Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Saiba por que a fonte de sua CPU deve ser valorizada

Saiba por que a fonte de sua CPU deve ser valorizada

Categoria: Informática
Visitas: 6
Saiba por que a fonte de sua CPU deve ser valorizada

Muitos usuários, quando vão comprar seu computador pensam direto em processadores, memórias RAM e HDs potentes, e acabam se esquecendo do componente que irá fornecer energia para todos esses e outros periféricos: A fonte. Para quem não sabe a real colocação da fonte, aqui vai à explicação: A fonte tem a função de receber à corrente alternada da rede elétrica e transformá-la em corrente contínua, distribuindo-a na quantidade exata para cada periférico.

Saiba mais um pouco sobre as fontes e esclareça suas dúvidas a respeito desse periférico tão importante para as máquinas.

Fonte e sua importância
Além da função citada acima, a fonte também auxilia na refrigeração dos componentes do seu computador, colaborando para uma vida útil mais longa dos periféricos, evitando complicações. A fonte também pode ajudar a economizar na conta de luz de sua casa. Mas, infelizmente ela não é tão valorizada pelos usuários.

Como a fonte ajuda na vida útil dos periféricos?
Como a fonte fornece a tensão correta para cada hardware de seu computador e ajuda a refrigerar sua CPU, nenhum periférico sobrecarregará ou perderá sua qualidade com o passar do tempo, problemas causados pelo calor muito alto dentro do gabinete.
Porém, se sua fonte não for de qualidade ou não atender a potência exigida pela sua máquina, esses benefícios mencionados acima também serão prejudicados. Isto gerará grandes chances de estragar os periféricos de seu computador. Por isso, verifique algumas dicas sobre como comprar a fonte certa para suas necessidades.

O que é necessário saber para comprar a fonte correta?
Agora que você sabe da importância de uma fonte de qualidade, se você estiver pensando em fazer um upgrade na sua máquina ou se for comprar um computador novo, seja completo ou peça por peça, veja algumas dicas que poderão auxiliar você nessa tarefa.

Antes de tudo, é necessário que você defina para que fim o computador será utilizado:

Uso doméstico
Se for o caso de uma utilização doméstica, ou seja, acesso a internet, edição de textos, planilhas e visualização de fotos, não é necessária uma fonte de grande potência. Isso porque os componentes de um computador desse tipo não exigiram muita energia da fonte.
Um método eficaz para saber quanto de potência seu micro precisará é listar os componentes de seu computador e depois utilizar uma calculadora específica para calcular a potência. Para realizar a listagem dos componentes, os softwares PC Wizard ou o SiSoftware Sandra Lite ajudarão. E para calcular a potência, o programa Extreme Power Supply será ótimo.

Configuração Robusta
Se a sua necessidade é uma máquina para fazer edições de vídeos e imagens e jogar alguns games simples, você precisará de uma máquina mais potente. Para realizar os cálculos e a listagem utilize os softwares mencionados no tópico acima.

Vale lembrar que, em algum momento, você poderá fazer algum upgrade em seu computador. Então, é importante calcular uma margem para esse fim ao realizar o cálculo da potência. Cerca de 30% é o suficiente, por exemplo: Sua conta resultou em uma necessidade de 400W, então considere 550W para ter garantia de sucesso.

Configuração pesada
Esse tipo de computador, onde serão rodados jogos pesados e softwares que exijam muito processamento, é recomendada a utilização da calculadora PSU Watts. Nessa situação, também é importante frisar que você deve, primeiramente, decidir quais componentes irá comprar, como placa de vídeo, memória RAM, entre outros. Depois calcule a potência necessária para sua máquina.

Vale ressaltar que, a qualidade de uma fonte é determinada pelo quanto ela gasta e o quanto ela produz de energia.

Seguindo essas dicas e considerando sempre a compra de fontes originais, pois nem sempre as genéricas darão o mesmo resultado, você adquirirá a fonte certa para sua máquina.


Lucas Souza

Título: Saiba por que a fonte de sua CPU deve ser valorizada

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 6

667 

Comentários - Saiba por que a fonte de sua CPU deve ser valorizada

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios