Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Como manter os dentes brancos

Como manter os dentes brancos

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Beleza
Visitas: 2
Comentários: 8
Como manter os dentes brancos

Muitas pessoas têm complexos com a cor dos seus dentes. Embora o marfim, que tantos valorizam ao ponto de assassinar o respetivo portador, apresente uma tonalidade amarelada, nos humanos exibir dentuças brancas é que é. A questão é que a exposição a alimentos, bebidas (como chá, café, refrigerantes e vinho tinto) e ao fumo do tabaco propicia o escurecimento dos dentes, conferindo à pessoa um sorriso amarelo…

No entanto, existem medidas a tomar para se evitar ou combater o obscurecimento dos dentinhos.

A higiene é o primeiro passo. Lavar os dentes, utilizando uma escova de dureza média e uma pasta dentífrica branqueadora, depois de cada refeição e antes de ir para a cama é essencial. Todavia, antes deste procedimento há outro não menos importante: passar o fio dental. Faz sentido porque, durante a escovagem, vão ser removidos os detritos retirados pelo fio. Para além disso, é necessário escovar também a boca, uma vez que certos estudos indicam que a boca e língua albergam mais bactérias do que os próprios dentes.

Paralelamente, lavar ou, pelo menos, enxaguar os dentes logo após ter consumido alimentos ou bebidas suscetíveis de os manchar diminui o tempo de contacto, o que ajuda a prevenir o amarelecimento. Mas não era má ideia usar um canudo para beber os tais líquidos ofuscantes do brilho.

Uma outra dica, que diz mais respeito a como parecer que se tem os dentes brancos do que como realmente tê-los, assenta no uso de batom refulgente azul ou cor-de-rosa, que permite a ilusão do contraste, ao invés dos tons alaranjados ou acastanhados.

O chá verde comum reduz a criação de placas bacterianas e auxilia na prevenção da formação de ácidos que levam ao desgaste dos dentes. Tal como mascar pastilha elástica nos 20 minutos subsequentes às refeições estimula a produção de saliva, que contribui para a neutralização dos ácidos formados no interior da boca, que iriam ter um efeito erosivo nos dentes.

A vitamina C, presente em alimentos naturais como a laranja e o limão, ajuda a pugnar a bactéria ocasionadora de gengivites, aportando, deste modo, mais saúde para a boca. 1000 Mg por dia é a dose recomendada para este fim. Não obstante, não se deve lavar os dentes imediatamente depois de ingerir alimentos cítricos, pois o ácido neles contidos diminui, temporariamente, a proteção natural do esmalte, ficando o dente vulnerável ao desgaste no decorrer da escovagem.

Finalmente, há que fazer visitas periódicas (duas vezes por ano) ao dentista para efetuar limpezas aos dentes e aferir acerca da necessidade de um retoque no branqueamento, sobretudo se se é grande consumidor dos “inimigos” mais declarados. Havia de ser giro o elefante estar com estes cuidados todos… O fio dental teria de ser mais uma “corda dental”!


Maria Bijóias

Título: Como manter os dentes brancos

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 2

794 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 8 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    23-06-2014 às 18:15:07

    É bem difícil manter os dentes brancos para quem adora cafés o dia inteiro...hehe

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSofia Nunes

    12-09-2012 às 16:28:23

    Excelentes dicas! Acho que o essencial para conseguir manter dentes brancos passa por seguir uma higiene oral completa (escovagem com os movimentos corretos pelo menos três vezes diárias, elixir e fio dentário uma vez por dia) e, claro, por não fumar. Afinal, de que serve fazer um dispendioso branqueamento dentário profissional se não seguirmos uma higiene oral meticulosa? É que, para além do aspecto estético, uma higiene oral adequada é importante para a boa saúde.

    ¬ Responder
  • Sarah janeSarah jane

    15-04-2011 às 18:40:43

    Quemdera se os meus dentes fozem assim!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãodaniel

    30-12-2010 às 00:25:03

    Muito obrigado pelas dicas ; )

    ¬ Responder
  • angrloangrlo

    16-12-2010 às 19:02:19

    boas dicas amei,este concelho...& ja xto a praticar & ja me sinto bem.Os meus dentes bem branquinho.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAna

    11-06-2010 às 14:32:16

    - Gostei bastante das dicas (:

    ¬ Responder
  • DaniDani

    24-02-2010 às 20:57:25

    Infelizmente os meus dentes assim, e queria muito tornar a te-los brancos.

    ¬ Responder
  • Jô MassagemCarla Marisa Mendes

    23-02-2010 às 22:42:04

    infelizmente tenho todos esses vicios principalmente a do cigarro e quero muito fazer esse tipo de protese

    ¬ Responder

Comentários - Como manter os dentes brancos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Pulp Fiction: 20 anos depois

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Arte
Pulp Fiction: 20 anos depois\"Rua
Faz hoje 20 anos que estreou um dos mais importantes ícones cinematográficos americanos.

Pulp Fiction é um marco do cinema, que atirou para a ribalta Quentin Tarantino e as suas ideias controversas (ainda poucos tinham visto o brilhante “Cães Danados”).

Repleto de referências ao cinema dos anos 70 e com uma escolha de casting excepcional, Pulp Fiction conquistou o público com um discurso incisivo (os monólogos bíblicos de Samuel L. Jackson são um exemplo disso), uma violência propositadamente mordaz e uma não linearidade na sucessão dos acontecimentos, tudo isto, associado a um ritmo alucinante.

As três narrativas principais entrelaçadas de dois assassinos, um pugilista e um casal, valeram-lhe a nomeação para sete Óscares da Academia, acabando por vencer na categoria de Melhor Argumento Original, ganhando também o Globo de Ouro para Melhor Argumento e a Palma D'Ouro do Festival de Cannes para Melhor Filme.

O elenco era composto por nomes como John Travolta, Samuel L. Jackson, Bruce Willis, Uma Thurman e (porque há um português em cada canto do mundo) Maria de Medeiros.

Para muitos a sua banda sonora continua a constar na lista das melhores de sempre, e na memória cinéfila, ficam eternamente, os passos de dança de Uma Thurman e Travolta.

As personagens pareciam ser feitas à medida de cada actor.
Para John Travolta, até então conhecido pelos musicais “Grease” e “Febre de Sábado à Noite”, dar vida a Vincent Vega foi como um renascer na sua carreira.

Uma Thurman começou por recusar o papel de Mia Wallace, mas Tarantino soube ser persuasivo e leu-lhe o guião ao telefone até ela o aceitar.

Começava ali uma parceria profissional (como é habitual de Tarantino) que voltaria ao topo do sucesso com “Kill Bill”, quase 10 anos depois.

Com um humor negro afiadíssimo, Tarantino provou em 1994 que veio para revolucionar o cinema independente americano e nasceu aí uma inspirada carreira de sucesso, que ainda hoje é politicamente incorrecta, contradizendo-se da restante indústria.

Pulp Fiction é uma obra genial. Uma obra crua e simultaneamente refrescante, que sobreviveu ao tempo e se tornou um clássico.
Pulp Fiction foi uma lição de cinema!

Curiosidade Cinéfila:
pulp fiction ou revista pulp são nomes dados a revistas feitas com papel de baixa qualidade a partir do início de 1900. Essas revistas geralmente eram dedicadas às histórias de fantasia e ficção científica e o termo “pulp fiction” foi usado para descrever histórias de qualidade menor ou absurdas.

Pesquisar mais textos:

Carla Correia

Título:Pulp Fiction: 20 anos depois

Autor:Carla Correia(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios