Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > O seu portátil como no primeiro dia!

O seu portátil como no primeiro dia!

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
O seu portátil como no primeiro dia!

Depois de usar o seu portátil por um longo período de tempo, o seu disco rígido pode tornar-se uma aborrecida e gigantesca prateleira com arquivos que já não quer ou mesmo ter-se infetado com programas maliciosos ou vírus baixados da Internet.

Se não quer ir pelas pastas do seu portátil e excluir manualmente cada arquivo desnecessário, pode restaurar o computador para as configurações originais de fábrica de uma só vez. O 'regresso às origens' de um portátil apaga todos os dados existentes e totalmente reinstala o sistema operacional.

Coloque o CD de recuperação do sistema operativo que veio com o computador na unidade de CD ou DVD. Reinicie o computador. Espere que o logotipo do fabricante do computador apareça no ecrã. Pressione a tecla do teclado que leva até ao menu de recuperação, que geralmente é "F2", "F8" ou "Ctrl" e "F11" pressionadas simultaneamente.

Selecione o idioma específico que você deseja que o sistema operativo use no menu no topo do ecrã. Selecione "Seguinte" .

Escolha a opção "PC Restore", "Reparar o computador" ou algo similar. Clique em "Avançar".
Selecione "Restore" e clique em "Enter" para iniciar o processo. Clique em "Restart", uma vez que o processo tenha terminado para poder iniciar o computador restaurado no seu sistema operativo original.

Dependendo da marca e modelo do seu portátil, você pode precisar de selecionar diferentes opções para restaurar o computador para as configurações originais. Verifique o manual que veio com o seu portátil para encontrar as opções de menu específicas que você precisa selecionar. Alguns fabricantes de computadores incluem um ícone no 'menu Iniciar' para restaurar o portátil para as configurações originais sem ter que usar um disco de recuperação separado. Clique duas vezes no ícone e siga as instruções na tela para iniciar o processo de restauro.

Todos os dados no disco rígido do seu portátil serão permanentemente apagados quando proceder ao restauro para as configurações originais. Antes de iniciar o processo de restauro, pode querer guardar todos os dados de que ainda precisa num disco externo ou um dispositivo de armazenamento USB.

Concluindo, ainda que fácil, este processo exige cuidados especiais, principalmente se tiver no seu computador informação da qual não pode prescindir. Seja cuidadoso e siga todos os conselhos do fabricante na altura do restauro.


Ruben Duarte

Título: O seu portátil como no primeiro dia!

Autor: Ruben Duarte (todos os textos)

Visitas: 0

613 

Comentários - O seu portátil como no primeiro dia!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios