Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > jQuery, biblioteca de javascript

jQuery, biblioteca de javascript

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
jQuery, biblioteca de javascript

Javascript é uma linguagem de programação usada essencialmente no desenvolvimento Web. O código javascript é interpretado pelo browser do utilizador de forma a dar vida a toda a interatividade, animações e funcionalidades na maioria das páginas Web no mundo inteiro.

Porque nem todos os browsers têm as mesmas capacidades, os programadores são obrigados a testar as suas aplicações em vários browsers e em vários sistemas operativos, no sentido de encontrar alternativas para resolver dificuldades criadas pelas empresas que desenvolvem esse software.

De forma a simplificar este processo, foram desenvolvidas bibliotecas de javascript, consiste num ficheiro javascript onde estão previstas as funções mais usadas no desenvolvimento de aplicações Web. Umas das bibliotecas mais usadas em todo o mundo chama-se jQuery, foi desenvolvido pela The jQuery Foundation e tem vindo a crescer ao longo dos anos. Milhares de programadores usam esta ferramenta o que significa que existem milhares de plug-ins com as mais variadas soluções para desenvolvimento e inúmeras formas na suporte na Web.

Para além de acelerar o processo de desenvolvimento permite contornar uma série de testes a nível de compatibilidades e as respetivas resoluções. Muitas outras frameworks são baseadas em jQuery. Devemos inovar e para isso é necessário não perdermos tempo com o desenvolvimento base sempre que iniciamos um projeto de forma a garantir tempo para o desenvolvimento criativo e a procurar soluções para os negócios dos clientes.

Mais recentemente foi criado o jQuery mobile, uma biblioteca para desenvolvimento de aplicações mobile, usa como base jQuery e acrescenta uma série de funcionalidades padrão para todos os terminais móveis, muitas das quais não existem em outro tipo de dispositivos.
Com a constante evolução da tecnologia estas bibliotecas como todas as outras, estão em constante atualização, no sentido de levar até aos seus utilizadores uma melhor experiência de desenvolvimento e maior rapidez na sua execução.

Paralelamente a estes projetos existem muitos outros que funcionam de forma idêntica, dependo das necessidades de cada um a escolha poderá ser difícil. Mas de facto todos concordam que jQuery está sem duvida alguma entre as melhores ferramentas de desenvolvimento javascript e na opinião de muitos é de facto a mais eficiente e versátil em todo o mundo.


Ruben Gonçalves

Título: jQuery, biblioteca de javascript

Autor: Ruben Gonçalves (todos os textos)

Visitas: 0

614 

Comentários - jQuery, biblioteca de javascript

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios