Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Aprenda a fazer a Dieta do Vinho

Aprenda a fazer a Dieta do Vinho

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Comentários: 1
Aprenda a fazer a Dieta do Vinho

Já é de conhecimento de todas as pessoas que o vinho, se ingerido de maneira correta todos os dias, pode trazer grandes benefícios à saúde, inclusive para o coração. Mas, além dessa excelente ajuda que ele proporciona para seus consumidores, foi descoberto que esse derivado da uva também pode ser um grande colaborador para dietas de emagrecer.

Isso se deve ao segredo no processo de fabricação dos vinhos, onde as uvas usadas são selecionadas cuidadosamente para que possam ser utilizadas 100% na fabricação, desde a polpa até a casca.

E como sempre se ouve falar, é na casca das frutas que contém a maior parte dos nutrientes. Para a uva é a mesma coisa: o resveratol, antioxidante que é encontrado na bebida após a sua fabricação, é o responsável pela interessante dieta do vinho. Conheça mais um pouco sobre esse assunto e saiba como seguir esse regime.

Estudiosos comprovaram
Para saber se o resveratol, antioxidante encontrado no vinho, era realmente um colaborador para o emagrecimento, cientistas alemães fizeram um teste com camundongos: 2 grupos foram utilizados; ambos receberam uma alimentação exagerada, porém um dos grupos recebeu também pequenas doses da substância.

O resultado foi incrível, pois os camundongos que ingeriram resveratol não engordaram. Já o outro grupo, teve um aumento de peso considerável em relação primeiro.

Dessa forma, é certo que o consumo de vinho de maneira moderada, trará benefícios para quem deseja emagrecer, além de ser ótimo para o coração. Mas, vale salientar que deve ser ingerido em doses pequenas, a fim apenas de tratamento.

Dieta do Vinho
Essa dieta é muito interessante, pois você não precisa se privar de comer nada, desde que mantenha uma alimentação balanceada e saudável, ingerindo uma dose de vinho por dia. Veja uma sugestão de cardápio:

Café da Manhã
- 1 fatia de pão integral light;
- 1 banana-prata média 200 ml de leite desnatado;
- 1 colher (sobremesa) de geleia diet;
- 1 colher (sopa) de cereal sem açúcar.

Lanche da Manhã
- 200 ml de laranjada (feita com 1 laranja).

Almoço
- Salada de folhas à vontade;
- 1 filé de frango grelhado;
- 1 cálice de vinho tinto.

Lanche da Tarde
- 1 vitamina feita com 100 ml de leite desnatado e ½ banana-prata.

Jantar
- 2 biscoitos cream cracker;
- 1 concha grande de sopa de abóbora;
- 1 colher (sopa) de ricota temperada;
- 1 fatia pequena de melancia.

O que achou da ideia? Gostou? Ponha em prática e comente o resultado!


Lucas Souza

Título: Aprenda a fazer a Dieta do Vinho

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 0

657 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Daiany Nascimento

    18-09-2012 às 15:33:07

    Já sabia que o vinho quando consumido da forma certa, diariamente, pode trazer benefícios para nossa saúde. Por isso, achei interessante fazer uma dieta do vinho. Este estudo feito foi muito bom para comprovar a eficiente do resveratol, pena que foi feito com os pequenos camundongos. Apesar de parecer uma ótima dieta, antes de recorrer a qualquer uma delas vou procurar por um nutricionista para saber qual delas é melhor para minha saúde. Obrigada Lucas.

    ¬ Responder

Comentários - Aprenda a fazer a Dieta do Vinho

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios