Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Configurando o Windows 7 para capturar áudio de caixas de som ou fones de ouvido

Configurando o Windows 7 para capturar áudio de caixas de som ou fones de ouvido

Categoria: Informática
Configurando o Windows 7 para capturar áudio de caixas de som ou fones de ouvido

A maioria dos novos computadores e notebooks possuem em sua lista de programas padrão alguns softwares capazes de gravar o som de, por exemplo, conversas feitas via VoIP. Mas, geralmente um software que consegue registrar o áudio de vídeos ou games não acompanha o pacote de programas pré-instalados no sistema operacional. Quando essa situação ocorre, é necessário recorrer a downloads de aplicativos que consigam executar essa tarefa.
O que poucos usuários sabem é a capacidade do Windows 7 em realizar essa atividade, bastando apenas algumas configurações no Painel de Controle. Mas fique ciente de uma coisa:

Existem alguns softwares que criam um bloqueio no conteúdo de mídia dos arquivos, tornando impossível a captura do áudio do mesmo por meio desse recurso. Outro fator é o cuidado necessário com o compartilhamento do arquivo de áudio, que foi gerado a partir das capturas realizadas. Pois isso pode ser considerado pirataria resultando em grandes problemas.

Ciente disso, saiba como configurar seu Windows 7 para realizar tal proeza.

Configurações a serem realizadas

Para começar a realizar o procedimento, vá ao menu “Iniciar” e clique sobre a opção “Painel de Controle” escolhendo, a seguir, o item “Som”. Uma nova tela se abrirá e nela clique na aba “Gravação”. Nessa aba, você poderá visualizar todos os periféricos que estão conectados ao computador e habilitados para o uso, além de saber qual é o dispositivo padrão para a gravação de áudio (geralmente é o microfone, quando há um conectado ao micro).

Agora você irá mudar essa configuração para ativar a captura de áudio externo, selecionando o item “Mixagem estéreo”. Caso não esteja encontrando essa opção, clique com o botão direito na região branca dessa janela (abaixo das opções visíveis) e verifique se os itens “Mostrar Dispositivos Desabilitados” e “Mostrar Dispositivos Desconectados” estão marcados. Se não estiverem, clique sobre essas opções para ativá-los. Provavelmente, o item “Mixagem estéreo” aparecerá na lista de opções de dispositivos.

Agora você deve clicar com o botão direito do mouse em cima desse item e marcar a opção “Definir como dispositivo padrão”. Depois de feito isso de “Ok” na janela e pronto, está feito.

Coloque para reproduzir o arquivo que você quer capturar o áudio e utilize o Gravador de Som do Windows para gravar o áudio.


Lucas Souza

Título: Configurando o Windows 7 para capturar áudio de caixas de som ou fones de ouvido

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 0

766 

Comentários - Configurando o Windows 7 para capturar áudio de caixas de som ou fones de ouvido

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Superstições Náuticas

Ler próximo texto...

Tema: Barcos
Superstições Náuticas\"Rua
Todos temos as nossas manias e superstições. Não que se trate de comportamentos compulsivos, mas a realidade é que mesmo para quem diz que não liga nenhuma a estas coisas, as superstições acompanham-nos.

Passar por baixo de uma escada, deixar a tesoura, uma porta de um armário ou uma gaveta aberta ou até deixar os sapatos em posição oposta ao correcto, são das superstições mais comuns. As Sextas-feiras 13 também criam alguma confusão a muita gente, mas muitos são os que já festejam e brincam com a data.

Somos assim mesmo, supersticiosos, uns mais do que outros, mas é uma essência que carregamos, mesmo que de forma inconsciente.

Existem no entanto profissões que carregam mitos mais assustadores do que outros, e por exemplos muitos actores não entram em palco sem mandar um “miminho” uns aos outros.

Caso de superstição de marinheiro é dos mais sérios e se julga que se trata só de casos vistos em filmes de piratas, desengane-se. Os marinheiros dos dias de hoje carregam superstições tão carregadas de emoção quanto os de outros tempos.

Umas mais caricatas do que outras, as superstições contam histórias e truques. Por exemplo, contra tempestades, muitos marinheiros colam uma moeda no mastro dos navios.

Tal como fazem os actores, desejar boa sorte a um marinheiro antes de embarcar, também não é boa ideia. Os miminhos dados antes de entrar em palco também servem para o efeito.

Dar um novo nome a um barco é uma péssima ideia para um marinheiro. Dizem que muitos há que não navegam em barcos rebaptizados.

Lembra-se que os piratas de outros tempos utilizavam brincos? Pois isto faz parte de uma superstição. Dizem que os brincos evitam que se afoguem.

Entrar com um pé direito na embarcação é sinal de bons ventos. Tal como acontece com muitos de nós, os marinheiros também não gostam de entrar de pé esquerdo.

Já desde remotos tempos se dia que assobiar traz tempestades. Ora aqui está um mote dos marinheiros, pelo que se assobiar numa embarcação, arrisca-se a ter chatices com o marinheiro.

Verdades ou mentiras, as superstições existem e se manter os seus próprios mitos acalma um marinheiro, então que assim seja. Venham as superstições náuticas que cá estamos para as ouvir.

Já agora uma curiosidade ainda maior. Dizem que se tocar a gola de um marinheiro passará a ter sorte. Será verdade ou foi um marinheiro que inventou?

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:Superstições Náuticas

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 06:39:27

    Não acredito em superstições de forma alguma.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios