Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Escócia – Dicas de passeios

Escócia – Dicas de passeios

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Viagens
Visitas: 2
Comentários: 1
Escócia – Dicas de passeios

A Escócia é um país que possui um passado cultural muito rico e atualmente ela possui marcas socioeconômicas significativas. Devido a essas características é possível encontrar em seu território, lugares que com certeza irão agradar a todos os tipos de turistas.

Para as pessoas que adoram enriquecer o sue conhecimento cultural, a Escócia é um país que disponibiliza vários museus, teatros, monumentos, castelos medievais, construções históricas, além de poder desfrutar diretamente da gastronomia local. Outros destaques turístico da Escócia são os seus parques e principalmente, a Cidade Velha de Edimburgo que é Patrimônio Mundial da Unesco. Então, se você está em busca de um bom lugar para visitar, confira algumas dicas dos principais pontos turísticos deste país.

Principais pontos turísticos da Escócia – Para ajudar você a compor um roteiro de viagens para esse destino, veja algumas dicas dos principais pontos turísticos da Escócia de modo fragmentado, separados por regiões. Confira abaixo, algumas sugestões de lugares que você não pode deixar de conhecer:
Edimburgo:
- Museu Real da Escócia;
- Catedral St. Gilles;
- Palácio de Holyrood;
- Cidade Velha de Edimburgo (Patrimônio Mundial – Unesco);
- Galeria Nacional da Escócia;
- Castelo de Edimburgo;
- Princes Street Gardens;
- Edifício do Parlamento Escocês;
- Museu da Escócia;
- Museu da Infância.

Glasgow:
- Praça George et Mairie;
- Museu dos Transportes;
- Museu da Gaita de Foles;
- Parque Glasgow Green;
- Galeria de Arte Moderna;
- King’s Theatre;
- Catedral de Glasgow;
- KelvinPark;
- KelvingroveArtGalleryand Museum;
- Glasgow Royal Concert Hall;
- Scottish Exhibition and Conference Centre;
- Citizens Theatre.

Dundee:
- Galeria McManus;
- Teatro de Dança Escocesa;
- Prédio da Academia Morgan;
- Sensation Science Centre;
- Farol de Dundee;
- Arco Wishart

Onde comprar pacotes de viagens para a Escócia? Para todas as pessoas que querem conhecer de perto tudo o que a Escócia tem para oferecer, confira alguns links de sites que vendem este tipo de serviço:
www.intravel.com.br
www.costasur.com
www.viabrturismo.com.br

Por fim, além dos lugares citados, a Escócia ainda conta com diversos outros locais turísticos. Por isso, ela é um ótimo lugar para visitar nas férias, para descansar, conhecer novos lugares, pessoas, culturas diferentes, provar novos gosta da gastronomia do país e muitos outros. Caso tenha interesse, você pode pesquisar mais sobre as dicas de passeios indicadas acima para saber mais detalhes sobre os locais. Assim, sua viagem poderá ser muito mais interessante e proveitosa.


Rua Direita

Título: Escócia – Dicas de passeios

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 2

648 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    15-06-2014 às 01:53:22

    Aprecio muito os lugares onde há palácios, castelos, museus e que traz uma história rica em cultura. Com certeza, irei amar conhecer a linda Escócia!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Escócia – Dicas de passeios

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios