Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Veja como diagnosticar e resolver problemas em sua rede doméstica

Veja como diagnosticar e resolver problemas em sua rede doméstica

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
Visitas: 2
Veja como diagnosticar e resolver problemas em sua rede doméstica

Quando há uma rede domestica nas residências, várias tarefas são facilitadas.
Compartilhamento da internet banda larga, arquivos e até impressoras. Várias são as formas de tirar proveito desses benefícios. Mas, quando algum problema aparece, dores de cabeça começam a surgir. Há vários motivos que podem causar pequenas falhas e prejudicar algum dos benefícios citados acima. Pensando nisso, essa matéria foi criada, unindo em um só lugar dicas que podem ajudá-lo a solucionar esses pequenos incômodos que possam ocorrer. Confira!

Grupos de trabalho
Nos celulares e contatos de e-mail, uma maneira simples de organiza-los é a criação de grupos. Com os computadores não é diferente, sendo necessários todos os micros da rede estar em um mesmo grupo de trabalho para que “conversem” entre si. Antes de culpar algum cabo ou hardware, vale a pena verificar esse detalhe.

Para saber se essa configuração está correta, faça o seguinte procedimento: No Windows XP, acesse o “Painel de Controle”, “Sistemas” e vá à guia “Nome do Computador”. Agora, procure o campo “Grupo de trabalho” e verifique, PC por PC, se todos estão no mesmo grupo de trabalho. Caso algum não esteja, clique em “Alterar” e coloque o nome correto do grupo.
Para usuários do Windows Vista e Seven, o processo é o mesmo. O que muda é a disposição dos links para acessar as configurações.

IP
O endereço IP geralmente causa problemas quando se trata de redes. Há duas configurações para eles: endereço fixo para cada máquina, ou o roteador/modem será responsável por determinar, dentro de uma faixa específica, o IP dos dispositivos.

É necessário saber qual é o seu caso para tentar resolver o problema. Mas, como dica geral, se sua placa de rede está configurada para receber o endereço automaticamente (o roteador endereçará as máquinas), a chance de ser alguma dificuldade com o computador, pelo menos nesse aspeto, é pouca. Mas, se cada máquina tiver um endereço de IP específico, é necessário verificar se ele está correto, juntamente com a máscara de rede e o DNS.

Firewall
A firewall é o responsável por permitir quem pode ou não acessar sua máquina, ou qualquer outra máquina que esteja na rede. Bem, isso já lhe trouxe algumas idéias sobre possíveis problemas, certo? Isso mesmo, se você não configurar corretamente as permissões para cada máquina ser acessada de algum outro micro da rede, nunca será possível realizar esse procedimento.

Porém, tome cuidado ao fazer isso, pois alguma configuração incorreta pode trazer problemas. Consulte a ajuda de algum amigo que conheça bem sobre isso ou contate um profissional especializado.

Não resolveu!
“Mesmo após todas essas dicas e testes, não consigo visualizar a máquina que preciso acessar no “Grupos de trabalho”.

Acalme-se, pois ainda há esperança. O Windows demora um pouco para atualizar a lista de computadores que fazem parte de sua rede. Aguarde uns 10 minutos e depois pressione a tecla “F5” para atualizar a página do grupo de trabalho.

Se ainda sim, a máquina que você precisar acessar não apareceu, faça o seguinte: vá até ela, utilize o atalho “tecla do Windows+R” para abrir a opção “Executar” e nessa caixa de diálogo escreva “cmd”, pressionando, em seguida, “Enter”. Abrirá o prompt de comando, uma janela preta. Escreva “ipconfig” e tecle “Enter”. Esse comando mostrará para você o IP desse micro. Agora, anote esse endereço e volte para sua máquina.

Novamente, utilize o atalho “bandeira do Windows+R” para abrir a opção “Executar”. Nessa caixa de diálogo, digite dessa vez, ENDEREÇO DE IP ANOTADO e aperte “Enter”. Esse comando o levará para a máquina que você estava tentando acessar.

Se ainda está com problemas em sua rede, é o caso de verificar os cabos e os hardwares ou procurar ajuda especializada.

Se você precisou usar algum desses procedimentos, comente sua experiência e deixe suas dúvidas aqui!


Lucas Souza

Título: Veja como diagnosticar e resolver problemas em sua rede doméstica

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 2

772 

Comentários - Veja como diagnosticar e resolver problemas em sua rede doméstica

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Literatura
Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal\"Rua
Gertrude Stein foi uma escritora de peças de teatro, de peças de opera, de ficção, de biografia e de poesia, nascida nos Estados Unidos da América, e escreveu a Autobiografia de Alice B. Toklas, vestindo a pele, e ouvindo pela viva voz da sua companheira de 25 anos de vida, os relatos da historia de ambas, numa escrita acessível, apresentando situações caricatas ou indiscretas de grandes vultos da arte e da escrita da sua época. Alice B. Toklas foi também escritora, apesar de ter vivido sempre um pouco na sombra de Stein. Apesar de ambas terem crescido na Califórnia, apenas se conheceram em Paris, em 1907.


Naquela altura, Gertrude vivia há quatro anos com o seu irmão, o artista Leo Stein, no numero 27 da rue de Fleurus, num apartamento que se tinha transformado num salão de arte, recebendo exposições de arte moderna, e divulgando artistas que viriam a tornar-se muito famosos. Nestes anos iniciais em Paris, Stein estava a escrever o seu mais importante trabalho de início de carreira, Three Lives (1905).


Quando Gertrude e Alice se conheceram, a sua conexão foi imediata, e rapidamente Alice foi viver com Gertrude, tornando-se sua parceira de escrita e de vida. A casa, como se referiu atrás, tornou-se um local de reunião para escritores e artistas da vanguarda da época. Stein ajudou a lançar as carreiras de Matisse, e Picasso, entre outros, e passou a ser uma espécie de teórica de arte, aquela que descrevia os trabalhos destes artistas. No entanto, a maior parte das críticas que Stein recebia, acusavam-na de utilizar uma escrita demasiado densa e difícil, pelo que apenas em 1933, com a publicação da Autobiografia de Alice B. Toklas, é que o trabalho de Gertrude Stein se tornou de facto reconhecido e elogiado.


Alice foi o apoio de Gertrude, foi a dona de casa, a cozinheira, grande cozinheira aliás, vindo mais tarde a publicar algumas das suas receitas, e aquela que redigia e corrigia o que Gertrude lhe ditava. Assim, Toklas fundou uma pequena editora, a Plain Editions, onde publicava o trabalho de Gertrude. Aliás, é reconhecido nesta Autobiografia, que o papel de Gertrude, no casal, era o de marido, escrevendo e discutindo arte com os homens, enquanto Alice se ocupava da casa e da cozinha, e de conversar sobre chapéus e roupas com as mulheres dos artistas que visitavam a casa. Depois da morte de Gertrude, Alice continuou a promover o trabalho da sua companheira, bem como alguns trabalhos seus, de culinária, e um de memórias da vida que ambas partilharam.


Assim, este livro que inspirou o filme “Meia noite em Paris”, de Woody Allen, é um livro a não perder, já nas livrarias em Portugal, pela editora Ponto de Fuga.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios