Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Conheça as 3 carnes mais caras do mundo

Conheça as 3 carnes mais caras do mundo

Categoria: Alimentação
Visitas: 95
Conheça as 3 carnes mais caras do mundo

Recentemente a mídia estampou fotos de quilos e mais quilos de carnes caríssimas, de nomes estranhos, apreendidas durante uma visita à residência de um político envolvido em denúncias de corrupção.

Fora a repercussão da notícia, o fato serviu para mostrar para o público outra face da gastronomia muito similar à astronomia, uma vez que os preços são incrivelmente astronômicos com relação ao alimento que colocamos habitualmente à mesa.

De fato, uma pessoa comum jamais poderia imaginar que apenas um quilo de carne pudesse custar tanto, ou que existissem nomes absolutamente desconhecidos pela maioria. Eis alguns desses casos.

Essa lista não poderia começar de outra forma senão com a carne produzida pelo gado japonês Wagyu (também conhecida como Kobe Beef, uma coqueluche na terra do sol nascente). O que torna a carne desse ruminante tão especial? Ela é entremeada com pequenos canalículos de gordura, conferindo-lhe um aspecto marmorizado. Isso faz com que a carne fique muito suculenta e saborosa. No Japão, o animal tem tratamento vip, com massagens especiais e doses de bebida alcoólica, a fim de deixar a carne ainda mais macia e suculenta. Trata-se de um dos bifes mais caros do mundo; no restaurante, o bife pode custar cerca de duzentos reais, com o quilo podendo custar mil dólares no Japão.

O “côte du boef”, do produtor francês Alexandre Polmard, entra nesta lista não por ser de origem de uma raça especial. Contudo, provém de um gado tratado com mil regalias, como massagem especial e alimentação diferenciada. Aliás, a família Polmard faz questão de dar tratamento de joia rara à sua produção. A carne é mantida a -43oC por um período de maturação que pode chegar até 15 anos. O quilo da iguaria pode custar até três mil euros, ou por volta de 12 mil reais, dependendo da “safra”.

Finalizamos com o beef Bonsmara, oriundo da raça de gado do mesmo nome difundida na África do Sul por volta de 1937. Provém da mistura da raça Afrikaner e as raças europeias Hereford e Shorthorn. O intuito foi criar uma raça resistente ao clima sul-africano e que produzisse carne de excelente qualidade. O resultado está espelhado no preço da joia, que pode chegar a mil e quinhentos reais o quilo aqui no Brasil.


Lauro Damilo Dias

Título: Conheça as 3 carnes mais caras do mundo

Autor: Lauro Damilo Dias (todos os textos)

Visitas: 95

0 

Comentários - Conheça as 3 carnes mais caras do mundo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios