Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > TV HIFI > O papel da televião

O papel da televião

Categoria: TV HIFI
Visitas: 6
Comentários: 1
O papel da televião

Um dos grandes marcos da modernidade foi, sem dúvida, o aparecimento da televisão. Até o burro, quando viu a zebra na TV observou: «Este mundo está mesmo mudado! Agora já saiem à rua de pijama…!» O certo é que, efectivamente, as rotinas, a forma de pensar e avaliar, as prioridades, os interesses, e toda uma série de outras coisas se transformou substancialmente, quer pelo encantamento que esta descoberta originou, quer pela maior cultura que, entretanto, se foi adquirindo.

Na verdade, a difusão do conhecimento e de modos de estar distintos, a baixo preço e sem necessidade de sair de casa (só talvez à da vizinha, antes da generalização da posse dos aparelhos) motivou uma “revolução silenciosa” e progressiva. Em relativamente poucos anos, os panoramas familiar, social, educacional, político, económico, etcétera, alteraram-se de forma significativa.

A enorme projecção da publicidade televisiva, acompanhada por uma efectiva melhoria das condições de vida, fez disparar o consumo dos produtos mais publicitados.
Criaram-se protótipos de beleza que todos queriam seguir. Veicularam-se modas (esquisitíssimas, por sinal), que constituíam o must da altura.
Apelava-se ao desenvolvimento pessoal através da aquisição disto ou daquilo. Chegou-se a um ponto em que a actividade publicitária era tão valorizada (porque, na realidade, é ela que financia as estações emissoras) e intensa que se definia a programação que os canais passavam como «aqueles programinhas que dão no intervalo dos reclames»!

As pessoas ficavam embasbacadas com o que viam, e tinham-no quase como um dogma, não possuindo ainda espírito crítico para aferir acerca da muito possível falibilidade de uma concepção, afinal, humana.
Endeusavam a “caixinha mágica”, talvez por não dominarem o mecanismo desta “magia”.
Pasmavam com o que sentiam ser transmitido para si. De facto, a sensação é de que os olhos que fixam a câmara estão a olhar para nós. Até havia quem não trocasse de roupa à frente do televisor para que os “homenzinhos”, do outro lado, não invadissem a sua privacidade…

Hoje, e não obstante uma enorme evolução aos mais variados níveis, muito falta ainda caminhar no sentido da construção desta alma reclamante e crítica, pois o respeito pelos espectadores sucumbe frequentemente a interesses de outra natureza, e aqueles que deviam constituir o objectivo primeiro e o alvo preferencial de qualquer acção no âmbito da comunicação social por excelência, acabam por ser preteridos e relegados para um papel de passividade, que não têm, de modo nenhum, o dever de representar.



Maria Bijóias

Título: O papel da televião

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 6

606 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    04-06-2014 às 06:40:20

    Muitas pessoas pensam que a televisão é a única forma de estar informada. Engano. Ela é apenas mais um canal.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - O papel da televião

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios