Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Realidade Virtual

Realidade Virtual

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Informática
Comentários: 14
Realidade Virtual

Realidade virtual ou ciberespaço é um meio tridimensional gerado pelo computador que permite que o usuário veja, interaja e se manifeste em outros ambientes, utilizando experimentação sensorial e entenda dados bastante complexos. Essa interação se dá mais comumente através de usos de dispositivos como luvas, trajes específicos e capacetes que permitem ao usuário experimentar a sensação de realizar ações reais em outra realidade ficcional, em tempo real.

Na realidade virtual há uma imersão em um outro ambiente tridimensional, uma interação entre essa realidade e o usuário e um envolvimento nessa relação entre homem e máquina.   Essa ideia de se estar em outra realidade, em outro ambiente, pode ser dada com dispositivos específicos ou, como em muitos parques ou museus, com a projeção de uma realidade em paredes, telas, piso ou teto.  Nesse último caso não há a sensação de uma imersão nessa realidade. O sentido de imersão se dá devido aos sentidos diversos serem estimulados para isso. Não só a visualização, mas o som e a possibilidade do movimento. O uso dos capacetes que garantem a sensação da imersão é mais significativo, porém o uso de monitores e salas de projeção tem ocupado cada vez mais espaço dentro dessa outra possibilidade, a realidade virtual.

A realidade virtual é uma simulação da realidade, tendo as tecnologias como intermediário. Dentro dessa realidade permitida pela interface entre homem e computador, há duas divisões. Existe a tele-presença, em que sujeito pode interagir com os ambientes tridimensionais criados com outros usuários, podendo estes estarem em locais diferentes, se encontrando nesse mesmo ambiente virtual. Também tem a tele-operação, muito utilizada na educação à distância. Essa realidade virtual cria a possibilidade de interação entre vários usuários por meio de tele-conferências, por exemplo, ou por meio de robôs virtuais.

Essa realidade virtual pode ser dividida, para sua maior compreensão, em cinco tipos. A realidade virtual aumentada que se utiliza do capacete para criar a imersão do usuário no mundo virtual, usando elementos do mundo real. A realidade virtual de mesa, que se utiliza de monitores, óculos e projetores para garantir que essa realidade seja percebida e experimentada. A realidade virtual de simulação, que usa dispositivos para dar a ideia de que o utilizador está num ambiente virtual. E a realidade virtual de projeção, em que homem pode comunicar-se com personagens virtuais, mesmo estando fora desse ambiente.

Além do entretenimento, a realidade virtual está ocupando espaço em várias áreas. Ela está sendo usada em terapias, em que se podem criar ambientes que permitam ao paciente deparar-se com seus medos ou fobias e tentar enfrentá-las e superá-las. Também pode ser utilizada como recurso importante na educação permitindo que o educando experimente, manipule e aprenda através de inúmeras simulações da realidade.

A realidade virtual também auxilia na formação de médicos, paramédicos e salva-vidas, possibilitando, através de corpos e recursos virtuais, a aprendizagem e os procedimentos necessários para o atendimento em diversas situações, sendo elas de risco ou não. Além de estar presente em treinamentos militares. Ainda podem ser destacados também os famosos simuladores de voos, entre outras simulações, que permitem uma vivência que talvez, na realidade, a pessoa nunca venha a passar. Ou então a prévia experiência em um mundo virtual antes da prática na realidade em si.
O ciberespaço é um mundo virtual em expansão e à disposição do homem a fim de que vivencie experiências nunca antes imaginadas.


Rosana Fernandes

Título: Realidade Virtual

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 0

778 

Imagem por: fensterbme

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 14 )    recentes

  • SophiaSophia

    06-05-2014 às 20:14:42

    Muito interessante essa questão de realidade virtual como salvadora de tantas coisas auxiliando no desempenho e às mãos de humanos. Ótimo texto!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Carla HortaCarla Horta

    08-10-2012 às 16:07:09

    Como tão bem nos fala a autora, a realidade virtual é utilizada no combate a medos e fobias. O melhor exemplo e que está a ter um grande desenvolvimento em Portugal é a terapia computacional em pessoas com traumas de guerra. Os estudos revelam que as técnicas dão resultado quando acompanhados por especialistas na área de traumas e fobias.

    ¬ Responder
  • Carla HortaCarla Horta

    08-10-2012 às 16:02:03

    A Universidade de Coimbra tem levado a cabo um estudo aprofundado no que diga respeito à realidade virtual com crianças com autismo. Os resultados têm sido extraordinários, podendo esta ser mais uma extraordinária ferramenta numa "doença" com tanta coisa ainda por descobrir.

    ¬ Responder
  • Anne TeixeiraAnne Teixeira

    05-10-2012 às 02:00:59

    Que na internet ninguém tem rosto, nós já sabemos. Mas custa um pouquinho de sinceridade??? rsrsrsA realidade pra mim é que todos estamos conectados de alguma forma por uma corrente invisível.Hoje em dias as pessoas compram e vendem coisas, se conhecem, compartilham suas vidas, seus segredos, suas vontades, tudo através das telas, pequenas ou grandes, de computadores, de mãos ou de notebooks... E assim caminhamos para um futuro cada vez mais virtual. Matrix se concretizando.

    ¬ Responder
  • Teresa Maria Batista GilTeresa Maria Batista Gil

    03-10-2012 às 10:21:06

    A realidade virtual é cada vez mais uma constante, especialmente para os jovens e adultos que tentam combater o desemprego e a solidão.Esta realidade constitui um perigo para os adolecentes que ainda não sabem distinguir certos perigos associados à mesma.O seu controlo devia ser uma constante na casa dos pais e escolas.

    ¬ Responder
  • Nilson EmpreendedorNilson Uemoto

    28-09-2012 às 06:22:16

    Tudo que é virtual tende a cada vez mais ocupar espaço em nosso cotidiano.Temos amigos virtuais, amores virtuais, negócios virtuais, lojas virtuais, é como se tivéssemos um avatar, um novo eu agindo no mundo virtual.Cada vez mais também vemos filmes em 3D e a nova moda são os televisores e notebooks em 3D.A imersão na realidade virtual além de divertida é útil para facilitar o aprendizado como bem citado no texto

    ¬ Responder
  • Nilson EmpreendedorNilson Uemoto

    28-09-2012 às 06:14:40

    Tudo que é virtual tende a cada vez mais ocupar espaço em nosso cotidiano.Temos amigos virtuais, amores virtuais, negócios virtuais, lojas virtuais, é como se tivéssemos um avatar, um novo eu agindo no mundo virtual.Cada vez mais também vemos filmes em 3D e a nova moda são os televisores e notebooks em 3D.A imersão na realidade virtual além de divertida é útil para facilitar o aprendizado como bem citado no texto

    ¬ Responder
  • Daiany Nascimento

    27-09-2012 às 12:40:15

    Eu ainda não tinha muito conhecimento sobre o assunto, mas depois que você explicou pude ver o quanto é interessante e como a tecnologia nos surpreende a cada dia. Realidade virtual ou ciberespaço é um meio tridimensional gerado pelo computador que permite que o usuário veja, interaja e se manifeste em outros ambientes, utilizando experimentação sensorial e entenda dados bastante complexos. Imagine só o quanto a realidade virtual não poderá ajudar a muitas pessoas 

    ¬ Responder
  • André BelacorçaAndré Belacorça

    24-09-2012 às 18:34:52

    Se falarmos em realidade virtual podemos falar em amor virtual, conhecido na internet. Hoje em dia muitos casais se juntam a par da internet, uns duram outros não, e outros nem se chegam a ver sequer, a virtualidade tornou-se um "pecado" humano, mas é assim, que temos que encarar muitas etapas da vida.

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    24-09-2012 às 17:52:08

    Vivemos tão envolvidos com este novo sistema: o virtual, que temos deixado de lado coisas muito importantes como os relacionamentos físicos. Pessoas que mal se conhecem, iniciam um relacionamento virtual e acabam descobrindo depois que foi um engano. Isso tem acontecido sobremaneira, pois a convivência é que demonstra o que a pessoa realmente é. Essa nova realidade virtual tem nos deixado sem a socialização, sem a aproximação que tanto precisamos. Isso de fato é triste.

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    24-09-2012 às 17:47:27

    Penso que a realidade virtual, como a descreve, possa ser uma experiência interessante. Acho particularmente interessante que esteja a ser usada não apenas com finalidades recreativas, mas sim como parte integrante de certas formas de terapia. A tecnologia bem empregue ao serviço da saúde pública, seja ela mental ou física, é uma grande vitória do nosso século, ainda que sejam muitas as vozes contrárias. Com a tecnologia é apenas necessária moderação, havendo vários aspectos positivos.

    ¬ Responder
  • Teresa Maria Batista GilTeresa Maria Batista Gil

    24-09-2012 às 14:55:23

    Atualmente a realidade virtual é já uma realidade. As pessoas usam cada vez mais as redes sociais para fazerem amizades, compras e serviços de toda a espécie.Esta realidade tem efeitos positivos mas também nefastos. Em especial nas mentes das crianças e jovens, se não estiverem preparados para fugir aos perigos.

    ¬ Responder
  • suelenesuelene

    15-04-2011 às 21:13:09

    Fernanda, gostaria de citar as informações deste texto em minha tese, para tanto, preciso da referência completa de autor e texto. Você já publicou em forma de artigo?

    ¬ Responder
  • Jarson Rodrigobeatriz sielime

    29-01-2011 às 19:02:36

    coisas virtuais nao existem na vida real isso é uma inrresponsabilidade e desonestidade e uma merda

    ¬ Responder

Comentários - Realidade Virtual

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Organizar Qualquer Tipo De Evento

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Eventos
Como Organizar Qualquer Tipo De Evento\"Rua
Com todas as mudanças no mundo precisamos de pessoas capacitadas e qualificadas para se organizar um evento de porte. Não mais uma pessoa que faz tudo, que quebra-galho, mas um profissional estudioso no ramo para levar um evento de grande estima que atinja seu público de forma satisfatória e abrangente.

Para estar na frente exige-se muito trabalho, esforço e dedicação extrema para que se obtenha grande sucesso não somente para quem recebe como também para a própria instituição em que se realiza o evento. Isso tem causado uma procura por esses profissionais e até tem sido reconhecido como uma profissão que será valorizada muito nesses próximos anos.

Como Organizar?

Para estar na frente de um evento é necessário muita dedicação e amor. Muitas horas planejando e com uma grande antecedência. Pois, qualquer problema que ocorra no dia, será de responsabilidade de quem está organizando.

Então, todos os cuidados devem ser levados em consideração, devemos ter ações prevenidas e tudo deve ser listado, feito e dado uma atenção especial. Diante dos que se pretende fazer em um evento seja ele cultural, religioso, comercial, precisa de alguns parâmetros para serem seguidos cuja finalização tenha muito sucesso.

Eis quais são as etapas para você compreender melhor:
1. Objetivos: você deve primeiramente traçar um objetivo daquilo que se pretende realizar. Deve ser dividido em duas partes: a geral e a específica;

2. Públicos: quem são os públicos que serão atingidos? É um grupo de mulheres, um grupo de homens? Que faixa de idade? Essas e outras perguntas devem ser feitas;

3. Estratégias: essas estratégias consistem simplesmente em como você vai atingir o seu público, o que mais irá atraí-los para que possam ir ao seu evento?

4. Recursos: os recursos tanto materiais, humanos, físicos, todos esses recursos devem ser bem estruturados e anotados;

5. Implantação: Que métodos serão usados para o evento desde o início até o término do evento? Refere-se a todos os procedimentos;

6. Acompanhamento e controle: estipular alguém que irá acompanhar todo o processo e controlar, como por exemplo, as despesas;

7. Avaliação: feita após o término do evento, ela é produzida em formato de relatório e entregue a quem organizou o evento;

8. Orçamento Previsto: este deve ser feito bem detalhado. Uma das mais importantes partes de todo o evento. Pode buscar patrocínio, parcerias com empresas para assim evitar os gastos, mas tudo deve ser anotado e controlado.

Pesquisar mais textos:

Luene Zarco

Título:Como Organizar Qualquer Tipo De Evento

Autor:Luene Zarco(todos os textos)

Imagem por: fensterbme

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios