Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Transportes públicos em Lisboa – Sobre carris

Transportes públicos em Lisboa – Sobre carris

Categoria: Viagens
Comentários: 1
Transportes públicos em Lisboa – Sobre carris

Quem circula por Lisboa, não necessita de andar a pé. Na verdade, esta cidade está coberta por uma extensa rede de transportes públicos, sejam eles comboio ou metro, em geral com ligações entre si.

O METRO

O metro de Lisboa foi inaugurado a 29 de Dezembro de 1959, tornando-se na primeira rede de metropolitano do país. Possui quatro linhas divididas por cores, num total de 58 estações (três delas inauguradas recentemente na Linha Vermelha) e uma extenção total de 45,5km.
Neste momento o metro tem uma grande acessibilidade e encontra ligações com a maioria das redes de transportes.

:::Como usar o Metro?:::

O metro é simples de usar. Para começar, deve possuir um cartão de transportes ou um passe. Estes podem ser adquiridos nas máquinas, como os cartões Viva Viagem, ou nos balcões de informação, como os passes Navegante.

Ao possuir o cartão ou passe, este deve ser carregado, no mesmo local onde foi adquirido.
A partir daí, basta passar o cartão nas cancelas para as fazer abrir. Nesse momento será cobrada uma viagem no seu cartão.

As viagens cobradas permitem ir para qualquer estação de metro, sem limite de mudança de linhas, pois só volta a passar o cartão ao sair do metro.

Para utilizadores esporádicos, o cartão Viva Viagem é uma boa opção. Tem um custo de 0.50€ por cartão e 1.25€ por viagem. O cartão é válido por um ano e pode ser usado em vários locais, como metro, CP e sub-urbanos. No entanto, só pode acumular um tipo de transporte.

Para mais informação acerca do Metro e para planeamento de viagens, consulte http://www.metrolisboa.pt/

O COMBOIO

Os comboios que servem Lisboa pertencem à CP.
Neste momento os comboios dispõem de quatro estações em Lisboa: Oriente, Santa Apolónia, Entrecampos e Rossio.

:::Como utilizar os comboios?:::

Os comboios da CP requerem compra prévia do bilhete. Esta compra pode ser efectuada na bilheteira disponível na estação ou no website, com alguma antecedência.
Também neste website pode consultar preços e horários.

Após isso, basta escolher o comboio que mais lhe convier, dando prioridade à qualidade (Alfa Pendular, por exemplo) ou à economia (Regional).

Dentro do comboio, o revisor vai pedir-lhe o bilhete. Basta apenas dar-lho.
Para mais informações, consulte o site http://www.cp.pt.

Espero que fiquem mais informados acerca de como se deslocarem de transportes públicos em Lisboa.

Boas leituras e, sobretudo, boas viagens!


Patrícia Carvalho

Título: Transportes públicos em Lisboa – Sobre carris

Autor: Patrícia Carvalho (todos os textos)

Visitas: 0

605 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    13-06-2014 às 16:37:25

    Muito boa as dicas, assim já saberei como me locomover para conhecer Lisboa. O transporte público é muito importante nessas horas em que somos os turistas!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Transportes públicos em Lisboa – Sobre carris

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Ler próximo texto...

Tema: Utilidades Domésticas
Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!\"Rua
O seguro desemprego é instituído pela Lei Nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 e que tem por finalidade prover a assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado sem justa causa. Foi sancionado pelo presidente da República do Brasil e também é regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT.

Este benefício é concedido a todo e qualquer trabalhador que foi dispensado apenas em regime de sem justa causa ou quando houver acordo judicial e o juiz autorizar o pagamento devido ao ex-trabalhador da empresa.

Sua duração é de 3(três) a 5(meses) de forma contínua e dependerá do tempo em que ficou empregado. O valor mensal é calculado conforme o que o trabalhador ganhava durante o período em que estava empregado.

Essa assistência financeira e temporária tem algumas regras, por isso, é muito importante conhecê-la antes mesmo de solicitá-la nos órgãos responsáveis.

Para ter direito ao benefício:


- Precisa ter a carteira devidamente assinada da empresa;
- Ter trabalhado durante 6 meses na empresa (no mínimo);
- Não ter recebido esse benefício no período de 16(dezesseis) meses ininterruptos;
- Ter sido dispensado sem justa causa.

Quem tem direito ao benefício:


- Os trabalhadores demitidos sem justa causa;
- O pescador artesanal; e
- O empregado doméstico, desde que o empregador esteja recolhendo o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

Como solicitar – Passo a passo:


1) Dirija-se à qualquer Caixa Econômica Federal ou ao M.T.E (Ministério do Trabalho e Emprego) da sua cidade munidos dos seguintes documentos:
- Rescisão contratual, carteira de trabalho devidamente dado baixa com a data de saída e assinada e carimbada pela empresa, as duas vias do seguro desemprego preenchido e fornecido pela empresa, cartão do PIS/PASEP ou o cartão cidadão, extrato do recebimento do pagamento do FGTS, comprovante de residência e os últimos 3 (três) contra-cheques;
2) Entregue todos esses documentos ao atendente. Eles vão fornecer o protocolo de entrada do seguro desemprego, vão lhe dizer quantas parcelas você tem direito e a data que você receberá a primeira (30 dias).

Bem, apenas isso e agora é só esperar para o recebimento do pagamento das parcelas. Para consultar, acesse este link: http://granulito.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf
Digite com seu número de PIS/PASEP e logo abaixo com o código no visor e clique em consultar. Vai abrir outra tela com as informações das parcelas.

Pesquisar mais textos:

Briana Alves

Título:Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Autor:Briana Alves(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios