Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Serviços Construção > Vai construir Casa? Como poupar no orçamento

Vai construir Casa? Como poupar no orçamento

Visitas: 24
Comentários: 6
Vai construir Casa? Como poupar no orçamento

Sem dúvida que é bastante mais cómodo e fácil comprar uma casa já construída e pronta a habitar. A única preocupação será, supostamente, mobilar a mesma. Mas a esta, acresce uma outra: a da prestação mensal que terá de pagar à entidade bancária com quem contraiu empréstimo que representará, durante muito tempo, um encargo ao qual não se poderá furtar. Existe, contudo, uma alternativa realmente competitiva e que é a construção da sua própria casa.

Para o fazer e para conseguir uma construção o mais económica possível, deverá, em primeiro lugar, procurar o terreno ideal para a construção da moradia: geologicamente, o solo deverá ser estável e, em termos topográficos, deverá apresentar-se plano – isto para evitar gastar muito dinheiro com escavações e fundações faraónicas. Deverá também ter em conta que o IMT é apenas aplicado sobre o terreno e não sobre o edifício a construir, o que também lhe permite poupar algumas centenas de euros.

Não se esqueça ainda que o dinheiro proveniente do crédito bancário que tiver de contrair para a construção da sua casa chegará às suas mãos em tranches, o que significa que a sua obra avançará por fases. Estas fases serão vistoriadas por um perito do banco e o segredo é reduzir ao máximo essas mesmas vistorias – já que cada uma delas é paga por si.

Lembre-se também do facto de que o empréstimo só começará a ser liquidado após a conclusão da atribuição das tranches, pelo que convém acelerar a obra, de forma a poder beneficiar de juros mais baixos. E, claro, no momento de fazer as simulações de empréstimos, recorra a diferentes instituições bancárias e mesmo a diferentes balcões da mesma instituição – há relatos de diferenças consideráveis de região para região – de modo a otimizar o seu crédito. Nestas situações, negoceie os spreads de forma enérgica e firme, já que este gesto permitir-lhe-á poupar dezenas de euros todos os meses, muitas vezes, toda a vida.

Passada a fase inicial, procure um empreiteiro ou construtor da sua confiança e dê início à obra. Saiba que não deverá poupar, de forma alguma, nas fundações e alicerces da sua casa – por motivos óbvios –, mas que poderá fazê-lo na fase dos acabamentos – fase que corresponde, muitas vezes, à maior «fatia do bolo».

Opte por materiais e eletrodomésticos mais simples, mas igualmente funcionais e duradouros e verá que o conforto será o mesmo. Deverá, ainda, concentrar as tubagens da cozinha e casa-de-banho num só local e preferir uma casa com um desenho simples para poupar na construção do telhado.

Se seguir estes conselhos, terá, muito provavelmente, a casa (e a prestação) dos seus sonhos.


Isabel Rodrigues

Título: Vai construir Casa? Como poupar no orçamento

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 24

786 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 6 )    recentes

  • Telmo

    05-10-2015 às 17:36:42

    boa tarde se possivel gostaria de saber mais ou menos uma casa terrea com 160 metros quadrados em quanto pode ficar?

    ¬ Responder
  • Vicente SilvaVicente

    22-09-2014 às 14:03:04

    Creio que é o melhor investimento a construção de sua própria casa. Porém, o trabalho e a dor de cabeça é imensa! Além dos gastos com os materiais ainda tem a mão de obra que está cada vez mais cara. O lado bom é que se pode projetar do jeito que a pessoa deseja, do modo como quer! É um sonho realizável, sem dúvida!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    01-06-2014 às 03:41:17

    Ao construir a casa deve-se ter em mente o calor dos custos, pois a cada dia a mão de obra e os materiais são bem mais caros. A pesquisa é essencial para poupar uma grana.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Daniel M. Daliga

    20-11-2012 às 19:20:46

    Comprei um terreno de 3mm de comprimento e 2500 de largura, e quanto que eu posso gastar neste terreno.

    ¬ Responder
  • gilson borges da silva

    28-10-2012 às 11:37:53

    quanto eu gasto par fazer uma casa de 70 metro quadrado toda pranta com material e mao de obra

    ¬ Responder
  • Adenilson Batista dos Santos

    28-07-2012 às 09:03:52

    eu quero construir uma casa de oito metros de conprimentos por seis e meio de largura tem como madar um orsamento...

    ¬ Responder

Comentários - Vai construir Casa? Como poupar no orçamento

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios