Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Veloster - O Menino Veloz

Veloster - O Menino Veloz

Categoria: Literatura
Visitas: 4
Veloster - O Menino Veloz

Veloster Ulsan é um menino compacto(pequeno), mas que ama ser desportivo. Sempre quando brincava com seus amigos se empenhava em vencer a corrida, pois o atletismo era o seu esporte favorito. Inspirado ficava ao ver na programação da TV grandes atletas de corrida disputando torneio no denominado "Linhas de desafio".

Um dia resolveu assistir mais de perto a corrida e impelido por essa experiência, o menino logo após a saída de sua escola, resolve frequentar o estádio onde disputavam uma rodada. Sem dinheiro para entrar pela portaria, Veloster rodeia o estádio e com sua coragem sobe até o teto do local através de uma escada.

O menino se encanta com cada partida disputada pelos atletas. O fim da tarde começa a chegar, e o jovem desce pela longa escada se deparando com três homens fortes que se chamavam Landy, Rovero e Enoque. Eles sem hesitar avançam para machucar o menino, mas ele se esquiva e como o previsto, dispara em uma velocidade incrível. Com isso, deu início a uma perseguição dos homens misteriosos.

O menino se esconde em uma oficina que estava repleta de carros e vendo que os três homens se aproximavam da oficina, ele ficava em silêncio e atemorizado. Na primeira vez, não encontram o jovem, mas na segunda tentativa, o menino tenta se apoiar em um objeto e acaba por derrubar diversas peças de carro. Eles incomodados pelo barulho caminham em direção a Veloster que estava sem reação, totalmente paralisado. Quando eles avançam para o agarrar chega um outro homem e lança uma bomba de fumaça intoxicando-os.

Este homem aproveita a distração e leva o menino, escondendo-o atrás de seu carro. Centy diz em voz baixa: - - Agora faça silêncio ou eles vão nos perceber. A densa fumaça fez eles desistirem e recuarem saindo da oficina e voltando para o ginásio. O garoto é levado para o salão da oficina e Centy, aquele que salvara Veloster, apresenta-se ao mesmo e revela quem ele realmente era.

O jovem Veloster se encantava ao saber que Centy era um grande atleta campeão, mas que estava aposentado. Veloster agradece a ele: - Sr. Centy muito obrigado pela ajuda, se não fosse a sua intervenção já estaria até morto. Confiantemente Centy responde ao menino: - Agradeça a Deus, sem Ele, eu é que não estaria aqui.

Quer saber mesmo o segredo de ser um grande vencedor na pista? Veloster imediatamente responde: - Sim senhor! Conte-me!! O sábio corredor diz: - Existem três coisas e três seres que podem nos ajudar a vencer. E isso forma a Trindade Santíssima: Deus-Pai é o que nos inspira, Deus-Filho é o que nos enche de palavra de vitória e o Deus-Espírito que nos leva diante da conquista. Quer realmente vencer na vida? Então permita com que a presença de Deus guie a sua vida.

Veloster ao ouvir tudo isso mergulha em pensamentos. E diz para si mesmo: - Agora é a minha vez de vencer, nada vai me parar!


Natanael Genoel

Título: Veloster - O Menino Veloz

Autor: Natanael Genoel (todos os textos)

Visitas: 4

603 

Comentários - Veloster - O Menino Veloz

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios