Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > As Casas Típicas de Portugal

As Casas Típicas de Portugal

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Viagens
Visitas: 120
Comentários: 1
As Casas Típicas de Portugal

Portugal é um país cheio de sabores fantásticos e muita tradição. Quem conhece Portugal consegue encontrar recantos onde o encanto se harmoniza com uma enorme sabedoria e cultura. Cada recanto de Portugal é um verdadeiro encanto e não falamos só das fantásticas praias e do sol quente de verão, da neve que a Serra da Estrela nos oferece, do Vinho do Porto nascido nas margens do Douro, dos monumentos imparáveis que Lisboa nos dá, da natureza única dos Açores ou das maravilhosas flores da nossa tão querida Madeira. Portugal dá-nos tudo e é tantas vezes objeto de falta de atenção. Com a mesma importância que o descrito anteriormente, encontramos uma arquitetura única e imparável pelo que somo reconhecidos internacionalmente. Ora vejamos.

As casas do Minho são únicas. Por norma de dois pisos onde o rés do chão é para o gado e arrumos e o 1º andar para a residência, estas casas são feitas na maior parte das vezes de xisto. Pedra sobre pedra, são unidas com barro e lama trabalhada. Os telhados são inclinados de forma a deixar escorrer a neve que cai nos frios invernos.

Este tipo de casa pode ser também encontrado na zona da Serra da Estrela.

Na zona do Porto, os monumentos imperam. No entanto e tal como em Lisboa, estas duas cidades transpiram prédios históricos e trabalhados. Forrados a azulejo muitas vezes pintado à mão, com varandins típico e portadas trabalhadas. Quando recuperados, trazem uma cultura única que só nas cidades mais cosmopolitas de Portugal se conseguem encontrar.

Bem ao estilo de cabanas de pescadores, é o que se encontra na zona de Aveiro. Com a escassez de pedra, o tijolo tem um lugar de destaque, mas as pinturas dos prédios são únicas em Portugal.

No Alentejo, as casas térreas e caiadas de branco com uma pequena lista azul ou amarela na parte de baixo, trazem-nos a vontade de gastronomias e cantares memoráveis e inconfundíveis.

O calor do Algarve oferece-nos também casas brancas e terraços (onde a água das chuvas é aproveitada), numa arquitetura com influência Árabe.

Rumando à Madeira, as casas são ainda mais únicas. Conhecidas internacionalmente são feitas de madeira e colmo. Com uma arquitetura sem igual, estas casas são um verdadeiro V invertido e o seu telhado de palha é incomparável.

Nos Açores a arquitetura confunde-se com a imparável natureza. De tijolo e telha, as casas dos Açores traduzem-se numa extraordinária harmonia entre o homem e a natureza.

Venha descobrir Portugal. Somos fantásticos de conhecer.


Carla Horta

Título: As Casas Típicas de Portugal

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 120

772 

Imagem por: FreeCat

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    13-06-2014 às 17:30:49

    O melhor de Portugal é que em cada canto é possível encantar-se com toda sua beleza! Aprecio muito os seus monumentos, a sua educação, o vinho, a beleza natural, enfim, Portugal tem muito o que explorar!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - As Casas Típicas de Portugal

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: FreeCat

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios