Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Ecoturismo em Nice – França

Ecoturismo em Nice – França

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Viagens
Comentários: 1
Ecoturismo em Nice – França

Capital da Côte dÁzur, em boa medida por ser a cidade de eleição da aristocracia (por exemplo, da viúva do czar Nicolau Im, em 1856, e da rainha Vitória, em 1895), Nice é também, simplesmente, o balneário mor da costa mediterrânica e a quinta maior cidade de França, com o segundo aeroporto mais movimentado do país. Fundada por Gregos e colonizada por Romanos, apresenta um clima de inverno temperado e exibe uma atrativa vegetação subtropical.

Nice tem para oferecer aos visitantes, mais do que a esplendorosa Natureza banhada com sol 300 dias por ano, belos museus, praias muito agradáveis, um ambiente aprazível nas ruas, monumentos espalhados por todo o lado, parques fantásticos, restaurantes ótimos e um Carnaval de 18 dias (!) que culmina com fogo de artifício e a famosa Batalha das Flores.

A catedral ortodoxa russa de São Nicolau, erigida pelo czar Nicolau II nos primeiros anos do século xx, com decorações e ornamentos de grande requinte e beleza, traduz tão-somente a estrutura ortodoxa mais imponente fora da Rússia. Naturalmente por se tratar de um local de respeito, não é permitida a entrada a pessoas trajando calções ou mini-saia!

A Place Massena é uma praça que, embora situada no centro da cidade, aporta um certo aconchego e propicia uma atmosfera favorável a uma boa conversa, a umas comprinhas em lojas de produtos regionais ou em grandes superfícies, ou apenas a contemplação da agitação de um dos bares e restaurantes típicos.

A Ópera de Nice é um teatro que costuma acolher os mais admiráveis espetáculos musicais do globo. Assistir a um recital neste local é quase obrigatório.

O mercado de flores Cours Saleya constitui uma das atrações mais badaladas de Nice, com inúmeros cafés e lojas de lembranças em redor. Para além das flores, o mercado faculta alimentos da região e, às segundas–feiras, ocorre uma feira de antiguidades.

A Avenue Promenade des Anglais, avenida que rodeia o Mar Mediterrâneo, convida a longos passeios e até a umas corridinhas para manter a forma. Os turistas misturam-se com os nativos, e o pôr do sol é algo que nem uns nem outros querem perder.

O Museu Matisse (inaugurado em 1963, que ostenta a coleção de obras</a> de pintura deixadas por Henri Matisse à cidade de Nice) e o Museu das Belas Artes (detentor de uma compilação de trabalhos de artistas franceses do século xix e de peças de J. B. Carpeaux, Rude e Rodin, para além de uma galeria dedicada ao período designado como Belle Époque) são outros motivos de interesse que vale a pena explorar.

No Museu da Mensagem Bíblica de Marc Chagall homenageia-se este russo, um dos maiores pintores da História. Dezassete grandes telas ilustram os dois primeiros livros da Bíblia, dando corpo a um dos projetos do artista, denominado «Mensagem Bíblica», que haveria de emprestar o nome ao museu, inaugurado em 1973.


Maria Bijóias

Título: Ecoturismo em Nice – França

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

798 

Imagem por: mbell1975

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    14-06-2014 às 06:35:00

    Grata pelas sugestões de atrações turísticas em Nice, na França.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Ecoturismo em Nice – França

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: mbell1975

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios