Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Recarrega as energias num fim de semana fora de casa

Recarrega as energias num fim de semana fora de casa

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Viagens
Comentários: 1
Recarrega as energias num fim de semana fora de casa

Sabia que o descanso semanal remunerado designado por fim de semana é uma conquista muito recente dos trabalhadores e que surgiu devido à luta dos operários Ingleses, após a revolução Industrial no séc.19. Antes disto, os trabalhadores apenas podiam tirar um dia de folga não remunerada por motivos religiosos.

Depois do que acabou de ler ainda acha que o fim de semana é muito curto para ser aproveitado! Que são poucos os dias para realizar uma pequena viagem!

Quantas e quantas vezes pensa para si própria, que está cansado da sua rotina semanal? Que quer fazer uma surpresa ao seu companheiro ou mesmo aos seus filhos, mas que já gozou todas as suas férias. Seja positiva! E pense na sorte que tem em não ter nascido no séc. XVIII.

Por isso pare de queixar-se! E recupere as energias que gastou numa semana exaustiva de trabalho e de correrias de um lado para o outro, num fim de semana fora de casa.

Puxe pela cabeça! Coloque a imaginação a funcionar! É só pensar quais as cidades, museus, monumentos, entre outros que gostaria de visitar. Saiba que viajar faz bem à saúde e à alma.

Comece por fazer uma pesquisa na Internet, consulte algumas agências e informe-se sobre as promoções disponíveis para o fim de semana, tenha em atenção a publicidade deixada no seu correio, no meio desta é muito comum encontrar anúncios de passeios e excursões. Mesmo que na altura não esteja interessada pode sempre guardar o contacto da empresa para um dia mais tarde.

Viajar no fim de semana não fica caro, é possível encontrar hotéis, pensões e estalagens muito baratas. Quanto às despesas de deslocação uma vez que não vai sair do país, também ficam em conta.

Depois disto ainda ficou com dúvidas? Não perca tempo, dê um miminho à sua família e viaje já no próximo fim de semana.


Rua Direita

Título: Recarrega as energias num fim de semana fora de casa

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

607 

Imagem por: Hamed Saber

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    15-06-2014 às 02:02:27

    É verdade! Como é bom sair de casa no fim de semana e ir a um sítio, um interior ou até mesmo fazer uma pequena e rápida viagem. Nossa! Vale muito a pena! Aventure-se!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Recarrega as energias num fim de semana fora de casa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Hamed Saber

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios