Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Conheça o Wi-Di – A Tecnologia Wireless Display

Conheça o Wi-Di – A Tecnologia Wireless Display

Categoria: Informática
Visitas: 6
Comentários: 9
Conheça o Wi-Di – A Tecnologia Wireless Display

A maioria das pessoas já está habituada a ligar o notebook na televisão. Já nos casos em que se quer assistir a filmes e vídeos em alta definição, utiliza-se o cabo HDMI. Este método comum funciona muito bem, mas conta com algumas limitações, como por exemplo, gerar aquele emaranhado de fios. Mas agora, com a chegada do Wi-Di será possível fazer a transmissão de áudio e vídeo em alta definição sem a necessidade de fios, do notebook para a TV.

O que é o Wi-Di? Ele é uma nova tecnologia que possibilita um tipo de conectividade sem fio, para transmissão de vídeo e áudio. No caso de áudio a conexão pode chegar a até 5.2. Seu funcionamento é parecido com o do conhecido Wi-Fi e seu nome quer dizer Wireless Display (em português: tela sem fios).

Esta será uma solução padrão para os novos processadores da Intel Core. E assim, será possível assistir a vídeos ou filmes do ultrabooks, diretamente na televisão e em alta definição. Além disso, o Wi-Di também possibilita o compartilhamento de outros tipos de arquivos, fotos ou páginas da internet.

Segundo explicações de Fidel Rios, engenheiro de aplicações da Intel, o Wi-Di já está presente em alguns netbooks, ultrabooks e notebooks. Mas, a empresa Intel planeja implantar a tecnologia em diversos outros tipos de aparelhos, tais como: smartphones, tablets, TVs e outros. Com a nova conexão Wi-Di é possível transmitir vídeos FULL HD, com uma resolução de até 1080 linhas.

Além disso, o Wireless Display da Intel também permite a transmissão de filmes em 3D. E para isso, nem mesmo o seu ultrabook necessita suportar tecnologia 3D, bastando apenas usar o Wi-Di para transmitir o filme para assisti-lo na TV. Entretanto, para que seja possível a utilização dessa nova tecnologia, é necessário usar um receptor externo que ficará conectado na TV.

O aparelho receptor do Wi-Di fica conectado na televisão e assim, ele recebe o sinal do ultrabook, decodifica-o e o transmite para a TV. Mas, como passar do tempo será possível fazer TVs de alta definição, home theaters, centrais multimídia e, até mesmo, outros eletrodomésticos que tenham essa função embutida, eliminando a necessidade do receptor.


Rua Direita

Título: Conheça o Wi-Di – A Tecnologia Wireless Display

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 6

766 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 9 )    recentes

  • SophiaSophia

    06-05-2014 às 20:47:34

    O Wi-Di é muito prático, super eficiente e muito bom para ter em casa. Realmente, as tecnologias têm dado ao ser humano uma vida mais confortável, rápido e com a certeza de melhorar a cada dia!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Ruben GonçalvesRuben Gonçalves

    07-10-2012 às 03:28:27

    Se pensarmos na inúmeras possibilidades que existem para as funcionalidades dos equipamentos domésticos do futuro, podemos esperar certamente uma grande variedade de soluções que nos vão facilitar a vida tornando-a mais organizada, eficaz e certamente muito mais confortável.

    ¬ Responder
  • Ruben GonçalvesRuben Gonçalves

    07-10-2012 às 03:28:17

    As funcionalidades que nos são apresentadas quando usamos equipamentos tecnológicos atuais são imensas e as ligações que podemos fazer entre eles podem certamente facilitar-nos a vida.Quando queremos mostrar uma imagem a uma pessoa no nosso telemóvel normalmente corre bem, mas se quisermos mostrar essa imagem a vinte pessoas? Basta ligar o nosso telemóvel à televisão e todos a podem ver de forma eficaz.

    ¬ Responder
  • Ruben GonçalvesRuben Gonçalves

    07-10-2012 às 03:28:04

    Inicialmente as tecnologias sem fios tinham uma baixa performance e por esse motivo, na maioria dos casos era preferível continuar a usar cabos sempre que possível. Com o passar dos anos essa realidade tem vindo a mudar. Atualmente as tecnologias sem fios conseguem ser extremamente eficientes e passou a fazer sentido deixarmos de ter tantos cabos espalhados pelas nossas casas.

    ¬ Responder
  • Ruben GonçalvesRuben Gonçalves

    07-10-2012 às 03:27:52

    A tecnologia evolui a uma velocidade assustadora. Quando antigamente tínhamos apenas uma televisão na sala, agora temos por toda a casa para além de várias televisões, leitores de DVD´s, sistemas de som, computadores e claro o nosso inseparável amigo, o telemóvel e como normalmente não vivemos sozinhos na nossa casa existem vários telemóveis.É sem dúvida alguma interessante livrarmo-nos de grande parte dos cabos que precisamos para todos estes equipamentos.

    ¬ Responder
  • Nilson EmpreendedorNilson Uemoto

    28-09-2012 às 06:36:03

    Que legal saber dessa novidade,não vejo a hora de ter essa tecnologia aqui em casa,já eliminei muitos fios aqui pois uso meu notebook através de sinal wifi com roteador, e com essa nova tecnologia será possível ligar o notebook a Tv e assistir filmes em alta definição.Ainda bem que essas novas tecnologias surgiram pois antigamente oque mais tinha no chão era um emaranhado de fios se enroscando.

    ¬ Responder
  • Daiany Nascimento

    27-09-2012 às 13:00:49

    Realmente o Wi-Di é uma nova tecnologia que possibilita um tipo de conectividade sem fio, para transmissão de vídeo e áudio. Imagine poder assistir a vídeos ou filmes do ultrabooks, diretamente na televisão e em alta definição, sem a necessidade daqueles cabos. Que muitas vezes viram um emaranhado de cabos. Além disso, o Wireless Display da Intel também permite a transmissão de filmes em 3D. Com certeza a tecnologia nos surpreende .

    ¬ Responder
  • Gabriela TorresGabriela Torres

    26-09-2012 às 03:22:55

    Sou fã de tecnologia.E preciso me informar mais sobre essa tecnologia wireless display.Provavelmente trata-se de algum tipo de sinal livre de internet só que dentro de um cd.Realmente,é uma ideia muito boa.

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    24-09-2012 às 23:42:38

    Desconhecia o Wi-Di, nem tenho sequer o hábito de ligar o notebook à televisão, por isso gostei de aprender um pouco sobre estes avanços tecnológicos com a ajuda do seu texto. Apesar de, como referi, nunca ter conectado o portátil à televisão, é com agrado que recebo tudo o que venha simplificar a utilização das tecnologias sem as quais não vivemos. Nesse sentido, é óptimo poder sincronizar o notebook à televisão de forma tão simples.

    ¬ Responder

Comentários - Conheça o Wi-Di – A Tecnologia Wireless Display

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios