Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > TV HIFI > A influência da televisão na educação

A influência da televisão na educação

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: TV HIFI
Visitas: 104
Comentários: 11
A influência da televisão na educação

É impossível conter os passos da tecnologia ou retroceder aos avanços que já adquirimos. A televisão é sem dúvida um divisor de época e propagador de cultura. Mas que cultura a televisão contemporânea tem propagado?

A discussão em torno da influência da televisão na educação e na vida de jovens e crianças é bastante controversa. Há os radicais que delegam à televisão os problemas da violência urbana, dos crimes, do consumismo, dos casos de gravidez na adolescência registrados em alguns países subdesenvolvidos entre outros problemas da nossa sociedade moderna. E há os que negam qualquer influência da televisão, alegando ser dos pais o dever de selecionar os programas, horários e canais adequados aos seus filhos.

A verdade é que a arte se inspira na vida e a vida imita a arte. Logo, a televisão forma muitos conceitos e serve de exemplo para as tendências modernas.

Os jovens e as crianças que ainda estão testando hipóteses, formulando conceitos e formando suas personalidades ao se depararem com determinadas situações apresentadas pela televisão em alguns programas, acabam por assimilar de forma negativa o que lhes é apresentado, imitando o modelo observado, de forma não crítica e sem filtros.

Ao assistirem programas violentos e filmes que valorizam as ideias de preconceito, diferença, falta de ética e intolerância os jovens acabam por aceitar tais pré-conceitos e, ao se depararem com situações semelhantes no dia a dia, encaram-nas com naturalidade e, no futuro, serão reprodutores de tais ações. Por este lado, a televisão está contribuindo negativamente no processo de formação dos educandos.

Contudo devemos observar que a televisão é um meio tecnológico de grande potencial para auxiliar na educação. Por isso, é fundamental que os responsáveis por ela transformem este canal de informação num ambiente em que se possa aprender de fato a valorizar o ser humano, a arte, a cultura e a vida em todas as suas formas.

Não negar ou omitir a realidade, mas proporcionar mais momentos informativos, documentais e imparciais.

Fora isso, o papel do educador e dos pais diante da realidade que dispõem é proporcionar em sala de aula e em casa momentos de discussão sobre os programas da televisão a fim de formar cidadãos críticos a ponto de escolherem o que lhes é favorável, bom e prazeroso assistir, separando do que lhes é negativo, sensacionalista e imparcial.


Rosana Fernandes

Título: A influência da televisão na educação

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 104

799 

Imagem por: paPisc

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 11 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    22-09-2014 às 21:59:08

    A televisão tem grande influência na sociedade. Infelizmente, são muitos os canais que só oferecem programas de baixo nível. É preciso resgatar a televisão de antigamente, apesar que o público gosta do que não presta mesmo.

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    03-06-2014 às 23:43:07

    Infelizmente, a influência da televisão na vida das pessoas têm sido péssima. Salvo alguns programas de educação que são excelentes, mas é preciso funilar muito até encontrar. Nossa educação por meio televiso está precário ainda.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoVanessa

    30-01-2013 às 07:53:22

    qual o ano que fui publicado esse texto?

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãord

    12-05-2014 às 18:57:19

    foi publicado em 2010

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    14-09-2012 às 11:51:27

    Esta é uma temática sensível. Se o papel da televisão sobre os adultos deve ser bem analisado, a sua influência na educação e formação das crianças é um assunto mais delicado. A televisão bombardeia-nos com imagens que não temos tempo para processar, o que tolda o espírito crítico e, a longo prazo, o entorpece. As imagens de violência podem parecer como banais e as relações humanas surgem distorcidas, sendo necessária restrição ao consumo de televisão.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãodayane

    11-09-2012 às 21:44:36

    otimo esse texto me ajudou muitooo...

    ¬ Responder
  • tania

    17-07-2012 às 20:22:19

    preciso saber mais sobre a influencia da tv na educação,é o tema do meu tcc

    ¬ Responder
  • edy

    22-06-2014 às 20:27:47

    é tema do meu também...

    ¬ Responder
  • maelmamaelma

    14-06-2012 às 21:46:32

    e ,, muito enteresant falar sobre este assunto foi bem colocado

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãodudinha

    02-05-2012 às 23:51:10

    é verdade gostei dessa mensagem sobre a influência, muitos jovens não sabem o limite para assistir televisão. Tem muitos filmes com muita violência, com pornografia . Que crianças não podem ver e acabam vendo.

    ¬ Responder
  • Renata meloRenata melo

    02-03-2010 às 13:14:06

    Adorei o seu texto!!!continue assim. bju e fica com Deus!
    by: Renata Melo

    ¬ Responder

Comentários - A influência da televisão na educação

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: paPisc

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios