Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > O que voce não sabe sobre as bebidas

O que voce não sabe sobre as bebidas

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
O que voce não sabe sobre as bebidas

Existem muitos mitos, alguns quase a tocar as raias da crendice, acerca de variadíssimas bebidas. Por exemplo, é falsa a afirmação que sustenta que a cerveja engorda mais do que o vodka. A cerveja, além de uma menor concentração alcoólica, também possui bastante menos calorias, e, em simultâneo, contém algumas vitaminas e sais minerais.

Costuma dizer-se que o vinho tinto é mais saudável do que o branco, e isto é verdade. Ficando sempre em contacto com a casca das uvas (o que pode não acontecer no vinho branco), o vinho tinto traz mais benefícios à saúde, nomeadamente no que concerne à grande porção de flavonoides que ostenta, um antioxidante capaz de diminuir o risco de doenças cardiovasculares e a incidência de cancros, assim como de coadjuvar a absorção de minerais como o cálcio, o magnésio, o fósforo e o zinco. Contudo, e tal como a cerveja, não é preciso exagerar, sob pena de se desencadearem alergias, enxaquecas, problemas de fígado e, em ultimas análise, derrames cerebrais.

Outro mito diz respeito aos refrigerantes light, que muitas pessoas acreditam não terem calorias. Não é assim. Supostamente, eles teriam menos 30 por cento de algum constituinte (açúcar, gordura, calorias, …), comparativamente ao produto original. Todavia, se, para reduzir uma substância, se aumentar outra, o valor energético pode ser mantido ou até aumentado.

Agora, andam muito na moda as águas com “poderes mágicos” (emagrecimento, trato intestinal, etcétera) e sabores diversos, e, como se trata de água, toca a beber, que água é sempre água! Fantasia! Há que ler atentamente os rótulos, porque nem todas as “águas” são água e mesmo as águas não são todas iguais. Deve beber-se água cristalina à razão de dois litros por dia, dependendo de fatores como a temperatura, a atividade física, problemas de febre ou diarreia (que requerem uma reposição de líquidos), entre outros. E, ao contrário do que se possa pensar, a ausência de sede não significa que não seja preciso beber mais água. Particularmente nos indivíduos mais idosos, é natural que a sede não se faça sentir, mas as suas necessidades hídricas não se alteram por causa disso.

E, quem disse que o café é a principal fonte de cafeína? As bebidas energéticas podem equiparar a quantidade de cafeína do café. O chá e alguns refrigerantes também têm cafeína. O consumo deste estimulante terá de ser limitado para quem padeça de hipertensão e para mulheres grávidas. De facto, é suscetível de aumentar a frequência cardíaca e a tensão arterial, provocar irritabilidade ou alterações do sono. Dois cafés por dia são o suficiente, de preferência sem açúcar.

Sim, porque os organismos não sujeitos a grandes esforços ou circunstâncias peculiares não carecem de bebidas açucaradas. Aliás, há estudos que associam a ingestão deste tipo de bebidas a cáries dentárias e diabetes do tipo II.
Os sumos de fruta não são, nem de perto nem de longe, tão saudáveis como a fruta à peça. Apresentam mais calorias, perdem fibras e o açúcar é mais rapidamente absorvido.

As bebidas isotónicas NÃO PODEM substituir a água! A função hidratante desta e a sua participação na regulação térmica e na homeostasia dos fluidos corporais não tem par. Do mesmo modo, é sandice dizer-se que a agua às refeições engorda, uma vez que ela não possui valor calórico.

Finalmente, o calor que se experimenta ao tomar uma bebida alcoólica não é sinónimo de aquecimento corporal, mas, ao invés, essa deslocação do sangue do interior do organismo para a superfície irá provocar uma considerável perda de calor dos órgãos por irradiação. Em analogia, o álcool também não ajuda a digestão. O que faz é acelerar os movimentos que lançam de forma abrupta os alimentos no intestino ainda mal digeridos, trazendo perturbações digestivas a vários níveis.


Maria Bijóias

Título: O que voce não sabe sobre as bebidas

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

735 

Imagem por: Joe Shlabotnik

Comentários - O que voce não sabe sobre as bebidas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Utilidades Domésticas
Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!\"Rua
O seguro desemprego é instituído pela Lei Nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 e que tem por finalidade prover a assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado sem justa causa. Foi sancionado pelo presidente da República do Brasil e também é regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT.

Este benefício é concedido a todo e qualquer trabalhador que foi dispensado apenas em regime de sem justa causa ou quando houver acordo judicial e o juiz autorizar o pagamento devido ao ex-trabalhador da empresa.

Sua duração é de 3(três) a 5(meses) de forma contínua e dependerá do tempo em que ficou empregado. O valor mensal é calculado conforme o que o trabalhador ganhava durante o período em que estava empregado.

Essa assistência financeira e temporária tem algumas regras, por isso, é muito importante conhecê-la antes mesmo de solicitá-la nos órgãos responsáveis.

Para ter direito ao benefício:


- Precisa ter a carteira devidamente assinada da empresa;
- Ter trabalhado durante 6 meses na empresa (no mínimo);
- Não ter recebido esse benefício no período de 16(dezesseis) meses ininterruptos;
- Ter sido dispensado sem justa causa.

Quem tem direito ao benefício:


- Os trabalhadores demitidos sem justa causa;
- O pescador artesanal; e
- O empregado doméstico, desde que o empregador esteja recolhendo o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

Como solicitar – Passo a passo:


1) Dirija-se à qualquer Caixa Econômica Federal ou ao M.T.E (Ministério do Trabalho e Emprego) da sua cidade munidos dos seguintes documentos:
- Rescisão contratual, carteira de trabalho devidamente dado baixa com a data de saída e assinada e carimbada pela empresa, as duas vias do seguro desemprego preenchido e fornecido pela empresa, cartão do PIS/PASEP ou o cartão cidadão, extrato do recebimento do pagamento do FGTS, comprovante de residência e os últimos 3 (três) contra-cheques;
2) Entregue todos esses documentos ao atendente. Eles vão fornecer o protocolo de entrada do seguro desemprego, vão lhe dizer quantas parcelas você tem direito e a data que você receberá a primeira (30 dias).

Bem, apenas isso e agora é só esperar para o recebimento do pagamento das parcelas. Para consultar, acesse este link: http://granulito.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf
Digite com seu número de PIS/PASEP e logo abaixo com o código no visor e clique em consultar. Vai abrir outra tela com as informações das parcelas.

Pesquisar mais textos:

Briana Alves

Título:Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Autor:Briana Alves(todos os textos)

Imagem por: Joe Shlabotnik

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios