Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Descubra qual o melhor roteador padrão 802.11n 150 megabits

Descubra qual o melhor roteador padrão 802.11n 150 megabits

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
Descubra qual o melhor roteador padrão 802.11n 150 megabits

Quando se trata de roteadores, para usuários comuns, é difícil guardar a “letrinha” que esclarece a velocidade desses aparelhos. Do menor para o maior, são: padrão 802.11b com velocidade de 11Mbps; 802,11g com velocidade de 54Mbps; e o 802.11n chegando a 300Mbps de velocidade. Porém, somente os melhores aparelhos (e mais caros) suportam tudo isso, sendo que os mais simples trabalham com 150Mbps.
Com a intenção de verificar a qualidade dos roteadores que funcionam nessa faixa, a equipe do Olhar Digital testou alguns aparelhos e deu sua posição sobre o assunto. Se você deseja comprar um aparelho que seja barato, mas que trabalhe nos padrões atuais, essa matéria poderá lhe esclarecer. Confira!

Roteadores testados
Intelbras WRN 140; D-Link DI-524; Linksys WRT120N e TPLink TL-WR740N. Todos esses aparelhos são recomendados para uso doméstico ou pequenos escritórios e trabalham no padrão 802.11n 150Mbps.

Interface
Esse item é muito importante, pois para a primeira configuração geralmente é utilizado um assistente. Mas, quando for preciso realizar alguma alteração, uma interface simples é extremamente útil. Os aparelhos que apresentaram menu’s em português do Brasil saíram na frente, ficando na dianteira o Intelbras. Em segundo o Linksys, por estar em português de Portugal. Por último, os roteadores da D-Link e TP-Link, pois além do software estar em Inglês, à instalação e configuração é um pouco complicado.

Transmissão
Se tratando de aparelhos wireless, a variação de sinal é algo que pode acontecer por diversos motivos. Por isso, a avaliação foi em cima da menor taxa e estabilidade na transmissão do sinal. Os aparelhos da TP-Link e Intelbras foram os melhores, destacando-se o primeiro. O Linksys ficou em terceiro e o D-Link em último, por apresentar muita oscilação.

Cobertura do sinal
Independente de tratar-se de uma residência pequena ou grande, esse tópico é importante. Pois quanto melhor for esse quesito, menos interferência por paredes e portas o sinal sofrerá. O aparelho que apresentou o melhor desempenho foi o Linksys, seguido pelo TP-Link e Intelbras, respetivamente. Por último, com um sinal um pouco mais modesto, veio o D-Link.

Preço
Os roteadores sem fio são equipamentos baratos, pois seus benefícios fazem valer o gasto. Dos aparelhos mais baratos para os mais caros: TP-Link, por R$100; Intelbras, por R$115; D-Link, por R$130 e o Linksys, por R$180.

Conclusão
Para decidir qual roteador se saiu melhor em todos os testes, foram considerados todos os resultados. Mas, foi dada atenção à qualidade do equipamento. Pois o preço vale a pena se o serviço prestado for de qualidade. Porém, dessa vez, o produto que obteve a melhor nota na somatória dos pontos foi o mais barato: TP-Link WL740N. A estabilidade de seu sinal assim como a cobertura foi uma das melhores entre todos os aparelhos testados, sendo o mais capaz de atender suas necessidades.

O que você achou da matéria? Tem alguma experiência com esses roteadores? Comente e discuta sobre o assunto com todos!


Lucas Souza

Título: Descubra qual o melhor roteador padrão 802.11n 150 megabits

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 0

798 

Comentários - Descubra qual o melhor roteador padrão 802.11n 150 megabits

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios