Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Sites de relacionamentos: uma nova forma de interação

Sites de relacionamentos: uma nova forma de interação

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
Visitas: 2
Comentários: 1
Sites de relacionamentos: uma nova forma de interação

Com a evolução das novas tecnologias, especialmente a tecnologia da informação, e com as transformações sociais obtidas após esta era da informatização, é notável as novas formas de interação entre as pessoas. Hoje os relacionamentos não são mais aqueles construídos com apresentações pessoais, diálogos e encontros. As formas de se relacionar com o outro sofreram transformações significativas com a era da informática. Atualmente as pessoas, principalmente os jovens, se conhecem pela internet, trocam confidências, se julgam melhores amigos, namoram, sem, muitas vezes, ao menos ter se visto ou conversado pessoalmente.

É notável o progresso atingido com as novas tecnologias. A oportunidade de se relacionar com pessoas do mundo todo é muito impressionante e instigante. Na rede mundial de computadores fatores como timidez, baixa autoestima, dificuldades econômicas entre outros não são empecilhos para se fazer amigos ou algo mais. Através do computador as pessoas não precisam mostrar-se exatamente como elas são. É difícil alguém frustrar-se, pois o mundo virtual muitas vezes é um mundo fantasioso, enigmático, no qual se pode ser quem quiser, ter o que desejar e fazer algo que na realidade, mostrando-se, não se faria.

Muitas pessoas utilizam a internet como um meio para acabar com a solidão em que vivem, construindo personagens virtuais e conseguindo manter relações com as mais diferentes pessoas. Este é um mundo perigoso, pois nesses casos, há a negação da realidade e a dependência de um mundo virtual. Quando se chega a este nível, que não é saudável, é preciso muita atenção e ponderação, principalmente para as pessoas ao entorno desse dependente da tecnologia. A informática e as redes de relacionamento existem para proporcionar momentos de interação positivos e não para distanciar as pessoas das suas realidades. A tecnologia da informação é um facilitador da comunicação e é este o seu objetivo.

Atualmente as redes de relacionamento servem como forma de comunicação substituta das antigas e demoradas cartas. A comunicação é mais rápida e eficaz, quase momentânea se emissor e destinatário estão ligados na rede no momento da mensagem. Substitui também os telefonemas, em alguns casos, e amplia a relação de interação entre os amigos ou conhecidos. Há também a possibilidade de fazer novos amigos, através dos amigos dos amigos e por isso o nome rede de relacionamentos, pois há sempre a possibilidade de ampliar as relações inter-pessoais.

Daí o site de relacionamento ser tão procurado e o mais requisitado na internet. Essa virtualidade promove os mais diferentes encontros e constrói laços antes inimagináveis entre as pessoas. Além disso, os sites de relacionamento também proporcionam o reencontro de antigos conhecidos, amigos e colegas de estudos ou trabalho que, por determinados motivos, separaram-se no dia a dia, mas que virtualmente, podem retomar seus relacionamentos.

É importante destacar que a privacidade nestes sites não existe mais, pois a vida e todas as declarações que a pessoa faz estão abertas a todos os usuários da rede, tornando-se pública. O cuidado com as informações publicadas é fundamental para evitar transtornos e a má índole de algumas pessoas que utilizam a informática de uma forma negativa, clonando sites e páginas pessoais.

Quando se opta pelos sites de relacionamento, o contato físico e pessoal é perdido, mas outras formas de relacionamento são construídas. É preciso saber antes de entrar nestas redes o que se procura nelas, para não se decepcionar ou se deparar com maus usuários, prejudicando, assim, os benefícios que estes sites podem trazer.


Rosana Fernandes

Título: Sites de relacionamentos: uma nova forma de interação

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 2

785 

Imagem por: (nutmeg)

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • lucaslucas

    07-06-2010 às 12:43:07

    oi gente sou da escola pe.joao piamarta,eu tava fazendo algumas pequisas sobre este assunto entao achei essa postagem e selei todas as minhas duvidas.
    muito obrigado,
    e parabens ha pesoa que tenha postado isso
    vlw
    bjaooo

    ¬ Responder

Comentários - Sites de relacionamentos: uma nova forma de interação

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: (nutmeg)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios