Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Saiba como desmontar seu computador

Saiba como desmontar seu computador

Categoria: Informática
Visitas: 34
Comentários: 13
Saiba como desmontar seu computador

Para você que possui algum conhecimento em informática e pretende se aprofundar no assunto ou para quem é curioso procura novidades, essa matéria irá ensinar como desmontar o gabinete de um computador e os cuidados a serem tomados. Confira!

Cuidado!
Antes de iniciar qualquer manutenção ou verificação em seu gabinete, descarregue a energia eletroestática que contém em seu corpo. Ela pode queimar os componentes de seu computador (hardwares, como memória RAM, placa de vídeo, entre outros) apenas com o toque de sua mão, pois irá descarregar toda a energia eletroestática de seu corpo no periférico. Para eliminar esse risco, basta segurar em um metal que não esteja pintado por alguns segundos, ou colocar suas mãos no chão. Esse metal precisa possuir aterramento.

Evite também usar blusas de lã em lugares que possua carpete ou em contato com mesas de plástico. Isso pode gerar energia eletrostática.




PCI e AGP: Como retirar
Dando início à desmontagem do micro com ele desligado, obviamente, desligue também na parte de atrás da máquina a chave da fonte. Abra o gabinete e retire as placas de vídeo e de modem. Utilizando uma chave Philips, pelo lado de fora da CPU (atrás), desparafuse a proteção das placas PCI, AGP ou PCI-Express.

Agora, para tirar a placa do computador, desparafuse a parte metálica do gabinete e com bastante cuidado segure essa parte da placa e retire ela de dentro do computador. Repita esse procedimento para outras placas do mesmo tipo, se você tiver. As placas do tipo AGP e PCI-Express possuem uma trava para desativar antes de retirar a placa do slot. Destrave mecanismo antes de tentar tirar a placa.

Retirando a fonte
Para tirar a fonte do gabinete, primeiramente é preciso desconectar seus cabos que estão alimentando a placa mãe. O conector desses cabos possui uma trava de segurança, sendo necessário pressioná-la e depois puxar o conector.
Agora, você deve desconectar os outros cabos da fonte que estão alimentando outros hardwares da placa. O mesmo procedimento para a placa-mãe deve ser realizado para os demais.
Para remover por completo a fonte, basta você retirar os parafusos que a prende no gabinete.

Cabos IDE: Desconectando
Os cabos IDE tornam possível o reconhecimento dos hardwares pelo sistema operacional. Você precisará retirá-los tanto da placa-mão quanto dos hardwares, mas é bastante simples. Puxe sempre pelo conector e tudo ocorrerá bem.
Para retirar o HD e os drivers de CD/DVD e disquete, basta tirar os parafusos que estão ao lado dos dispositivos.

Memórias
O processo para retirar as memórias é bastante simples. Procure por duas travas que estão na parte lateral dos slots da memória. Assim que encontrá-las, pressione ao mesmo tempo as duas travas no sentido vertical para baixo, até a memória desencaixar. Agora, com muito cuidado, pegue o pente de memória pelas bordas sem tocar nos contatos metálicos, pois isso pode gerar problemas.

Cooler e processador
Na hora de retirar o cooler, geralmente o dissipador vem junto. Basta destravar o cooler e retirá-lo, bem simples. Não se esqueça de desconectar o cabo de energia ligado na placa-mãe.
O processador é mais simples ainda: mude a posição da trava e levante-a para cima. Retire o processador com muito cuidado e pegando ele pelas bordas, sempre.

Placa-mãe
Para retirar a placa-mãe, será necessário utilizar uma chave Philips e tirar cerca de 6 parafusos. Ao levantar a placa, terá alguns cabos conectados a ela. Marque a posição deles e retire-os com cuidado. Esses cabos são responsável pelos botões POWER, RESET e alto-falante. Agora pegue a placa pelas bordas e retire ela do gabinete.

Para auxiliar nos detalhes desse procedimento, no corpo da matéria há um vídeo feito pela equipe do site Baixaki.


Lucas Souza

Título: Saiba como desmontar seu computador

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 34

793 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 13 )    recentes

  • SophiaSophia

    06-05-2014 às 20:27:06

    Saber desmontar e voltar a ficar do jeito que estava é um desafio. É bom identificar os fios para não haver dúvida quanto ao lugar de origem.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Carla HortaCarla Horta

    07-10-2012 às 23:10:04

    Ora cá está um tema interessante mas que eu nunca experimentaria. Na óptica de utilizadora, consigo fazer tudo em qualquer programa (mesmo não o conhecendo, experimento e consigo trabalhar sem problemas), mas desmontar um computador seria uma aventura com um resultado previsível - O estrago!!!

    ¬ Responder
  • Teresa Maria Batista GilTeresa Maria Batista Gil

    03-10-2012 às 14:08:38

    O leitor já alguma vez desmontou o seu computador e conseguiu juntar as peças e montar novamente?.Se sim é um felizardo, pois este é um trabalho que exige alguns conhecimentos e além disso é muito municioso.Há quem os abra por pensar que é um trabalho fácil, depois têm que ir a um técnico de infirmática para o montar novamente.

    ¬ Responder
  • Cristina SousaCristina Sousa

    02-10-2012 às 21:28:05

    Quando o meu computador avaria, o melhor é leva-lo a uma loja de reparação, pois não tenho formação para diagnosticar um problema no hardware, e até, caso seja necessário, desmonta-lo. Pois, se o problema é em algum componente físico, este terá que ser reparado ou substituído.

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    01-10-2012 às 23:17:38

    Dependemos a cada dia dessa máquina tão útil e poderosa. Nos auxilia diariamente tanto seja no trabalho como na faculdade, ela é de suma importância. Temos que saber de alguns cuidados para que funcione bem, não ocorra aqueles probleminhas indesejáveis que tanto nos deixa de cabelo em pé. Essa sugestões podem ser aplicados por nós mesmos, visto que fica complicado sempre depender dos técnicos. Muito bom seu texto, de grande importância e utilidade para nós.

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    01-10-2012 às 23:16:09

    O computador teve um avanço enorme em todos os seus aspectos. Saber utilizá-lo se tornou uma prioridade de muitos, visto que o mundo exige que tenhamos habilidade para lidar com ele. Num mundo globalizado onde tudo é feito através dessa grande ferramenta de uso, temos que saber um pouco de tudo, enclusive como montá-la e desmontá-la. Todas essas instruções são de grande valia para nós, pois não podemos depender de técnico na hora de apuros.

    ¬ Responder
  • Daiany Nascimento

    01-10-2012 às 17:03:57

    Olá Lucas Souza, gosto bastante de seu textos de informática, nos fornecem dicas muito úteis e com certeza podem ajudar muitas pessoas, que muitas vezes tem dificuldades de fazer algum tipos de configuração em seu computador, a fazer tarefas que antes pareciam bem mais difíceis. Gostei dessa matéria, ensinando como desmontar o computador, você ensinou de uma maneira bem simples e objetiva. Mas, aconselho a todas as pessoas que forem realizar este procedimento, muita atenção.

    ¬ Responder
  • Teresa Maria Batista GilTeresa Maria Batista Gil

    01-10-2012 às 09:56:12

    O leitor é daquelas pessoas que desmonta o computadoer e depois não consegue colocálo a trabalhar?Nesse caso o melhor é não lhe mexer e contratar um técnico de informática.A questão é que lidar com computadores não é tão fácil como isso, devido aos seus inúmeros fios e delicadeza das ligações.

    ¬ Responder
  • Nilson EmpreendedorNilson Uemoto

    28-09-2012 às 17:11:59

    Existem muitas pessoas que ganham seu sustento trabalhando com manutenção de computadores.Alguns ganham muito bem com essa profissão,mas como tudo na vida é preciso conhecimento e especialização.As várias dicas passadas no texto servem como uma valiosa informação para quem pretende iniciar nesse ramo ou mesmo quer fazer uma limpeza interna em seu computador e não sabe como proceder corretamente.é preciso todo cuidado para não danificar os componentes internos do computador

    ¬ Responder
  • Teresa Maria Batista GilTeresa Maria Batista Gil

    26-09-2012 às 13:59:08

    Olá, Lucas Souza, as suas dicas de como desmontar o computador são muito importantes. Mas, confesso que mesmo assim é uma tarefa apenas adequada a quem possui conhecimentos informáticos.Como estamos perante uma caixa cheis de fios elétricos todo o cuidado é pouco.Posso dizer que é um trabalho para técnicos de informática e não para leigos, que ás vezes abrem o Pc e não conseguem pô-lo a funcionar.

    ¬ Responder
  • André BelacorçaAndré Belacorça

    25-09-2012 às 14:33:57

    À quem desmonte o computador e não sabe montá-lo de novo, por isso muito cuidado, um computador não é um carrinho de brincar, à que ter muito cuidado, saber desmontar, mas também saber montar, e sempre com cuidado.

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    22-09-2012 às 21:41:16

    Percebo pelo seu texto que tem muito bons conhecimentos de informática, o que certamente será útil na altura de resolver problemas de complexidade baixa ou mesmo média. Pessoalmente, penso que, para além de não o conseguir desmontar correctamente, iria destruir o meu computador se tentasse levar a cabo tal empreendimento. São dicas muito boas, no entanto, para quem tem um computador usado no qual possa praticar antes de se aventurar com um aparelho completamente operacional.

    ¬ Responder
  • Daniela VicenteDaniela Vicente

    22-09-2012 às 21:12:40

    para desmontar um computador é preciso muita paciência e concentração. a organização está no topo. deve anotar o quê liga ao quê. a que botão corresponde tal buraco, etc. hoje em dia já não compensa desmontar um computador. qual a necessidade? há óptimas lojas que arranjam o seu computador a um preço acessível. o mais importante é criar amizade com o senhor da loja, vai ver que se torna mais aberto aos seus pedidos.

    ¬ Responder

Comentários - Saiba como desmontar seu computador

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A história da fotografia

Ler próximo texto...

Tema: Fotografia
A história da fotografia\"Rua
A história e princípios básicos da fotografia e da câmara fotográfica remontam à Grécia Antiga, quando Aristóteles verificou que os raios de luz solar e com o uso de substâncias químicas, ao atravessarem um pequeno orifício, projetavam na parede de um quarto escuro a imagem do exterior. Este método recebeu o nome de câmara escura.

A primeira fotografia reconhecida foi uma imagem produzida em 1826 por Niepce. Esta fotografia foi feita com uma câmara e assente numa placa de estanho coberta com um derivado de petróleo, tendo estado exposta à luz solar por oito horas, esta encontra-se ainda hoje preservada.

Niepce e Louis –Jacques Mandé Daguerre inciaram em 1829 as suas pesquisas, sendo que dez anos depois foi oficializado o processo fotográfico o nome de daguerreótipo. Este processo consistia na utilização de duas placas, uma dourada e outra prateada, que uma vez expostas a vapores de iodo, formando uma pelicula de iodeto de prata sobre a mesma, ai era a luz que entrava na camara escura e o calor gerado pela luz que gravava a imagem/fotografia na placa, sendo usado vapor de mercúrio para fazer a revelação da imagem. Foi graças á investigação realizada por Friedrich Voigtlander e John F. Goddard em 1840, que os tempos de exposição e revelação foram encurtados.




Podemos dizer que o grande passo (não descurando muitas outras mentes brilhantes) foi dado por Richard Leach Maddox, que em 1871 fabricou as primeiras placas secas com gelatina, substituindo o colódio. Três anos depois, as emulsões começaram a ser lavadas com água corrente para eliminar resíduos.

A fotografia digital


Com o boom das novas tecnologias e com a capacidade de converter quase tudo que era analógico em digital, sendo a fotografia uma dessas mesmas áreas, podemos ver no início dos anos 90, um rápido crescimento de um novo mercado, a fotografia digital. Esta é o ideal para as mais diversas áreas do nosso dia a dia, seja a nível profissional ou pessoal.

As máquinas tornaram-se mais pequenas, mais leves e mais práticas, ideais para quem não teve formação na área e que não tem tempo para realizar a revelação de um rolo fotográfico, sem necessidade de impressão. Os melhores momentos da nossa vida podem agora ser partilhados rapidamente com os nossos amigos e familiares rapidamente usando a internet e sites sociais como o Facebook e o Twitter .

A primeira câmara digital começou a ser comercializada em 1990, pela Kodak. Num instante dominou o mercado e hoje tornou-se produto de consumo, substituindo quase por completo as tradicionais máquinas fotográficas.

Sendo que presentemente com o aparecimento do FullHD, já consegue comprar uma máquina com sensores digitais que lhe permitem, além de fazer fotografia, fazer vídeo em Alta-Definição, criando assim não só fotografias quase que perfeitas em quase todas as condições de luz bem como vídeo com uma qualidade até agora impossível no mercado do vídeo amador.

Tirar fotografias já é acessível a todos e como já não existe o limite que era imposto pelos rolos, “dispara-se” por tudo e por nada. Ter uma máquina fotográfica não é mais um luxo, até já existem máquinas disponíveis para as crianças. Muitas vezes uma fotografia vale mais que mil palavras e afinal marca um momento para mais tarde recordar.

Pesquisar mais textos:

Bruno Jorge

Título:A história da fotografia

Autor:Bruno Jorge(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    05-05-2014 às 03:48:18

    Como é bom viver o hoje e saber da história da fotografia. Isso nos dá a ideia de como tudo evoluiu e como o mundo está melhor a cada dia produzindo fotos mais bonitas e com qualidade!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios