Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Use o power point de uma forma fácil

Use o power point de uma forma fácil

Categoria: Informática
Comentários: 1
Use o power point de uma forma fácil

O powerpoint é um programa muito utilizado para criar apresentações em slides. É uma ferramenta de fácil manuseio, ambientada no sistema windows, isto é, com o uso de janelas que facilitam a sua aplicação. No aplicativo há modelos previamente estabelecidos que podem ser utilizados ou há a possibilidade de criação de arquivos personalizados, inserindo imagens e textos de acordo com a necessidade do trabalho, nas cores e formatos desejados. Esse programa é amplamente usado na educação, em empresas, no ambiente acadêmico e em diversas instituições, pois é através deste recurso que trabalhos, palestras e estudos são apresentados.

Algumas dicas para a eficácia de sua utilização são pertinentes. Sempre ao realizar um trabalho é fundamental ir salvando-o para que não se perca o que já foi elaborado. Para isso basta ir no menu arquivo da barra principal e utilizar “salvar como...” nomeando o arquivo de forma clara para que seja facilmente encontrado. Ao abrir o programa, uma janela com o primeiro slide a ser criado já fica disponível para atuação. Nela há dois espaços. Um para o título do trabalho e outro para o subtítulo. Caso não seja necessário um subtítulo, basta clicar com o mouse nas laterais do quadro e deletar. Restando apenas um espaço para inserir texto, a criação fica livre. Ao lado do slide que está sendo criado há a possibilidade de inserção de organogramas, tabelas, vídeos, imagens ou gráficos. Há também nesta janela lateral, slides já formatados que caso o trabalho peça, já podem ser inseridos no slide em uso apenas clicando em cima do formato desejado. Caso não seja o mais adequado basta deletar, clicando em cima do Layout escolhido anteriormente. Para avançar basta ir na barra principal clicar em “inserir” e “novo slide”.

À esquerda ficam os slides já elaborados que podem ser removidos ou modificados à critério do elaborador. Basta clicar em cima do slide desejado e fazer as modificações. Os fundos podem ser alterados com cores ou imagens. Podem ser inseridas animações de entrada e saída das informações e/ou imagens. Elas podem ser encontradas na barra de ferramentas principal em “apresentações” e “esquemas de animação” ou em “apresentações” e “personalizar animação”. Na lateral direita aparecerá todas as inserções de animação feitas que podem a qualquer momento serem removidas ou substituídas. O tempo de entrada e saída de cada recurso utilizado como uma imagem, por exemplo, pode ser delimitado e controlado. Em “apresentações” e “apresentação de slides” na barra principal é possível ver o trabalho em forma de slide para verificar os efeitos e a criação. Para voltar basta clicar na tecla ESC, botão à esquerda, na parte superior do teclado.

No trabalho pode ser adicionado também cabeçalho e rodapé, se for necessário. Pode-se ainda incluir data e hora, caixa de texto, filmes e sons. Todos esses recursos podem ser encontrados em “inserir” na barra de ferramentas principal. Em “formatar” na barra de ferramentas é possível mudar a fonte e o design do slide. Já em “ferramentas” é possível corrigir a ortografia, pesquisar ou personalizar a barra de ferramentas. Em “apresentações” também é possível fazer a transição de slides e configurar a apresentação.

Enfim as possibilidades desse programa são inúmeras. É um recurso de fácil aplicação. As ferramentas são diversificadas e a dica para uma melhor prática é o uso contínuo e a realização de testes e experiências, pois cada botão da barra de ferramentas ou das janelas abertas traz um amplo leque de oportunidades de melhorar a apresentação do trabalho.


Rosana Fernandes

Título: Use o power point de uma forma fácil

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 0

794 

Imagem por: fredcamino

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • André BelacorçaAndré Belacorça

    09-10-2012 às 13:55:40

    o PowerPoint é um programa muito usado pelos usuários do computadores, este programa consiste em fazer trabalhos, para melhorar os trabalhos feitos pelos vários tipos de pessoas, desde alunos a professores, engenheiros a doutores, é usado praticamente por muita gente que usa o computador como forma de trabalho, e é facilmente manuseado, de fácil entender.

    ¬ Responder

Comentários - Use o power point de uma forma fácil

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: fredcamino

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios