Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Buenna pasta!!

Buenna pasta!!

Categoria: Alimentação
Visitas: 4
Comentários: 2
Buenna pasta!!

Adoro jantar fora, de preferência bem acompanhada! Considero-me “um bom garfo” e poucas são as especialidades de que não gosto.
Uma das minhas favoritas é a cozinha italiana! Adoro as pastas e os molhos especiais que cozinham! Mas ao percorrer a ementa de um bom restaurante italiano, podem surgir dúvidas, tantos são os tipos de massas! Deixo-vos uma pequena descrição das mais famosas, de forma a prevenir embaraços no próximo jantar!

Campanelle – sinos com bordas onduladas;
Capelli d’angelo ou cabelos de anjo – fios muito longos e finos;
Canneloni – tubos grandes para rechear e zozinhar no forno;
Casarecce – massas dobradas com as pontas em forma de S.
Conchiglie - búzios ou conchas;
Ditali – dedais; Ditalini são dedais pequeninos;
Farfalle - borboletas ou lacinhos;
Fettucine – tiras compridas e achatadas com 5mm de largura;
Fusilli ou rotini - espirais ou saca-rolhas, compridos ou curtos;
Gemelli – espirais estreitas e ocas;
Gnocchi ou cavatelli - conchinhas compridas e estriadas;
Lasagne ou lasanha - folhas recatangulares ou quadradas;
Linguine - tiras achatadas e mais estreitas que o Fettucine;
Lumache ou tubarões – massas em forma de caracol;
Macaroni ou macarrão – tubos grossos e lisos. Podem ser compridos ou curtos, direitos ou curvos (cotovelos).
Orecchiette - massas pequenas em forma de orelha;
Pappardelle – tiras achatadas com cerca de 2cm de lagura.
Penne ou penas – massas curtas em forma de tubo, com pontas cortadas diagonalmente. Podem ser estriadas ou lisas.
Radiatori – massas curtas semelhantes a radiadores de água;
Spaghetti ou esparguete – a mais popular fora de Itália; é uma massa comprida, redonda e fina. Os Spaghettini são ainda mais finos;
Tagliatelle – tiras compridas e achatadas em ninho;
Vermicelli – variedade de esparguete extremamente fina.
As terminações dos nomes das massas ajudam a identificar o seu tamanho. Tente recordar-se desta regra: “oni” indica massa grande; “ette” ou “etti”, massa pequena e “ini”, massa mais pequena.

Quanto a massas recheadas, podemos reter estas designações:

Agnolotti – almofadinhas em forma de meia-lua ou rectangulares, tradicionalmente recheadas com carne;
Capelletti – massas pequenas em forma de chapéu;
Ravioli – almofadas quadradas, redondas ou ovais, pequenas ou grandes;
Tortelloni – quadrados grandes recheados;
Tortellini – pequenos anéis recheados.

Lembre-se que Pasta di semola grano duro é uma massa feita de farinha de trigo-duro e all’uova significa que é enriquecida com ovos. Por curiosidade fique ainda a saber que o espinefre torna a massa verde; a massa com beterraba é alla bietola ou rossa (vermelha); a massa seppia ou neroli é preta devido à adição de tinta de chocos.

E pronto! Vai fazer um “brilharete” na próxima ida ao Italiano!



Cláudia Bandeira

Título: Buenna pasta!!

Autor: Cláudia Bandeira (todos os textos)

Visitas: 4

705 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Daiany Nascimento

    18-09-2012 às 10:44:38

    Muito interessante essas dicas! Realmente é importante entender da maneira correta o que esta escrito no menu para não acabar pedindo uma comida que você nem sabe o que é kkkk também gosto bastante de pasta, além de vários outros pratos típicos aqui do Brasil. Até me deu fome kkk

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJose

    06-04-2009 às 14:24:31

    Sempre fui um grande apreciador de pasta. Alimentação sem pasta não é alimentação.

    Italia é bonita, deu-nos a pasta!

    ¬ Responder

Comentários - Buenna pasta!!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Ler próximo texto...

Tema: Utilidades Domésticas
Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!\"Rua
O seguro desemprego é instituído pela Lei Nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 e que tem por finalidade prover a assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado sem justa causa. Foi sancionado pelo presidente da República do Brasil e também é regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT.

Este benefício é concedido a todo e qualquer trabalhador que foi dispensado apenas em regime de sem justa causa ou quando houver acordo judicial e o juiz autorizar o pagamento devido ao ex-trabalhador da empresa.

Sua duração é de 3(três) a 5(meses) de forma contínua e dependerá do tempo em que ficou empregado. O valor mensal é calculado conforme o que o trabalhador ganhava durante o período em que estava empregado.

Essa assistência financeira e temporária tem algumas regras, por isso, é muito importante conhecê-la antes mesmo de solicitá-la nos órgãos responsáveis.

Para ter direito ao benefício:


- Precisa ter a carteira devidamente assinada da empresa;
- Ter trabalhado durante 6 meses na empresa (no mínimo);
- Não ter recebido esse benefício no período de 16(dezesseis) meses ininterruptos;
- Ter sido dispensado sem justa causa.

Quem tem direito ao benefício:


- Os trabalhadores demitidos sem justa causa;
- O pescador artesanal; e
- O empregado doméstico, desde que o empregador esteja recolhendo o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

Como solicitar – Passo a passo:


1) Dirija-se à qualquer Caixa Econômica Federal ou ao M.T.E (Ministério do Trabalho e Emprego) da sua cidade munidos dos seguintes documentos:
- Rescisão contratual, carteira de trabalho devidamente dado baixa com a data de saída e assinada e carimbada pela empresa, as duas vias do seguro desemprego preenchido e fornecido pela empresa, cartão do PIS/PASEP ou o cartão cidadão, extrato do recebimento do pagamento do FGTS, comprovante de residência e os últimos 3 (três) contra-cheques;
2) Entregue todos esses documentos ao atendente. Eles vão fornecer o protocolo de entrada do seguro desemprego, vão lhe dizer quantas parcelas você tem direito e a data que você receberá a primeira (30 dias).

Bem, apenas isso e agora é só esperar para o recebimento do pagamento das parcelas. Para consultar, acesse este link: http://granulito.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf
Digite com seu número de PIS/PASEP e logo abaixo com o código no visor e clique em consultar. Vai abrir outra tela com as informações das parcelas.

Pesquisar mais textos:

Briana Alves

Título:Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Autor:Briana Alves(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios