Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Cupcake de baunilha

Cupcake de baunilha

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 2
Comentários: 1
Cupcake de baunilha

Os Cupcakes são pequenos bolinhos saborosos, feitos com massas que podem levar diversos tipos de coberturas, cores e tipos. Esses docinhos são servidos em muitos vários de eventos, festas de aniversários e casamentos, podendo até mesmo ocupar o lugar do famoso bolo com velinhas ou noivinhos. Você já deve estar com vontade de comer um desses, não? Para isso, siga a receita a baixo que o ensinará a fazer um delicioso Cupcake de baunilha com cobertura de chantilly colorido. Confira!

Ingredientes:
- 1 colher (chá) de essência de baunilha;
- ½ xícara de claras;
- 225 gramas de farinha (peneirada);
- 1 1/8 de colher (chá) de fermento em pó (peneirado);
- 100 gramas de manteiga;
- 1 ½ xícara de açúcar;
- 1 colher (café) de sal;
- 170 gramas de leite.

Cobertura de Chantilly colorido:
- Corante comestível em gel da cor de seu gosto;
- 2 xícaras de creme de leite gelado;
- 1 colher (café) de essência de baunilha;
- 2 colheres (sopa) de açúcar.

Preparo do Cupcake:
Em uma batedeira, junte a manteiga e o açúcar e bata até que se forme um creme fofo e de cor clara. Acrescente a essência de baunilha e o sal e continue batendo. Agora, coloque a farinha, o fermento, o leite e, delicadamente, às claras. Por mais 20 segundos continue batendo a mistura. Pegue as forminhas de cupcake, unte-as com marteiga e coloque-as dentro de uma assadeira. Coloque a massa até a metade das forminhas. Em seguida, em um forno preaquecido a 180°C, leve a assadeira e deixe assar por 35 minutos. É possível saber se já está no ponto espetando os bolinhos com o garfo ou palito de dente, pois se ele sair limpo está pronto. Essa receita rende até 12 unidades de cupcake.

Chantilly colorido:
Para preparar a cobertura do cupcake de baunilha, siga esse procedimento: na batedeira, coloque o creme de leite gelado e acrescente algumas gotinhas de corante. Adicione o açúcar e a essência de baunilha e leve a mistura para ser batida. Assim que ela estiver em um ponto próximo ao de chantilly, ela está pronta. Caso queira que o creme tenha uma cor mais escura, coloque mais algumas gotas de corante. Para finalizar, com a utilização de um saco de confeitar ou uma colher, coloque o creme em cima do bolinho e pronto.

Gostou da receita? Já preparou para experimentar? Comente qual foi o resultado e sugira alguma outra para ser feita.


Lucas Souza

Título: Cupcake de baunilha

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 2

651 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Daiany Nascimento

    18-09-2012 às 14:43:21

    Olá Lucas, estou gostando de conferir suas dicas de receitas aqui no site do ruadireita.com. Fiquei interessada em experimentar cada uma delas, só me falta arrumar um tempinho para prepara-las :P, mas já estou organizando minha lista de receitas que irei fazer nos próximos finais de semana! E agora, acabei de incluir mais uma, esta receita de cupcake de baunilha realmente me pareceu ser muito boa e não vejo a hora de experimentar, adoro sobremesas.

    ¬ Responder

Comentários - Cupcake de baunilha

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Literatura
Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal\"Rua
Gertrude Stein foi uma escritora de peças de teatro, de peças de opera, de ficção, de biografia e de poesia, nascida nos Estados Unidos da América, e escreveu a Autobiografia de Alice B. Toklas, vestindo a pele, e ouvindo pela viva voz da sua companheira de 25 anos de vida, os relatos da historia de ambas, numa escrita acessível, apresentando situações caricatas ou indiscretas de grandes vultos da arte e da escrita da sua época. Alice B. Toklas foi também escritora, apesar de ter vivido sempre um pouco na sombra de Stein. Apesar de ambas terem crescido na Califórnia, apenas se conheceram em Paris, em 1907.


Naquela altura, Gertrude vivia há quatro anos com o seu irmão, o artista Leo Stein, no numero 27 da rue de Fleurus, num apartamento que se tinha transformado num salão de arte, recebendo exposições de arte moderna, e divulgando artistas que viriam a tornar-se muito famosos. Nestes anos iniciais em Paris, Stein estava a escrever o seu mais importante trabalho de início de carreira, Three Lives (1905).


Quando Gertrude e Alice se conheceram, a sua conexão foi imediata, e rapidamente Alice foi viver com Gertrude, tornando-se sua parceira de escrita e de vida. A casa, como se referiu atrás, tornou-se um local de reunião para escritores e artistas da vanguarda da época. Stein ajudou a lançar as carreiras de Matisse, e Picasso, entre outros, e passou a ser uma espécie de teórica de arte, aquela que descrevia os trabalhos destes artistas. No entanto, a maior parte das críticas que Stein recebia, acusavam-na de utilizar uma escrita demasiado densa e difícil, pelo que apenas em 1933, com a publicação da Autobiografia de Alice B. Toklas, é que o trabalho de Gertrude Stein se tornou de facto reconhecido e elogiado.


Alice foi o apoio de Gertrude, foi a dona de casa, a cozinheira, grande cozinheira aliás, vindo mais tarde a publicar algumas das suas receitas, e aquela que redigia e corrigia o que Gertrude lhe ditava. Assim, Toklas fundou uma pequena editora, a Plain Editions, onde publicava o trabalho de Gertrude. Aliás, é reconhecido nesta Autobiografia, que o papel de Gertrude, no casal, era o de marido, escrevendo e discutindo arte com os homens, enquanto Alice se ocupava da casa e da cozinha, e de conversar sobre chapéus e roupas com as mulheres dos artistas que visitavam a casa. Depois da morte de Gertrude, Alice continuou a promover o trabalho da sua companheira, bem como alguns trabalhos seus, de culinária, e um de memórias da vida que ambas partilharam.


Assim, este livro que inspirou o filme “Meia noite em Paris”, de Woody Allen, é um livro a não perder, já nas livrarias em Portugal, pela editora Ponto de Fuga.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios