Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Softwares para diagnóstico de Hardware

Softwares para diagnóstico de Hardware

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
Visitas: 8
Softwares para diagnóstico de Hardware

Atualmente, com o crescimento da tecnologia e o mundo dos computadores, muitos usuários estão se interessante em saber mais sobre essas máquinas incríveis. Seja por curiosidade ou por necessidade, a realidade é que as pessoas se interessam mais que antigamente.

Em determinadas situações, saber um pouco sobre tudo que está ali dentro do computador (não só os softwares) pode ser útil e essencial. Imagine o seguinte caso: você compra um computador e coloca algumas peças a mais nele com um objetivo específico. Depois, quando vai verificar se o objetivo foi atingido, por exemplo, rodar algum programa pesado, o retorno desejado não acontece. Às vezes, isso pode ocorrer por equívocos na compra das peças da máquina. Você achava que seria o suficiente, pois as informações vistas na peça era o que precisava. Mas, no final não era exatamente o que foi passado á você.

Para ajudar nisso, existe alguns softwares que são capazes de exibir todas as informações dos hardwares instalados nas máquinas. Confira alguns dos mais utilizados.

CPU-Z

Esse software é ideal para usuários comuns e usuários mais avançados. Muito eficiente quando é necessário obter mais informações sobre o processador, a placa-mãe e a memória.

Ele possui utilização simples e ocupa pouco espaço no HD. Porém, ele exibe apenas as informações superficiais, não sendo muito recomendado quando é preciso detalhes mais específicos.

Fresh Diagnose

Esse programa é bastante interessante, sendo capaz de exibir informações tanto sobre os hardwares como os softwares de sua máquina. Sua interface é simples e em português, o que facilita sua utilização.

Com esse aplicativo, você será capaz de ver desde os processos que estão sendo executados no computador até a versão da bios da placa-mãe.

GPU-Z

Esse programa é semelhante ao CPU-Z, porém é específico para a análise de placas gráficas. Ele é capaz de mostrar diversas informações da placa de vídeo, possibilitando verificar se elas estão corretas com as fornecidas pelo fabricante. Frequência e tipo de processador gráfico e a versão do DirectX são alguns dos detalhes exibidos por esse software. Também é possível analisar ao mesmo tempo, mais de uma placa gráfica conectada ao computador, se for o caso.

PC Wizard

O PC Wizard é parecido com o Fresh Diagnose, em questões de recursos e interface. O aplicativo consegue fornecer informações do sistema operacional e dos hardwares da máquina. Um diferencial dele é a capacidade de realizar alguns testes, tanto individuais como na rede, examinando o computador como um todo.

Everest

Esse aplicativo é um dos mais famosos e completos dentre os mencionados aqui e outros existentes no mercado. Tem a capacidade de exibir diversas informações sobre o sistema operacional e os hardwares. Além disso, o Everest pode ser executando em segundo plano, não incomodando os usuários. Um detalhe que atrapalha um pouco é o fato do software não ser gratuito, deixando sua versão de teste limitada a funções básicas.

HD Tune

Esse software é muito interessante, pois ele é especifico para a análise de HD. É um aplicativo gratuito, leve e simples de utilizar. Ele não será capaz de informá-lo o motivo da lentidão de seu HD, porém pode fornecer detalhes sobre a velocidade, efetuar testes e, na aba “Health”, informar sobre a qualidade da vida útil de seu HD. Uma expectativa, claro.

Com a utilização desses softwares, você poderá analisar seus hardwares e verificar o que pode estar errado ou se as informações passadas a você na compra da peça, eram verdadeiras. Se você já utiliza ou irá utilizar esses softwares, compartilhe sua experiência e comente!


Lucas Souza

Título: Softwares para diagnóstico de Hardware

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 8

693 

Comentários - Softwares para diagnóstico de Hardware

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os benefícios do piso laminado

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Materiais Construção
Os benefícios do piso laminado\"Rua
Ao se realizar uma obra, ou na renovação de ambientes, há sempre muitas opções de técnicas e tecnologias de construção civil, arquitetura e decoração a serem escolhidas da forma mais adequada ao resultado que se espera. O piso adequado ao ambiente que se está construindo ou reformando é uma questão bastante relevante para o sucesso do empreendimento e para o bem-estar dos usuários.

Os tipos de pavimentos ou assoalhos ou revestimentos são diversificados e para cada tipo de ambiente, construção e gosto pessoal há um mais adequado. Pelos inúmeros benefícios que tem apresentado, o piso laminado tem sido bastante escolhido como revestimento nos ambientes modernos. Ele é composto por quatro camadas, feitas de fibras de madeira de alta densidade, lâminas de celulose, lâminas decorativas e filme cristalino de celulose, colados diretamente ao chão. Essa composição garante estabilidade, beleza, resistência, facilitando a limpeza. Somente com estes argumentos já se pode notar as vantagens desse tipo de piso, contudo ainda existem outras.

Os pisos laminados custam menos que os pisos de madeira, seu substrato é ecologicamente correto, já que as madeiras utilizadas na composição desse piso provêm de florestas certificadas e possui fácil instalação, sem a necessidade de pregá-lo ao chão. Além disso, os pisos laminados não precisam de envernizamento como os pisos de madeira que causam mau cheiro e sujeira. Os pisos laminados são mais resistentes que os pisos de madeira devido a sua alta pressão. A superfície dos pisos laminados de alto tráfego contém papel decorativo que garante diversas possibilidades de estampas e combinações.

Existem, portanto, dois tipos distintos de pisos laminados. Os pisos laminados de madeira têm em sua composição madeira natural e são revestidos com verniz. São indicados para ambientes residenciais e menos movimentados. Os pisos laminados de alto tráfego são compostos por madeiras de alta densidade cobertas por papel decorativo. São mais resistentes e, em virtude disso, indicados para ambientes de grande circulação. Podem estar em ambientes residenciais, porém para ambientes comerciais é o ideal.

Os pisos laminados são resistentes à luz do sol, a riscos e a manchas. São práticos devido à diversificada opção de padrões e funcionais devido à facilidade de limpá-lo. Acomodam-se perfeitamente em qualquer ambiente, proporcionando fácil decoração. Entretanto, medidas para mantê-lo em bom estado por mais tempo (apesar da sua alta durabilidade) devem ser tomadas. Colocar proteção na entrada das portas evita a instalação de sujeira e pedras. Forrar móveis e peças decorativas, que entrem em contato com o piso, é recomendado, a fim de não marcá-lo. Esses forros podem ser feitos com tecidos felpudos ou recortes em feltro. Forrar os móveis ao movimentá-los é apropriado para não riscar o piso. Salto alto fino com base metálica também marca esse tipo de piso. Evitar molhar em demasia o piso é necessário, pois caso contrário pode haver o inchamento do piso. Deve-se mantê-lo sempre seco.

Esse tipo de piso também tem a vantagem de não carregar cupins, contudo é preciso verificar as condições de presença desses insetos. Ambientes com cupins requerem a desintetização prévia.

Pesquisar mais textos:

Rosana Fernandes

Título:Os benefícios do piso laminado

Autor:Rosana Fernandes(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    12-05-2014 às 12:45:43

    O piso laminado é muito bom, sua durabilidade é de quase 40 anos e são mais fáceis de manter.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • silvana 22-02-2014 às 18:17:44

    o piso laminada tem durabilidade de quantos anosposso passar pano umido no piso loaminado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios