Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Goste muito de si!

Goste muito de si!

Categoria: Alimentação
Visitas: 2
Comentários: 1
Goste muito de si!

A alimentação é uma das principais condicionantes de um crescimento correcto e de um desenvolvimento harmonioso. São muitos os nutrientes de que o nosso organismo necessita e, no curto, médio ou longo prazo a privação deles far-se-á notar, geralmente da pior maneira. Défices constantes e níveis em falta não repostos de certos elementos essenciais conduzem a situações crónicas, que podem ser irreversíveis.

Há ainda muita gente a morrer de fome, pelo que, para além da responsabilidade social que assiste a cada cidadão de sanar, dentro das suas possibilidades, esta realidade incontornável do panorama mundial no bocadinho de mundo que lhe cabe, é razão para se respeitar, valorizar e agradecer a comida que vamos tendo.

Mas se uns não possuem o suficiente para sobreviver, outros entopem-se, literal e reiteradamente, de tudo o que faz mal à saúde. São extremos que jamais se tocam e que raramente conhecem a existência recíproca. Enquanto os primeiros morrem de subnutrição, os segundos perecem de explosão: as veias não suportam tamanha quantidade de gorduras e de açúcares na circulação sanguínea! A expressão «pela boca morre o peixe» não se aplica só a espécies marinhas…

Com o pouco tempo de que, hoje em dia, se dispõe para tudo, os alimentos são cada vez mais calóricos e menos nutritivos. Já diz o ditado que «depressa e bem não há quem», e esta verdade universal tem no domínio alimentar uma confirmação irrefutável. O sustento à base de fast food, de pratos pré-cozinhados, de pequenos-almoços compostos por café e um bolo, ou refeições principais constantes de uma sopa, engolida de pé ao balcão de um snack-bar ou de uma pastelaria, acompanhada por um salgadinho, frito, pois claro, fornecedora de calorias em excesso mas, simultaneamente, pouco saciante, integra um conjunto de erros crassos cuja repetição continuada o corpo não perdoa. Por norma, quem assim come durante o dia, ao jantar, em casa, banqueteia-se esplendidamente para se deitar quase logo de seguida. Mais uma asneira que traz anexada uma factura cara.

Entretanto, a alimentação constitui um cenário dantesco e terrífico em determinadas situações e circunstâncias. As mães de crianças que dificilmente abrem a boca à colher que o digam. Por outro lado, existem graves doenças do foro psicológico e afectivo relacionadas com os víveres. A anorexia, a bulimia e a alimentação compulsiva lideram este ranking de padecimentos horríveis que podem ter como desfecho a própria morte. Nestes casos, um acompanhamento próximo e atento pode evitar autênticas tragédias!

O ramo da nutrição tem apresentado um incremento substancial no número de utentes que manifestam preocupação em perder peso ou, simplesmente, obter dicas para uma alimentação mais saudável. São os médicos quem afirma que nós «somos o que comemos» …



Maria Bijóias

Título: Goste muito de si!

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 2

606 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoHelio Faria

    16-03-2009 às 11:03:57

    Que máximo! Uahu! Querida , escreves com boa onda sobre alimentação.

    E que foto! É o máximo querida!

    ¬ Responder

Comentários - Goste muito de si!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O Mito da Entrevista de Emprego

Ler próximo texto...

Tema: Empresariais
O Mito da Entrevista de Emprego\"Rua
Aguardando há meses pela oportunidade de um novo emprego e após ser aprovado em várias etapas do processo de seleção eis que surge um empecilho: a entrevista de emprego.

Diversas dúvidas passam pela cabeça do candidato como o que vestir, como sentar-se, qual o tom de voz adequado, o que o entrevistador espera como resposta e como impressioná-lo provando ser a pessoa certa para a vaga a ser ocupada.

A verdade é que não há regra que garanta o sucesso em uma entrevista, porém, algumas atitudes e cuidados precisam ser tomados. Abaixo seguem 10 dicas que auxiliarão o candidato enfrentar essa fase do processo de seletivo de forma mais segura, não importando a área ou cargo pretendido.

1. Seja pontual. A pontualidade é uma forma de demonstrar respeito, consideração e compromisso com a empresa, porém, ser pontual não significa ser precipitado, chegando com muito tempo de antecedência. Para isso programe-se: quanto tempo você levará para chegar até o local combinado para a entrevista? E se houver algum tipo de atraso? Programe-se para que os prazos possam ser cumpridos. Se o atraso for inevitável entre em contato com a empresa e explique o motivo para o mesmo solicitando a possibilidade de remarcar o compromisso.

2. Vista-se de maneira condizente ao cargo que irá ocupar. Mesmo parecendo ser uma superficialidade, a forma como o candidato se veste pode influenciar a decisão do entrevistador, portanto, causar uma boa impressão é essencial. Para isso pesquise o perfil da empresa, se possível observe a forma como os funcionários se vestem e use na entrevista algo um pouco mais formal do que usaria todos os dias para ir ao trabalho.

3. Zele por uma boa aparência. Como descrito acima causar uma boa impressão é essencial, dessa forma, a higiene pessoal é indispensável. Vale ressaltar que perfumes e maquiagem exagerados são pontos negativos em uma entrevista.

4. Tenha em mente suas principais realizações profissionais e as evidencie. Quais os principais desafios que essas lhe trouxeram e o que aprendeu em cada uma delas. Se é seu primeiro emprego vale ressaltar suas experiências escolares e acadêmicas como trabalhos em grupos, projetos realizados, programas de estágio e trainee.

5. Tenha atitudes positivas. Um método de entrevista consiste em perguntas aparentemente absurdas que não possuem, necessariamente, respostas prontas. O que ele deseja na verdade é avaliar seu raciocínio lógico, portanto, seja criativo, argumente e crie estratégias para sair dessa saia justa.

6. Seja genuíno e autentico. Mesmo estando sob pressão seja você na entrevista. Não minta nem use máscaras. O recrutador provavelmente perceberá que você não está sendo sincero.

7. Tenha argumentos. “Por que você quer trabalhar aqui?” ou “Quais serão suas contribuições para essa empresa?” são perguntas básicas em uma entrevista de empregos. Portanto, tenha bons argumentos para esses questionamentos.

8. Mostre-se interessado. Faça perguntas plausíveis ao entrevistador.

9. Seja gentil e educado a todo o momento. Muitas empresas costumam analisar o candidato no momento em que esse inicia o processo seletivo.

10. Mostre-se confiante. Se você fará a entrevista de emprego é porque já passou por outras fases do processo seletivo, ou seja, tem muitos pontos a seu favor. Acredite no seu potencial .

Outros textos do autor:
O Mito da Entrevista de Emprego

Pesquisar mais textos:

Mabelly Venson

Título:O Mito da Entrevista de Emprego

Autor:Mabelly Venson(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios