Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Receita de Pastel de forno com carne

Receita de Pastel de forno com carne

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Receita de Pastel de forno com carne

No Brasil, o pastel é um prato que ganhou muita fama e que conquistou muitas pessoas devido às várias opções de recheios, muito saborosos. Algumas pessoas gostam de fazer pastel em casa, por isso, experimentar fazer uma receita de pastel assado pode ser uma boa opção. Além disso, o assado possui menos calorias do que o pastel frito. Então, veja como preparar uma deliciosa receita de pastel de forno com carne, ela é fácil de fazer e pode render até 45 pastéis.

Receita de Pastel de forno com carne
Ingredientes:
- 1 colher (sopa) de açúcar;
- 2 tabletes de fermento biológico;
- 1 xícara (chá) de leite morno;
- 2 gemas;
- 4 xícaras (chá) de farinha de trigo;
- 1 xícara (chá) de manteiga em temperatura ambiente;
- 1 pitada de sal;
- 1 gema batida para pincelar.

Para o recheio:
- 500 gramas de carne moída;
- 2 ovos cozidos picados;
- 1 tablete de caldo de carne esmigalhado;
- 4 colheres (sopa) de óleo;
- 3 colheres (sopa) de água;
- 4 colheres (chá) de farinha de trigo;
- Pimenta-do-reino a gosto;
- Sal a gosto

Como preparar:
Massa - Pegue uma vasilha e polvilhe o açúcar sobre o fermento e deixe descansar por 10 minutos. Depois, acrescente o leite, as gemas, a farinha, a manteiga e o sal. Misture bem e amasse para que se forme uma mistura homogênea. Deixe descansar por 5 minutos. Parta em massa em 5 partes. Com cada pedaço da massa você deverá fazer um rolinho com 3 cm de diâmetro e corte tiras com 2,5 cm. A seguir, faça um círculo de 8 cm de diâmetro, abrindo a massa com as mãos ou com um rolo.

Recheio – Pegue uma panela, esquente o óleo e frite a cebola, espere ela ficar transparente. Depois, acrescente a carne e mexa por 3 minutos. Ponha os tabletes de carne e leve para cozinhar em fogo médio. Deixe cozer até a carne dourar. A seguir, junte a farinha de trigo, a pimenta e o sal. Apague o fogo, coloque a água e espere esfriar. Para finalizar o recheio da receita de pastel de forno com carne, basta misturar os ovos cozidos vagarosamente.

Montagem – Em cima de cada parte de massa coloque ½ colher de recheio, feche a massa no formato de pastelzinho. Use uma gema batida para pincelar. Pegue uma assadeira grande, unte-a e coloque os pastéis. A seguir, deixe assar em forno preaquecido por 30 minutos ou até que os pastéis de forno com carne fiquem dourados. E pronto, bom apetite!


Rua Direita

Título: Receita de Pastel de forno com carne

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

781 

Comentários - Receita de Pastel de forno com carne

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios