Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Energias Renováveis > Forno Solar

Forno Solar

Visitas: 10
Forno Solar

Sabia que existem uns instrumentos aos quais damos o nome de forno solar? Os escuteiros que o digam…O tempo de cozedura é obviamente maior daquele a que estamos acostumados, mas tudo se arranja, especialmente se tivermos todo o tempo do mundo, como acontece em férias.

Ora vejamos: um alimento cozinhado desta forma demora o dobro do tempo que demoraria em circunstâncias normais, é um facto, porém, e em compensação, ficamos libertos de certas preocupações que acompanham a preparação de refeições no dia-a-dia. É que, através deste método, não precisamos de estar de olho no alimento, pois deixa de haver a ameaça de este se queimar, o que constitui uma grande libertação, principalmente em tempo de férias, quando queremos ver-nos livres das rotinas que vivenciamos todo o ano.

A saber, existem três tipos de forno solar: o de caixa, o de painel e o parabólico. O primeiro possui a vantagem de cozinhar grandes quantidades de alimentos de modo uniforme. Já o segundo consiste em vários painéis planos que concentram os raios de sol num recipiente dentro de uma bolsa de plástico. O terceiro apresenta painéis côncavos que focam a luz na parte inferior de um recipiente.

Este último tem uma vantagem em relação aos dois primeiros, na medida em que cozinha o alimento tão rapidamente como um forno convencional, mas tem também uma desvantagem: ao contrário dos outros dois, obriga a que a pessoa vá vigiando a cozedura do alimento, correndo o risco de, se não o fizer, encontrá-lo estorricado!

Estes instrumentos podem ser facilmente construídos à mão. Para isso, apenas precisa de um exemplar ou de um pequeno manual de instruções. Na sua construção, pode utilizar materiais nobres como a madeira e o vidro, bem como o papelão. Deve, no entanto, dar prioridade a este último, pois é mais simples de ser trabalhado e, tal como a madeira e o vidro, mantém o calor.

Uma pergunta que surge frequentemente é se não existe a possibilidade do papelão se incendiar com o calor. Acreditamos que não, uma vez que o papel só queima aos 232º c, e o forno nunca atingirá essa temperatura. Eis aqui uma bela oportunidade para experimentar esta energia alternativa, que tende a ser cada vez mais utilizada…


Rua Direita

Título: Forno Solar

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 10

787 

Comentários - Forno Solar

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Raio Mata Três Pessoas No Brasil

Tema: Segurança
Raio Mata Três Pessoas No Brasil\"Rua
No dia 07 de novembro de 2014, três pessoas acabaram morrendo em decorrência de raios após as vítimas serem socorridas, mesmo depois de bastante tempo tentando reanimá-las.

Os três homens deram entrada no hospital com parada cardiorrespiratória e com muitas queimaduras. Esse incidente aconteceu na zona leste de São Paulo, as vitimas trabalhavam com ferro velho.

O Brasil é o país onde os raios estão mais presentes no mundo. São mais de 50 milhões de raios por ano. Esses raios atingem mais pessoas na zona rural, porém nas áreas urbanas ocorrem também só que com menos frequência.

Há pessoas que falam que raios não ocorrem duas vezes no mesmo lugar, mas isso é improvável, eles ocorrem sim! Tanto que nos últimos séculos, as tempestades aumentaram 90% por causa do aquecimento do planeta devido ao asfalto, que é uma das formas de poluição.

Alguns cuidados, nesses momentos, são importantes como: não ficar em área aberta, não usar o telefone e se vir uma tempestade, então permaneça no carro.

Os raios ocorrem no Brasil porque é um país tropical e de muito calor, por isso está em primeiro lugar em queda de raios. Nesse mesmo ano de 2014, um rapaz morreu usando o computador. Ele recebeu a eletricidade no momento em que o raio caiu na antena.

O estado de São Paulo lidera em quedas de raios. Um raio dura em média 1 segundo, e a queda de raios acontece por uma descarga elétrica que produz nuvens de chuva. Os relâmpagos ocorrem entre as nuvens e os raios pelo solo.

Algumas regiões tem tendência de cair mais raios, a descarga é visível a olho nu e é um fenômeno que produz um clarão. As mortes mais frequente são nas áreas urbanas, por isso não é seguro se proteger em baixo de árvores.

Pesquisar mais textos:

Gislene Santos Sousa

Título:Raio Mata Três Pessoas No Brasil

Autor:Gislene Santos Sousa(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios