito na Bíblia é real e mais cedo ou mais tarde se cumprirá. Quer arriscar desobedecer a Deus? A escolha é sua!


Natanael Genoel

Título: Além Da Obediência

Autor: Natanael Genoel (todos os textos)

Visitas: 4

568 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    29-06-2014 às 18:21:17

    Obedecer mesmo quando não se quer! Obedecer é remar contra a maré de nossas vontades. Obedecer é a maior demonstração de amor a Deus.

    ¬ Responder

Comentários - Além Da Obediência

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios